AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Se sou homem de Deus, que desça fogo do céu e consuma quem não é meu irmão

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Se sou homem de Deus, que desça fogo do céu e consuma quem não é meu irmão

Mensagem por Eldier Khristos em Sex Nov 11, 2011 3:24 pm



Certo dia um determinado rei, caindo da sacada de seu palácio, ficou gravemente ferido. ( 2 Reis 1-2)

Em vez de consultar ao Deus de Israel, ele mandou uns mensageiros, para consultar um tal Baal-Zebube, deus de Ecrom.

Um anjo então apareceu a Elias e disse:

" Vá encontrar-se com os mensageiros do rei de Samaria e lhes pergunte: Acaso não há Deus em Israel? Por que vocês vão consultar Baal-Zebube, deus de Ecrom? Por isso, assim diz o Senhor: Você não se levantará mais dessa cama e certamente morrerá! " 2 Reis 1-3 e 4

E foi exatamente isso que Elias transmitiu aos mensageiros.

O rei não gostou, mandou um oficial, com cinquenta soldados procurar Elias, no alto de uma colina:

" Homem de Deus, o rei ordena que você desça " (2 Reis 1-9)

Respondeu Elias (e de imediato se cumpriu o pedido):

" Se sou homem de Deus, que desça fogo do céu e consuma você e seus cinqüenta soldados! E desceu fogo do céu e consumiu o oficial e seus soldados " 2 Reis 1-10

O rei persistiu na arrogância, enviando outro oficial, com outros cinquenta soldados:

" Homem de Deus o rei ordena que você desça imediatamente " 2 Reis 1-11

Virou cinza tanto o oficial, quanto os cinquenta soldados, pois, novamente Elias clamou a Deus:

" Se sou homem de Deus, que desça fogo do céu e consuma você e seus cinqüenta soldados! De novo fogo de Deus desceu do céu e consumiu o oficial e seus soldados " 2 Reis. 1-12

O rei enviou um terceiro oficial, que se distinguiu dos anteriores, se dirigiu ele humildemente a Elias:

" Homem de Deus, tenha consideração por minha vida e pela vida destes cinqüenta soldados, teus servos! Sei que desceu fogo do céu e consumiu os dois primeiros oficiais com todos os seus soldados. Mas agora tenha consideração por minha vida! " 2 Reis 1-13 e 14

Na verdade os oficiais anteriores queriam matar Elias, o terceiro apenas verificou, que realmente Elias era um homem de Deus, deveria portanto agir com grande respeito.

O soldado, também, os oficiais sobreviveram...o rei não.

Aquilo que Elias predisse, foi novamente dito face a face com o rei, que morreu.

Muito tempo depois desse episódio, Jesus revestiu seus apóstolos:

" E, convocando os seus doze discípulos, deu-lhes virtude e poder sobre todos os demônios, para curarem enfermidades. E enviou-os a pregar o reino de Deus, e a curar os enfermos. E disse-lhes: Nada leveis convosco para o caminho, nem bordões, nem alforje, nem pão, nem dinheiro; nem tenhais duas túnicas. E em qualquer casa em que entrardes, ficai ali, e de lá saireis. E se em qualquer cidade vos não receberem, saindo vós dali, sacudi o pó dos vossos pés, em testemunho contra eles. E, saindo eles, percorreram todas as aldeias, anunciando o evangelho, e fazendo curas por toda a parte " Lucas 9-1 a 6

O governador da época, Herodes, achou que João Batista (o profeta assassinado por ele mesmo), havia retornado dos mortos, outros lhe disseram que era possível, que Elias havia aparecido. (Lucas 9-7 e 8)

Jesus então se retirou dali, indo para Betsaida, local em que ocorreu a multiplicação dos pães.

Sozinho com seus discípulos Jesus indagou a todos:

" Quem diz a multidão que eu sou? " Lucas 9-18

E eles responderam:

" João o Batista; outros, Elias, e outros que um dos antigos profetas ressuscitou" Lucas. 9-19

Jesus então direciona a pergunta aos próprio discípulos:

" E vós, quem dizeis que eu sou? " Lucas 9-20

Pedro respondeu prontamente, que ele era o Cristo.

Ele então os ensinou:

" É necessário que o Filho do homem padeça muitas coisas, e seja rejeitado dos anciãos e dos escribas, e seja morto, e ressuscite ao terceiro dia. E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me. Porque, qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas qualquer que, por amor de mim, perder a sua vida, a salvará " Lucas 9-22 a 24

Depois desse diálogo, ocorreu a transfiguração, em que todos ouviram uma voz, que saia das nuvens, que dizia: " Este é o meu amado Filho; a ele ouvi. " Lucas 9-26

Os discípulos então cometem um grave erro, como a maioria de nossos líderes, eles acharam que tinham poder infálivel, esqueceram a verdadeira missão, pela qual Jesus havia descido a baixa terra.

Primeiramente João queria impedir, que outros expulsassem demônios, utilizando o nome de Jesus, ao que foi repreendido por Cristo:

" Mestre, vimos um que em teu nome expulsava os demônios, e lho proibimos, porque não te segue conosco. E Jesus lhes disse: Não o proibais, porque quem não é contra nós é por nós " Lucas 9-49 e 50

Que gafe, não?

Nossos anciões também demonstrar querer tal exclusividade nociva.

Jesus então demonstra grande desejo, de subir a Jerusalém. Mandou então mensageiros adiante de si, eles adentram então, numa aldeia de samaritanos, mas, eles não quiseram receber Jesus, pois, acharam que por ele não manifestar desejo de ficar ali, sendo o seu interesse apenas ir a Jerusalém, não teriam qualquer obrigação de agradar o Salvador, porém, seus apóstolos (homens de Deus) não gostaram de tal atitude.

Disseram a Jesus:

" [b]Senhor, queres que digamos que desça fogo do céu e os consuma, como Elias também fez? " Lucas 9-54

Voltamos a história de Elias, sabemos que o pedido do profeta, se refere ao intento dos oficiais, que na verdade queriam lhe fazer mal, ele como homem de Deus, ungido, clamou pelo poder divino, para que sua vida fosse preservada.

Já os apóstolos queriam promover uma chacina, apenas, por uma resposta negativa.

Realmente o poder subiu acima da consciência.

Eis que uma voz sublime lhes respondeu:

" Vós não sabeis de que espírito sois. Porque o Filho do homem não veio para destruir as almas dos homens, mas para salvá-las. E foram para outra aldeia " Lucas 9- 55 e 56

Reflita portanto todo o ministério, errar fez parte da conduta dos apóstolos, somente depois que o Espírito Santo lhes abriu o entendimento, foi que eles começaram a salvar almas.

Glória ao bom Deus!

Qualquer sabedoria facciosa não vem de Deus, prova maior que as religiões não existe.

Fuja desse sentimento CCB!

Homem de Deus é homem de Deus, homem natural...não tem o Espírito de Deus, é enganador, um "ilusionista" da palavra.

"Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade. Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica. Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa. Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia. Ora, o fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz " Tiago 3-14 a 18

Eldier

Eldier Khristos
Membro

Mensagens : 657
Data de inscrição : 10/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum