AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






A Minha Biografia Cristã (Congregação Cristã em Portugal)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Minha Biografia Cristã (Congregação Cristã em Portugal)

Mensagem por Admin em Sex Dez 02, 2011 9:27 pm



Desde a minha infância passando pela adolescência, nunca se me deparou viver a vida cristã. Foi um percurso de vida sem conhecimento do que era a vida religiosa?

Porém, certo dia passeando na Avenida dos Aliados Porto apareceu-me dois amigos que me dissera: queres vir connosco a qual eu respondi onde; vem daí e vais ver!? Segui o caminho deles que na verdade, foi um caminhar onde encontrei uma porta estreita para encontrar Jesus Cristo «Mt 7-13,14». Entretanto, quando entrei por essa porta estreita, estava no púlpito um servo falando de Jesus Cristo. Meus olhos ficaram lacrimejando porque a palavra do

Senhor se revelava no meu coração um verdadeiro entendimento espiritual.

Nessa altura trabalhava eu nos STCP como guarda-freio e morava no Bairro do Cedro, onde tinha na minha comunhão de mesa 4 filhos.

No entanto, olhando o meu passado o qual andava desencontrado nos caminhos do Senhor, algo me dizia nesse dia quando ouvia a palavra do Senhor: deixa tudo anda e segue-me.

Tudo deixei naquele momento, só que a carne combatia o espírito com grande tenacidade para que o mundo tomasse conta de mim?

E assim foi, o mundo golpeou o meu desejo espiritual para me levar para a luxúria «isto passasse já quando me tinha sido baptizado nas águas do baptistério da igreja onde tinha ido ouvir a palavra do Senhor».

A Igreja era a Congregação Cristã em Portugal.

Portanto, a minha vida espiritual começa a eclipsar e a vida mundano a tornar-se no flagelo do passado. Então, certo dia, a minha esposa que vendia pão de porta em porta na parte central do Bairro do Cedro, foi levar o pão a casa da Irmã Helena Ribeiro «a qual já está com o Senhor», e em conversa, quiçá falando no Senhor Jesus Cristo, convida a minha esposa a ir ouvir a palavra do Senhor há igreja dos Irmãos do Cedro. «Isto, já lá vão quarenta anos». Minha esposa mãe dedicada, aceitou esse convite onde eu acompanhei-a em ir ouvir a palavra do Senhor há Igreja dos Irmãos do Cedro, e, ao ouvir a palavra do Senhor transmitida pelo irmão Pinheiro, «também, já com o Senhor» meu coração ficou plangente, dando sinais que o Deus Pai me queria levar para o seu rebanho. A alegria começa a evadir o meu coração ao aceitar tornar ouvir a palavra de Deus, «agora, definitivamente na igreja dos Irmãos do Cedro».

Era ponto assente que Deus me queria libertar do mundo da luxúria.

A minha vida começa a dar sinais de uma vida espiritual virada para Deus, e nesse sentimento, algo começa a transformar a minha vida familiar numa vida de paz, tinha- nessa altura 5 filhos, com idades de, 10, 7, 5, 3 e 1 ano. Porém, a força de agradar a Deus começa em mim a virtude de os levar à escola dominical!

Muito sinceramente; era um homem muito feliz em vê-los cantar coros de louvor ao meu Deus. Entretanto, por motivos profissionais em virtude de ser motorista de serviço público, o meu amor há escola dominical começa a desvanecer-se já que, o meu serviço dependia do trabalho ao domingo, e isso, trouxe-me amargos de boca com o abandono dos meus filhos há escola dominical.

Todavia, a semente não caiu em terra movediça por que tive na minha filha Cristina, a doçura de uma filha em seguir os caminhos dos seus país na comunhão com Deus.

E isso, veio me trazer uma fragrância que me levava dia após dia, despertar para Deus os meus sentimentos de amor para com todos os meus entes queridos.

Trabalhava eu nessa altura na Rodoviária Nacional, empresa que fazia as ligações de expresso Porto Algarve pelas Beiras interiores, e nesse percurso, percorria há volta de oitocentos Km diariamente, o que me levava a chegar exaustivo a Faro.

Mas, durante esses anos que fiz esse périplo uma das coisas que nunca esqueci foi a bíblia pois, era a “arma que eu continha para a minha segurança na estrada.” E por isso, o meu maior conforto que tinha quando me ia deitar era abrir a palavra de Deus e ir ao encontro de Jesus para lhe agradecer a viagem que me deu, como Ele diz na sua palavra: Vinde a mim, todos que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei Mt 11.28.

Na verdade, ao estar com Ele em oração a coisa mais íntima que eu sentia no meu coração, era o seu grande amor e, a «oitocentos Km de distância dos meus filhos e minha esposa» o meu sono permanecia com eles no coração.
Como tudo na vida, os anos vão tomando conta de cada um de nós e no momento mais apetecível vem a aposentação, e com ela vem as dificuldades que temos que travar com a solidão! Mas uma coisa tenho a certeza: tudo pode me falhar, mas uma coisa que nunca me falha são as bênçãos de Deus.

No entanto, não nos podemos esquecer que, a vida é feita de angústias e tribulações... Por isso, confiar no Senhor é ter a certeza que Ele nos aliviará desses grandes pesadelos que, cada um de nós dia a dia, vai sofrendo.

Por isso nunca me esqueço do Salmo 23 - 1 e 2. O Senhor é o meu pastor; nada me faltará. Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso.

Obrigado meu grandioso Deus e Pai, faz-me caminhar pelos teus Santos caminhos, para que eu seja aquilo que tu desejas!

Mário Fernandes (Ig. Cedro)

Site refrigério

Admin
Admin

Mensagens : 3164
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum