AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Palavra de Deus: João 11

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Palavra de Deus: João 11

Mensagem por Admin em Dom Nov 27, 2011 6:33 pm

João - Capítulo 11



Havia um homem chamado Lázaro. Ele era de Betânia, do povoado de Maria e de sua irmã Marta. E aconteceu que Lázaro ficou doente. Maria, sua irmã, era a mesma que derramara perfume sobre o Senhor e lhe enxugara os pés com os cabelos. Então as irmãs de Lázaro mandaram dizer a Jesus: Senhor, aquele a quem amas está doente. Ao ouvir isso, Jesus disse: Essa doença não acabará em morte; é para a glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por meio dela. Jesus amava Marta, a irmã dela e Lázaro. No entanto, quando ouviu falar que Lázaro estava doente, ficou mais dois dias onde estava. Depois disse aos seus discípulos:Vamos voltar para a Judéia. “ João 11: 1 a 7

Os cabelos de Maria, a irmã de Lázaro, enxugaram os pés de Jesus. Ela reconheceu a misericórdia de Deus, o amor daquele homem, que pregava a mensagem de salvação, que o mundo na verdade não conseguiu compreender.

Num ato desesperado, diante da doença do irmão, Maria pediu a alguém que dissesse a Jesus, que aquele a quem ele amava, estava muito doente.

Ela reconheceu o poder de Deus, que estava em Cristo, reconciliando o mundo.

Jesus sabia que a doença, era justamente para glorificar o nome de Deus, para que todos pudessem testemunhar o poder do Pai. Parece no texto, que Deus conversou com o Filho, e disse:

Filho, aguarde mais dois dias, e depois o mundo verá você ser glorificado

E foi exatamente isso que aconteceu.

Você ás vezes imagina que está tarde para algo acontecer, ou até mesmo que nem um milagre possa ocorrer. Entretanto, não existe segundo, hora, minuto, dia, ano, para o poder de Deus se manifestar em sua vida, ou na vida de quem você ama.

Naquele momento em que Jesus decide voltar para aquele lugar, seus discípulos trazem a recordação de um fato ocorrido com os judeus:

Estes disseram: Mestre, há pouco os judeus tentaram apedrejar-te e assim mesmo vais voltar para lá? Jesus respondeu: O dia não tem doze horas? Quem anda de dia não tropeça, pois vê a luz deste mundo. Quando anda de noite, tropeça, pois nele não há luz.Depois de dizer isso, prosseguiu dizendo-lhes: Nosso amigo Lázaro adormeceu, mas vou até lá para acordá-lo. Seus discípulos responderam: Senhor, se ele dorme, vai melhorar. Jesus tinha falado de sua morte, mas os seus discípulos pensaram que ele estava falando simplesmente do sono. Então lhes disse claramente: Lázaro morreu, e para o bem de vocês estou contente por não ter estado lá, para que vocês creiam. Mas, vamos até ele. “ João 11: 8 a 15

Os discípulos temeram pela vida de Jesus, eles não compreendiam que durante muito tempo, o mundo andou tropeçando na noite, pois, andava em trevas. Ora, ali estava aquele que era a luz do mundo, que veio para salvar toda a criação.

É evidente que os seus discípulos, não compreendiam muitas coisas, bem como tudo aquilo que foi anteriormente profetizado pelos profetas. Também nós tememos muitas coisas, por não compreendermos, qual seja a perfeita vontade de Deus.

Jesus declarou a todos, que Lázaro estava apenas adormecido, porém, eles não compreendiam que estavam na presença da “Vida”. Eles não compreendiam como Jesus, poderia acordar alguém, a quatro dias morto num sepulcro.

Você talvez não esteja compreendendo que Jesus é a sua vida. Nós não devemos temer a “noite”, disse o apóstolo Paulo em uma de suas carta: “ Chegou a hora de vocês despertarem do sono, porque agora a nossa salvação está mais próxima do que quando cremos. A noite está quase acabando; o dia logo vem. Portanto, deixemos de lado as obras das trevas e vistamo-nos a armadura da luz. “ (Romanos 13:11 e 12)

Os apóstolos não compreenderam, que Lázaro não acordaria somente do sono, mas, também despertaria para salvação. Um dia todos nós estivemos mortos, mas, através da ressurreição de Cristo, todos nós fomos batizados na sua morte, a fim, de renascer uma nova criatura, tendo como ambição, se tornar um espírito vivificante.

Deus também está despertando você do sono, hoje é o dia propício, para você compreender a mensagem de Cristo, que nem mesmo os discípulos que com ele andavam, interpretaram naquele momento. Jesus deixou claro, que melhor fora não estar com Lázaro, evitando desse modo qualquer murmuração, que com toda certeza iria existir.

Se algo não aconteceu em sua vida, no momento em que você achou que deveria acontecer, saiba que através do seu sofrimento, o nome de Deus será grandemente glorificado.

Então Tomé, chamado Dídimo, disse aos outros discípulos: Vamos também para morrermos com ele. Ao chegar, Jesus verificou que Lázaro já estava no sepulcro havia quatro dias.Betânia distava cerca de três quilômetros de Jerusalém, e muitos judeus tinham ido visitar Marta e Maria para confortá-las pela perda do irmão. Quando Marta ouviu que Jesus estava chegando, foi encontrá-lo, mas Maria ficou em casa. Disse Marta a Jesus: Senhor, se estivesses aqui meu irmão não teria morrido. Mas sei que, mesmo agora, Deus te dará tudo o que pedires. Disse-lhe Jesus: O seu irmão vai ressuscitar. Marta respondeu: Eu sei que ele vai ressuscitar na ressurreição, no último dia. Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente. Você crê nisso? Ela lhe respondeu: Sim, Senhor, eu tenho crido que tu és o Cristo, o Filho de Deus que devia vir ao mundo" João 11:16 a 27

E por qual motivo os apóstolos queriam morrer?

O desejo de Jesus era apenas que eles cressem.

O desejo de Jesus é que você apenas creia nele.

Tomé pareceu falar em tom de curiosidade: “ Vamos também para morrermos com ele. “

Como se quisesse testar o poder de Jesus, ao chegar no lugar determinado, soube ele, que o corpo já estava a quatro dias dentro de um sepulcro. Provavelmente a vontade de morrer de Tomé...desapareceu. Ele com certeza compreendeu, que naquele momento somente um milagre poderia ocorrer.

Demonstra o teor das palavras de João, que muitos judeus confortavam as irmãs, demonstrando que havia ali, um grande ajuntamento de pessoas. Quando Marta encontrou Jesus, demonstrou um grande confiança, entretanto, ela nem imaginava que Jesus estava ali para realizar um grande milagre, no seu pensamento, se Jesus estivesse ali aquilo nunca teria acontecido.

É importante recordar, que Jesus mesmo disse aos discípulos: “ Lázaro morreu, e para o bem de vocês estou contente por não ter estado lá, para que vocês creiam.

Parece em alguns instantes da vida, que Deus não está presente, isso realmente é uma grande verdade. Em determinados momentos a ausência de Deus, serve unicamente para aperfeiçoar a nossa fé, nos preparando para o momento da vitória. Marta compreendeu que somente no último dia, Lázaro seria ressuscitado para reinar com Deus. Mas, esse não era o propósito de Deus para aquele momento, ele precisava glorificar seu filho, mostrar a todos, que realmente ele tinha o poder na terra, de ressuscitar um morto, em breve também, seria dado o poder a Cristo também no céu, como está escrito:

É-me dado todo o poder no céu e na terra. ” Mateus 28-19

Antigamente aqueles que morriam no corpo, não tinham qualquer justificativa. Jesus declara abertamente, que aquele que nele crê, não perecerá eternamente, porém, terá a vida eterna no céu. Marta creu verdadeiramente que ele era o Cristo.

E quantos ainda não acreditam que ele é o Cristo.

Quantos estão esperando ainda que ele venha, enquanto que está mais do que provado, através do Espírito Santo, que tanto ele já veio, como também já retornou aos céus para preparar morada aos justos.


E depois de dizer isso, foi para casa e, chamando à parte Maria, disse-lhe: O Mestre está aqui e está chamando você. Ao ouvir isso, Maria levantou-se depressa e foi ao encontro dele.Jesus ainda não tinha entrado no povoado, mas estava no lugar onde Marta o encontrara. Quando notaram que ela se levantou depressa e saiu, os judeus, que a estavam confortando em casa, seguiram-na, supondo que ela ia ao sepulcro, para ali chorar. Chegando ao lugar onde Jesus estava e vendo-o, Maria prostrou-se aos seus pés e disse: Senhor, se estivesses aqui meu irmão não teria morrido. Ao ver chorando Maria e os judeus que a acompanhavam, Jesus agitou-se no espírito e perturbou-se.Onde o colocaram?, perguntou ele. Vem e vê, Senhor, responderam eles. Jesus chorou. “ João 11:28 a 35

Marta foi rapidamente repassar essa mensagem a Maria. Faça isso você também, divulgue que Jesus é a ressurreição e a vida. Naquele momento, Jesus, as irmãs, discípulos, e os judeus (curiosos), foram ao local onde estava Lázaro.

Jesus em carne percebeu a agitação do seu espírito. Ele mesmo ficou perturbado, seria um indício de dúvida? Com certeza Jesus teve os mesmos sentimentos, que muitos de nós temos. Embora estivesse tudo escrito ao seu favor, sendo o poder do Pai sendo-lhe favorável, ele não conseguiu evitar o choro.

Esse momento é muito sublime, demonstrando toda a humanidade de Jesus, a sua comoção diante do sofrimento daquelas irmãs. Então começaram as murmurações...

Então os judeus disseram: Vejam como ele o amava! Mas alguns deles disseram: Ele, que abriu os olhos do cego, não poderia ter impedido que este homem morresse? Jesus, outra vez profundamente comovido, foi até o sepulcro. Era uma gruta com uma pedra colocada à entrada.Tirem a pedra, disse ele. Disse Marta, irmã do morto: Senhor, ele já cheira mal, pois já faz quatro dias. Disse-lhe Jesus: Não lhe falei que, se você cresse, veria a glória de Deus? Então tiraram a pedra. Jesus olhou para cima e disse: Pai, eu te agradeço porque me ouviste. Eu sabia que sempre me ouves, mas disse isso por causa do povo que está aqui, para que creia que tu me enviaste.Depois de dizer isso, Jesus bradou em alta voz: Lázaro, venha para fora! O morto saiu, com as mãos e os pés envolvidos em faixas de linho, e o rosto envolto num pano. Disse-lhes Jesus: Tirem as faixas dele e deixem-no ir " João 11:36 a 44


As vezes indagamos a Deus, qual a razão dele não ter impedido, determinadas coisas em nossas vidas. Mas, naquele momento, não está elucidado se os judeus, disseram aquilo por confiar em Cristo, ou na verdade, duvidando que mesmo que ele estivesse ali, ele poderia não fazer nada com relação a Lázaro.

Saiba que Deus sempre nos dará uma razão, uma confirmação, porque em determinado momento ele deixou de agir. Jesus então se aproxima do sepulcro, um momento único na história da humanidade estava para acontecer, e mesmo assim, as irmãs temeram achando que encontrariam já um corpo em decomposição.

Jesus então clamou ao Pai.

Clame também você agora mesmo ao Pai.

Jesus agradeceu pelo Pai sempre tê-lo escutado.

Agradeça você também por tudo que ele já te concedeu.

Jesus tinha confiança que o Pai sempre o escutava.

Tenha essa confiança, que se algo for justo, Deus sempre estará ouvindo sua petição.

O motivo de tudo aquilo foi para o nome de Deus ser glorificado.

E Deus foi glorificado, um morto de quatro dias, saiu de dentro daquele sepulcro.

Esse é o poder do Deus que nós tememos.
Algumas coisas em sua vida, vão mudar...e muito.

Para quem duvidou, ficou ridicularizado.

Para quem estava ali somente para curiosidade, recebeu a mensagem do evangelho.

Para quem era judeu, achando que Jesus seria envergonhado, o efeito foi ao contrário.

E também muitos judeus que ali estavam, creram, que verdadeiramente ele era o Filho de Deus.

Logo, todo acontecido chegou ao ouvido dos fariseus.


Muitos dos judeus que tinham vindo visitar Maria, vendo o que Jesus fizera, creram nele. Mas alguns deles foram contar aos fariseus o que Jesus tinha feito. Então os chefes dos sacerdotes e os fariseus convocaram uma reunião do Sinédrio. O que estamos fazendo? perguntaram eles. Aí está esse homem realizando muitos sinais miraculosos. Se o deixarmos, todos crerão nele, e então os romanos virão e tirarão tanto o nosso lugar como a nossa nação. Então um deles, chamado Caifás, que naquele ano era o sumo sacerdote, tomou a palavra e disse: Nada sabeis! Não percebeis que vos é melhor que morra um homem pelo povo, e que não pereça toda a nação. Ele não disse isso de si mesmo, mas, sendo o sumo sacerdote naquele ano, profetizou que Jesus morreria pela nação judaica, e não somente por aquela nação, mas também pelos filhos de Deus que estão espalhados, para reuni-los num povo. E daquele dia em diante, resolveram tirar-lhe a vida. “ João 11:45 a 53

A reação dos fariseus foi totalmente rancorosa.

De imediato já procuravam um meio de deter o Salvador. Demonstrando que a perseguição aos cristãos já estava começando, pois, eles já temeram os romanos. Mas, esse foi o objetivo de Deus, que desde a fundação do mundo, manteve em oculto, a manifestação do Cordeiro sem mancha, que resgataria a humanidade.

Caifás o sumo sacerdote humano, que jamais teria capacidade de morrer por alguém, profetiza então, que Jesus realmente haveria de morrer, não somente pela nação judaica, mas, por todos os filhos de Deus, que estavam espalhados pelo mundo, sendo você também parte desse propósito divino.

Deus estava revelando ao mundo o mistério oculto, através da boca do sumo sacerdote, porém, os seus não reconheceram essas palavras.

Deus amou o mundo, mas, o mundo não reconhecendo este amor, preferiu assassinar o Rei da Glória.

Eles presenciaram o milagre de Lázaro, eles presenciaram muitas outras coisas, tudo foi feito para eles, mas, como escreveu o apóstolo Paulo:

Irmãos, o bom desejo do meu coração e a oração a Deus por Israel é para sua salvação. Porque lhes dou testemunho de que têm zelo de Deus, mas não com entendimento. Porquanto, não conhecendo a justiça de Deus, e procurando estabelecer a sua própria justiça, não se sujeitaram à justiça de Deus. “ Romanos 10:-1 a 3

Se quer ser feliz em sua vida, sujeite-se a justiça de Deus. Nem mesmo a justiça da religião poderá salva-lo da falta de compreensão, diante dos objetivos de Deus.

O zelo em excesso de uma denominação, nem sempre está relacionada a sabedoria de Deus. Ter zelo das coisas de Deus, é estar com o pensamento ligado, a Cabeça que é Jesus Cristo, qualquer outra coisa fora disso, é agir com falta de entendimento.


Por essa razão, Jesus não andava mais publicamente entre os judeus. Ao invés disso, retirou-se para uma região próxima do deserto, para um povoado chamado Efraim, onde ficou com os seus discípulos. Ao se aproximar a Páscoa judaica, muitos foram daquela região para Jerusalém a fim de participarem das purificações cerimoniais antes da Páscoa. Continuavam procurando Jesus e, no templo, perguntavam uns aos outros: O que vocês acham? Será que ele virá à festa? Mas os chefes dos sacerdotes e os fariseus tinham ordenado que, se alguém soubesse onde Jesus estava, o denunciasse, para que o pudessem prender. “ João 11:54 a 57

Jesus então amparado pelo Espírito, decidiu ficar junto dos seus discípulos, provavelmente para lhes preparar, para a grande batalha que eles estariam para enfrentar, não sem antes, Deus derramar do seu Espírito sobre toda a carne.

Na verdade Jesus passou a ser perseguido como um criminoso, os líderes estavam com o coração repleto de ira, manifestando o grande desejo de assassinar o seu próprio Salvador.

Tudo isso não foi por vontade deles, mas, foi exatamente a vontade de Deus, conforme novamente foi revelado a Paulo:

Pois quê? O que Israel buscava não o alcançou; mas os eleitos o alcançaram, e os outros foram endurecidos. Como está escrito: Deus lhes deu espírito de profundo sono, olhos para não verem, e ouvidos para não ouvirem, até ao dia de hoje. E Davi diz: Torne-se-lhes a sua mesa em laço, e em armadilha, E em tropeço, por sua retribuição;. Escureçam-se-lhes os olhos para não verem, E encurvem-se-lhes continuamente as costas. Digo, pois: Porventura tropeçaram, para que caíssem? De modo nenhum, mas pela sua queda veio a salvação aos gentios, para os incitar à emulação. E se a sua queda é a riqueza do mundo, e a sua diminuição a riqueza dos gentios, quanto mais a sua plenitude! “ Romanos 11: 7 a 12

Tudo isso aconteceu, para que hoje a salvação, fosse conhecida, não somente por você, mas, por toda a sua família.

Glorifique a Deus por isso!

A queda de Israel foi a riqueza do mundo.

A diminuição de Israel foi a riqueza, daqueles que não estavam contados, para alcançar a salvação.

E na plenitude dos tempos, através da cruz, Jesus aproximou a todos, Israel e as nações, para forma dos dois um único povo:

Que naquele tempo estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo. Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto. Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derrubando a parede de separação que estava no meio, Na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz, E pela cruz reconciliar ambos com Deus em um corpo, matando com ela as inimizades. E, vindo, ele evangelizou a paz, a vós que estáveis longe, e aos que estavam perto; Porque por ele ambos temos acesso ao Pai em um mesmo Espírito.“ Efésios 2:12 a 18

Sendo assim meu irmão, como também irmã amada, qual é o motivo pelo qual você teme algo em sua vida?

Busque o zelo, busque com entendimento, o acesso ao Pai é irrestrito. Não existe mais inimizade, Deus não é exclusivo somente de uma nação, de uma religião, ele derrubou toda a separação que outrora existia.

Quanto aos milagres que você deseja que aconteça, diante dos seus problemas impossíveis, tenha em mente, que a salvação do homem também se tornou impossível, mediante o pecado, mas, em Cristo tudo se tornou possível...

Glória ao benevolente Deus!

Que a comunhão do Espírito, bem como o amor de Jesus Cristo, esteja com todos.

Admin
Admin

Mensagens : 2943
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum