AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Um irmão imortalizado em Erechim

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Um irmão imortalizado em Erechim

Mensagem por Admin em Dom Out 23, 2011 9:31 pm

Paz,

Esse irmão será imortalizado duas vezes, a última com certeza, será a maior das recompensas.

Veja a notícia:


Vereadores aprovaram durante sessão ordinária desta segunda, 10, Projeto de Lei Legislativo de autoria do vereador líder do PMDB, Zé da Cruz, que denomina nome de artéria do município de “Nelson Domingos Camargo – Servidor Público”, localizada na Linha 3 – Secção Paiol Grande.

Nelson Camargo nasceu no dia 29 de abril de 1936 no estão distrito de Capo Erê. Filho de Domingos de Camargo e Elcidia Pereira de Camargo era o filho mais velho de uma família de quatro irmãos. Viveu sua infância no interior naquela localidade onde o sustento da família vinha direto da agricultura e desde muito cedo tinha que trabalhar para ajudar os pais.

Aos 20 anos muda-se para Erechim onde, em junho de 1956 inicia a sua vida profissional trabalhando na Prefeitura Municipal de Erechim, sendo este o seu primeiro e único emprego. Com 35 anos de serviços prestados recebe a aposentadoria.

Com 22 anos de idade casa-se com Tereza e desta união constituíram uma família com quatro filhos (Margarete, Sara, Gilmar e Rosicler), filhos de uma união sólida e de muito respeito, este que foi passado de pai para filhos através de amor e carinho.

“Seu Nelson foi um homem que sempre lutou pela justiça, tinha uma boa índole, era amigo e, acima de tudo, grande companheiro. Católico devoto até os 60 anos, ajudou através de seu trabalho na compra do terreno e na construção da Igreja São Cristóvão”.

Após frequentar por alguns meses a doutrina diferenciada do que seguia, em 1977 desceu nas águas do Santo Batismo na Congregação Cristã no Brasil com o mesmo espírito cristão que tinha e continuou seu trabalho sendo administrador, procurador e recepcionista nesta entidade evangélica no decorrer de dez anos. Também ajudou na construção do templo.

Depois de muito trabalho e dedicação aos outros, veio a falecer em janeiro de 2010 com uma parada cardíaca. “Podemos ter perdido nosso amigo do convívio entre nós, mas jamais esqueceremos da pessoa amiga, fiel, companheira e dedicada que era”, finaliza o vereador.
Fonte: Jornal boa vista


Admin
Admin

Mensagens : 3164
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum