AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






A sabedoria demoníaca (não espiritual) que incendiou as religiões

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A sabedoria demoníaca (não espiritual) que incendiou as religiões

Mensagem por Eldier Khristos em Sex Jan 13, 2012 4:29 pm



Filhinhos, não amemos de palavra nem de boca, mas em ação e em verdade. Assim saberemos que somos da verdade; e tranqüilizaremos o nosso coração diante dele quando o nosso coração nos condenar. Porque Deus é maior do que o nosso coração e sabe todas as coisas. Amados, se o nosso coração não nos condenar, temos confiança diante de Deus e recebemos dele tudo o que pedimos, porque obedecemos aos seus mandamentos e fazemos o que lhe agrada."1 João 3:18-22

Amar de língua, sem ação, sem verdade, é algo infrutífero nesta graça.

Pertencemos a verdade ou a ilusão?

Graças a Jesus Cristo, por ordem do Pai, que ele mesmo é maior que o nosso coração, ainda assim, a língua permanece sendo um volume desnecessário para o nosso corpo, se logicamente ela não for controlada.

Paulo retratou essa luta constante entre o bem e o mal, corrupção e incorrupção, carne e espírito:

Não entendo o que faço. Pois não faço o que desejo, mas o que odeio. E, se faço o que não desejo, admito que a lei é boa. Neste caso, não sou mais eu quem o faz, mas o pecado que habita em mim. Sei que nada de bom habita em mim, isto é, em minha carne. Porque tenho o desejo de fazer o que é bom, mas não consigo realizá-lo. Pois o que faço não é o bem que desejo, mas o mal que não quero fazer, esse eu continuo fazendo. Ora, se faço o que não quero, já não sou eu quem o faz, mas o pecado que habita em mim." Romanos 7:15-20

Ele queria cumprir a lei, isso era um desejo do seu coração, mas foi por ela que ele percebeu, que estava sendo condenado, já não conseguindo fazer o bem, através do pecado que habitava dentro dele. Nada de bom habita dentro de nós, em nossa carne, nós desejamos fazer o que é bom, mas nem sempre conseguimos realizá-lo. Fazer o mal: Deus nos livre! Mesmo assim nós contínuamos fazendo, fazendo o que não queremos, o apóstolo percebeu que não era ele mesmo, e sim o pecado corrompendo o seu interior, o exterior, a sua mente, e agora?.

Assim, encontro esta lei que atua em mim: Quando quero fazer o bem, o mal está junto a mim. Pois, no íntimo do meu ser tenho prazer na lei de Deus; mas vejo outra lei atuando nos membros do meu corpo, guerreando contra a lei da minha mente, tornando-me prisioneiro da lei do pecado que atua em meus membros. Miserável homem eu que sou! Quem me libertará do corpo sujeito a esta morte? Graças a Deus por Jesus Cristo, nosso Senhor! De modo que, com a mente, eu próprio sou escravo da lei de Deus; mas, com a carne, da lei do pecado." Romanos 7:21-25

Vamos fazer o bem, damos de frente com o mal, vamos orar a Deus, parecemos ser impedidos, vamos promover a misericórdia, a dúvida tenta se apropriar do nosso ser, vamos tentar amar o próximo, nossa carne entra em colapso, por quê de fato isso acontece?

Nós amamos Deus, amamos Cristo, porém temos que agir, assim como disse João, não podemos amar simplesmente de palavras. A lei do pecado atua dentro de nós, guerreando contra nossa mente, são "bombardeios", "bombardeiros", e mais "bombardeios", querendo impedir nosso espírito de fazer o bem, em alguns momentos não temos como resistir, somos levados prisioneiros pelo pecado, que sempre nos impede de fazer o bem.

Somos miseráveis demais, Paulo então perguntou a Deus: "Quem me libertará do corpo sujeito a esta morte? "

E dentro dele veio a solução: "Graças a Deus por Jesus Cristo, nosso Senhor! De modo que, com a mente, eu próprio sou escravo da lei de Deus; mas, com a carne, da lei do pecado."

Que o diabo tente o nosso corpo, de agora em diante, a nossa mente, o interior do nosso coração, pertencem a Deus, pela ação gloriosa de seu Filho Jesus Cristo.

Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles. Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno. 2 Coríntios 4:16-18

Mesmo assim, ainda existe o problema da língua, ela interfere grandemente, evitando que nós nos acheguemos a Deus:

Meus irmãos, não sejam muitos de vocês mestres, pois vocês sabem que nós, os que ensinamos, seremos julgados com maior rigor. Todos tropeçamos de muitas maneiras. Se alguém não tropeça no falar, tal homem é perfeito, sendo também capaz de dominar todo o seu corpo." Tiago 3:1-2

Não é necessários muitos mestres, mas mestres sábios em Cristo.

Meu Deus! não são os que ensinam, que serão julgados com maior rigor?

Não são eles que devem ter o controle sobre as ações do rebanho, porém se tropeçarem, não tropeçará todo o rebanho?

Não são aqueles que deveriam apagar o fogo, que estão tornando através de suas idéias, o combustível que pode destruir a todos?

Nós não podemos ser contaminados por tais línguas, o curso da nossa vida, deve ser de acordo a palavra de Deus, através de ações de santidade, humildade, derivadas da sabedoria que vem do alto. Ficarei imensamente feliz, se meus mestres não tropeçarem no falar, assim, demonstrarão eficácia em conduzir todo o povo, afinal, aquele que não tropeça na língua é digno de toda a justiça.

Diz a palavra sobre as ações da língua sem amor:

Assim também, a língua é um fogo; é um mundo de iniqüidade. Colocada entre os membros do nosso corpo, contamina a pessoa por inteiro, incendeia todo o curso de sua vida, sendo ela mesma incendiada pelo inferno. Toda espécie de animais, aves, répteis e criaturas do mar doma-se e é domada pela espécie humana; a língua, porém, ninguém consegue domar. É um mal incontrolável, cheio de veneno mortífero. Com a língua bendizemos ao Senhor e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus. Da mesma boca procedem bênção e maldição. Meus irmãos, não pode ser assim! Acaso pode sair água doce e água amarga da mesma fonte? Meus irmãos, pode uma figueira produzir azeitonas ou uma videira, figos? Da mesma forma, uma fonte de água salgada não pode produzir água doce. "Tiago 3:6-12

Um homem contaminado, contamina todo o seu corpo, um líder contaminado, contamina todo o corpo da igreja. Saibam que a religião é um corpo estranho, dentro do corpo da igreja, que deve ser retirado o quanto antes. Viver em comunhão com todos, quer dizer amarmos uns aos outros, sem que sejamos sustentados, por doutrinas que não edificam. Paulo percebeu que a justiça da lei, surtiu efeito contrário em seu corpo, mas deligado dela, tornou-se uma grande novidade para o espírito:

Pois quando estávamos na carne, as paixões dos pecados que havia pela Lei, operaram em nossos membros, a fim de darem fruto à morte; mas agora desligados estamos da Lei, por termos morrido para aquilo em que estávamos presos, de sorte que sirvamos em novidade de espírito e não na velhice da letra. Que diremos, pois? É a Lei pecado? De modo nenhum. Mas eu não teria conhecido o pecado, senão pela Lei; pois eu não teria conhecido a cobiça, se a Lei não dissera: Não cobiçarás. "Romanos 7:5-7

Se a perfeita Lei de Deus, se tornou em morte, por causa das paixões pecaminosas do corpo, o que será dirá, das doutrinas humanas, que envelhecem com os anos, sendo incapazes de sustentar o corpo da igreja. A Lei não era pecado, porém, através dela o pecado se tornou conhecido.

Também, acrescentar coisas a palavra de Deus, para sobrecarregar o rebanho, torna-se um grave pecado, não existindo nenhuma justiça em tudo isso.

Foi exatamente isso o que disse o Senhor Jesus, aos mestres da lei e fariseus:

Na cadeira de Moisés se assentam os escribas e os fariseus. Fazei e observai, pois, tudo quanto eles vos disserem, porém não os imiteis nas suas obras; porque dizem e não fazem. Atam fardos pesados e põem-nos sobre os ombros dos homens, entretanto eles mesmos nem com o dedo querem movê-los. Praticam, porém, todas as suas obras para serem vistos dos homens; pois alargam os seus filactérios e alongam as suas fímbrias, e gostam do primeiro lugar nos banquetes, das primeiras cadeiras nas sinagogas, das saudações nas praças, e de serem chamados mestres pelos homens. " Mateus 23:2-7

Seria mera semelhança com os "mestres religiosos" do mundo hodierno?

Tudo isso ocorre através da língua.

A língua é o pior de todos os membros, ela incendeia todo o curso da vida, todo o curso de uma religião, não devemos ser possuídos por esse demônio, não do membro em si, mas do pecado que habita dentro de nós, devemos ter a mente purificada, para que o poder de Jesus Cristo, tenha livre ação dentro de nós, através do Espírito Santo. Animais são domados, ninguém porém, consegue domar a língua, somente Jesus conseguiu colocá-la em seu lugar, colocando o inferno sob seus pés.

A língua torna-se incontrolável, cheia de veneno, ocasionando a derrota de muitas denominações. É exatamente com ela que se amaldiçoa os excluídos, ou aqueles que não são irmãos, é através dela que existe a acepção, os ensinos errôneos, os sofismas que nos afastam de Deus, dela vem a benção quando alguém se batiza, e a maldição quando esse mesmo alguém, não está de acordo as doutrinas da denominação. Dela vem a benção quando tudo está bem, e a maldição quando não se consegue, tomar decisões sensatas, por falta da sabedoria que vem do alto.

Ora a água é doce, ora á agua é amarga, não vem todas elas da mesma língua? Não deveríam todos falar a mesma língua?

Quem é sábio e tem entendimento entre vocês? Que o demonstre por seu bom procedimento, mediante obras praticadas com a humildade que provém da sabedoria. Contudo, se vocês abrigam no coração inveja amarga e ambição egoísta, não se gloriem disso, nem neguem a verdade. Esse tipo de "sabedoria" não vem do céu, mas é terrena, não é espiritual e é demoníaca. Pois onde há inveja e ambição egoísta, aí há confusão e toda espécie de males. Mas a sabedoria que vem do alto é antes de tudo pura; depois, pacífica, amável, compreensiva, cheia de misericórdia e de bons frutos, imparcial e sincera. O fruto da justiça semeia-se em paz para os pacificadores. "Tiago 3:13-18

O entendido não será enganado, por Jesus Cristo triunfará sobre o pecado, que constantemente o induzia a fazer aquilo que não queria. Assim também deve ser com aqueles que ministram sobre o rebanho, serão tratados com justiça, encontrarão a paz, se semearem frutos através da verdade.

São os conselhos de João:

"Filhinhos, não amemos de palavra nem de boca, mas em ação e em verdade. "

São os conselhos de Tiago:

"Quem é sábio e tem entendimento entre vocês? Que o demonstre por seu bom procedimento, mediante obras praticadas com a humildade que provém da sabedoria. "

São as palavras de Paulo:

"Miserável homem eu que sou! Quem me libertará do corpo sujeito a esta morte? Graças a Deus por Jesus Cristo, nosso Senhor! "

Todos esses homens procuravam ensinar o que era correto, eram sábios e humildes.

Contudo, aconselha o Espírito Santo para os homens atuais, que ministram sobre o rebanho:

"Contudo, se vocês abrigam no coração inveja amarga e ambição egoísta, não se gloriem disso, nem neguem a verdade. Esse tipo de "sabedoria" não vem do céu, mas é terrena, não é espiritual e é demoníaca. Pois onde há inveja e ambição egoísta, aí há confusão e toda espécie de males."

Se isso existe nas mentes dos que ensinam, são colocados para fora através da língua, saibam que vocês terão maior rigor no seu julgamento, vide os caso dos mestre da lei e dos fariseus, cujas atitudes foram implacavelmente condenadas, por nosso Senhor Jesus Cristo.

Não percebe vocês "mestres religiosos", que todas as suas decisões afetam famílias inteiras?

Jesus veio ensinar a todos que:

" ...a sabedoria que vem do alto é antes de tudo pura; depois, pacífica, amável, compreensiva, cheia de misericórdia e de bons frutos, imparcial e sincera. O fruto da justiça semeia-se em paz para os pacificadores. "

O pacificador tem autocontrole sobre a língua, sobre seus membros, ele segue o modelo de Cristo, tem a vitória através de Cristo, edifica através de Cristo, tem a mente de Cristo, não é dominado pela carne.

É somente isso que as ovelhas desejam: ação, verdade, consciência pura, controle nos discursos, sabedoria do alto, bons frutos, e a vitória através de Cristo!

Eldier.


Eldier Khristos
Membro

Mensagens : 659
Data de inscrição : 10/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum