AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Palavra de Deus/on line: Gálatas 3

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Palavra de Deus/on line: Gálatas 3

Mensagem por Admin em Dom Abr 08, 2012 8:25 pm

Palavra de Deus: Gálatas – capítulo 3


O insensatos gálatas! quem vos fascinou para não obedecerdes à verdade, a vós, perante os olhos de quem Jesus Cristo foi evidenciado, crucificado, entre vós? Só quisera saber isto de vós: recebestes o Espírito pelas obras da lei ou pela pregação da fé? Sois vós tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, acabeis agora pela carne? Será em vão que tenhais padecido tanto? Se é que isso também foi em vão. Aquele, pois, que vos dá o Espírito, e que opera maravilhas entre vós, fá-lo pelas obras da lei, ou pela pregação da fé?.Assim como Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado como justiça. Sabei, pois, que os que são da fé são filhos de Abraão. Ora, tendo a Escritura previsto que Deus havia de justificar pela fé os gentios, anunciou primeiro o evangelho a Abraão, dizendo: Todas as nações serão benditas em ti. De sorte que os que são da fé são benditos com o crente Abraão. Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las. “ Gálatas 3: 1 a 10


Deus é Espírito, embora estivesse em Cristo — esse sim, em carne —, reconciliando o mundo. Amados (as) a influência do homem, não servirá de alento para sua alma, não deixe que sua consciência, seja movida por aquilo que não edifica, mas seja edificado (a) por Jesus Cristo, juntamente com a sua doutrina, que não veio para disciplinar a carne, mas para aperfeiçoar o seu espírito, para que você pudesse ter acesso ao seu reino.

A igreja para quem Paulo escreve, deveria estar cometendo equívocos, realizando coisas pela vontade da carne, apesar de terem iniciado pelo Espírito, o apóstolo demonstra uma insatisfação quanto a isso. Queridos (as) se algo está acontecendo em sua vida, se está te atormentando, certifique-se da autoria, se procede da carne, afinal o Espírito Santo não pode sugerir algo, que jamais se cumprirá em sua vida.

As vezes você recebeu alguma palavra, que confortou a sua carne, mas colocou sua alma em pânico, volte-se hoje para Deus, escute através das Palavras de Paulo, os conselhos que ele revelou aos gálatas, não desconsidere o Espírito Santo em sua vida.

O apóstolo explica que as maravilhas, ocorrem no meio cristão, através da pregação da fé, um exemplo clássico, foi o comportamento de Abraão, que foi atribuído como justiça, a forma como ele não se afastou de Deus. Não se afaste de Deus, sob hipótese nenhuma, para que seu testemunho seja depositado como justiça. Nós também por adoção nos tornamos filhos de Deus, podendo ser chamados de filhos da fé, porque a promessa feita ao patriarca previu que Deus haveria também de justificar todo o mundo, motivo pelo qual a promessa não foi realizada nos tempos da lei, mas antecipadamente anunciada a Abraão: ”Todas as nações serão benditas em ti.”

Aqui está o equívoco dos gálatas, retornarem seus espíritos, as ineficazes obras da lei. Não retorne sua alma aos equívocos, os gálatas queriam retornar a servidão da lei, cujos mandamentos não tinham vida, diante de uma carne em estado terminal.


Deus aconselhou Moisés a orientar o povo de Israel, sob o cuidado de guardar as palavras da lei:

Se não tiveres cuidado de guardar todas as palavras desta lei, que estão escritas neste livro, para temeres este nome glorioso e temível, o SENHOR TEU DEUS... ” Deuteronômio 28:58

Não houve cuidado em guardar as palavras de Deus, não temeram o seu nome, não honraram o criador, e tantos séculos depois, alguns pregadores judeus cegos, incentivavam os gálatas, que começaram pelo Espírito, a retornarem aos antigos ritos, ao que foram impedidos por esta carta de Paulo. Irmão (ã) deseje terminar seus dias com vida, essa vida somente é concedida pelo Espírito Santo, aquilo que ele promete, se cumpre em sua vida, por isso, não deixe que pela frustração de tantos anos, você agora queira terminar pela carne, desconsiderando a verdade em Cristo, ele jamais mentiu para você, ele mesmo afirmou:

... no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. ” João 16;33

Você vai vencer!

Glória a Deus!

Procurem pessoas como Paulo, um instrutor divino, apto para falar a verdade para as almas, pronto para desprezar as coisas fúteis que a carne adora ouvir.

E é evidente que pela lei ninguém será justificado diante de Deus, porque o justo viverá da fé.Ora, a lei não é da fé; mas o homem, que fizer estas coisas, por elas viverá. Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro; Para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios por Jesus Cristo, e para que pela fé nós recebamos a promessa do Espírito. Irmãos, como homem falo; se a aliança de um homem for confirmada, ninguém a anula nem a acrescenta. Ora, as promessas foram feitas a Abraão e à sua descendência. Não diz : E às descendências, como falando de muitas, mas como de uma só: E à tua descendência, que é Cristo. Mas digo isto: Que tendo sido a aliança anteriormente confirmada por Deus em Cristo, a lei, que veio quatrocentos e trinta anos depois, não a invalida, de forma a abolir a promessa. Porque, se a herança provém da lei, já não provém da promessa; mas Deus pela promessa a deu gratuitamente a Abraão. Logo, para que é a lei? Foi ordenada por causa das transgressões, até que viesse a posteridade a quem a promessa tinha sido feita; e foi posta pelos anjos na mão de um medianeiro. Ora, o medianeiro não o é de um só, mas Deus é um. “ Gálatas 3: 11 a 20

O Espírito Santo foi concedido, para manifestar a você, a direção que você deve seguir. Isso ocorrerá se você tiver fé, não será mediante a exigência, a urgência, o tipo de sofrimento, não é desse modo, que Deus concede milagres aos seus. O apóstolo explica aos gálatas, que a lei não teve capacidade para justificar alguém, a fé no entanto, é um grande poder invisível a disposição dos homens para justificação. Todos os judeus se tornaram malditos, podemos nos colocar neste mesmo patamar. Quantos transgrediram a lei, e por tal transgressão, trouxeram para as gerações futuras uma grande maldição? Quem teria poder para reverter essa situação? Não seria Jesus?

Disse a Lei de Deus através de Moisés:

Quando também em alguém houver pecado, digno do juízo de morte, e for morto, e o pendurares num madeiro, O seu cadáver não permanecerá no madeiro, mas certamente o enterrarás no mesmo dia; porquanto o pendurado é maldito de Deus; assim não contaminarás a tua terra, que o SENHOR teu Deus te dá em herança. “Deuteronômio 21:22 a 23

Disse o Espírito Santo através de Paulo:

Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro; Para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios por Jesus Cristo, e para que pela fé nós recebamos a promessa do Espírito.

De amaldiçoados, passamos a abençoados, pela fidelidade de Deus, recebemos a promessa do Espírito, cuja eficácia é muito maior, do que o livro da lei cuja corrupção humana transgrediu.

O selo do Espírito não é o dom de línguas, o selo do Espírito é a capacidade do crente, ele é a única coisa, que o diabo enxerga quando vem nos tentar. Nos dias em que tentou Jesus, o diabo entrou em desespero, porque viu o selo de Deus em Cristo, que mesmo diante de tantas investidas, não se corrompeu, provando aos homens que agora na época da graça, Deus proverá muitas coisas mais, aos que o buscarem com entendimento.

Não podemos buscar a Deus, para saciar os anseios da nossa carne, o complemento dos milagres está muito além disso.

Certa feita disse Cristo aos famintos da carne:

Na verdade, na verdade vos digo que me buscais, não pelos sinais que vistes, mas porque comestes do pão e vos saciastes. Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem vos dará; porque a este o Pai, Deus, o selou. “ João 6: 26 a 27

Aquele que não busca a Deus, por interesse apenas, tem o privilégio de ver sinais em sua vida. Aquele que procura fortificar a sua alma, através do alimento fornecido pelo Espírito Santo, reconhece que Jesus tinha o selo de Deus, que provava ao mundo, que ele era propriedade exclusiva de Deus, gerado por uma semente santa.

Você também amado (a) tem esse selo, provando ao diabo, que você é propriedade exclusiva de Deus, com direito a participar dos milagres, das benções, dos dons. O selo é algo invisível, ele está dentro do coração, onde Deus escreveu os seus mandamentos, como mesmo testificou Paulo a outra igreja:

Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração...” 2 Coríntios 1 a 5

Carta de Cristo escrita pelo Espírito do Deus vivo, representando uma carta com o selo do Espírito Santo, endereçada a todo aquele que acreditar, como nós acreditamos, neste Jesus maravilhoso, o nosso irmão primogênito.

Somos um carta de Cristo, se aquele que ministrou para nós, teve o discernimento, de escrever a mensagem corretamente, assim como Paulo o fez.

Somos cartas para serem lidas, pelas almas aprisionadas, que com a sorte de encontrarem a Cristo, tem o regozijo de terem acesso ao conteúdo dessa mensagem, do teor dessa doutrina. O Espírito do Deus vivo tem poder para capacitar novos corações, escrevendo neles a mesma mensagem, colocando neles o mesmo selo do Espírito Santo, que representa a legitimidade da verdade.

Deus não anulou suas palavras, a promessa foi anterior a aliança realizada com Israel.

Que tendo sido a aliança anteriormente confirmada por Deus em Cristo, a lei, que veio quatrocentos e trinta anos depois, não a invalida, de forma a abolir a promessa.

A promessa permanece.

Logo, para que é a lei? Foi ordenada por causa das transgressões, até que viesse a posteridade a quem a promessa tinha sido feita; e foi posta pelos anjos na mão de um medianeiro. Ora, o medianeiro não o é de um só, mas Deus é um.”

Houve inúmeros medianeiros, que trataram diligentemente com anjos, mas, a promessa se manteve firme, pois, Deus é único, e tendo ele o poder de restaurar o mundo, tratou pessoalmente da nossa salvação.

A lei foi colocada, como uma constituição para qualquer nação, com objetivo de julgar as transgressões dos maus, está escrito que para os bons haveria inúmeras bençãos, já para os transgressores haveria os castigos.

Jesus se tornou o único mediador entre Deus e os homens, a redenção do nosso castigo.

Tenha confiança nas promessas de Deus, tudo aquilo que testificou a Escritura, se cumpriu, de maneira que pela fé, nós cremos que Deus está conosco, mediante a aliança realizada por Cristo, que sustentou todas as coisas, precisamente, honrou a promessa realizada a Abraão.

Portanto, visto que os filhos são pessoas de carne e sangue, ele também participou dessa condição humana, para que, por sua morte, derrotasse aquele que tem o poder da morte, isto é, o diabo,.e libertasse aqueles que durante toda a vida estiveram escravizados pelo medo da morte.Pois é claro que não é a anjos que ele ajuda, mas aos descendentes de Abraão. “ Hebreus 2: 14 a 16

Queremos inúmeros milagres em nossas vidas, coisas que aos seres humanos parecem impossíveis, é o que desejamos para nos satisfazer.

Reflita nas palavras do versículo acima, e veja, se realmente para Deus existe falsas esperanças.

Você é livre para receber milagres.

Livre para ser abençoado.

Desde que permaneça ligado ao Espírito Santo.

Glória a Deus!


Logo, a lei é contra as promessas de Deus? De nenhuma sorte; porque, se fosse dada uma lei que pudesse vivificar, a justiça, na verdade, teria sido pela lei. Mas a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, para que a promessa pela fé em Jesus Cristo fosse dada aos crentes. Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar. De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados. Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio.Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus. Porque todos quantos fostes batizados em Cristo já vos revestistes de Cristo. Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa. “ Gálatas 3:22 a 29

Saiba que a lei não anulou a promessa, Deus tinha conhecimento da corrupção humana, e que na verdade, por causa dela, a lei não poderia justificar ninguém, foi apenas adicionada, como sendo uma sombra de algo futuro, não a realidade concreta das coisas, que aqui no caso é Jesus Cristo.

As promessas de Deus em sua vida se tornarão realidade, as demais coisas serão acrescentadas.

A promessa é a Salvação!

O acréscimo é a benção!

Jesus é a realidade das duas, seja qual for a sua situação.

Na cruz se encontrou a realidade da igreja, algo que você não pode esquecer. Paulo argumentou isso na carta aos gálatas, para que eles não viessem a anular à graça de Deus.

Somos filhos da mesma promessa, com direito a mesma herança.

Aleluia!

Deus encerrou todos os seus mandamentos, resumindo-os em apenas uma palavra: amor.

Em algum tempo os judeus viveram sobre a tutela da lei, para que no tempo previsto, ela pudesse os conduzir a Cristo, que se tornaria o responsável pela salvação. Esse é o maravilhoso alerta de Paulo, contra os pregadores das tábuas de pedra.

Não estamos mais sob a tutela da religião, somos agora legítimos filhos de Deus, pela fé existente em nosso coração.

O Pai tem poder para abençoar um filho!

Em Cristo somos novas criaturas, selados, revestidos pelo mesmo Espírito.

E, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça..E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita. ” Romanos 8: 10 e 11

Somos herdeiros da mesma promessa!

Fazemos parte das benções!

Da distribuição dos dons, dos milagres, da edificação do corpo.

Amado, não deixe que a carne, te induza novamente, a retornar seus pensamentos, para as questões que não edificam, o mesmo Espírito que ressuscitou Jesus, intercede por ti diante de DEUS.

A promessa não pode ser anulada, Jesus venceu o mundo, tendo a certeza, que você venceria também, apesar das inúmeras aflições.

Glória a Deus!

Deus esteja com todos.

Admin
Admin

Mensagens : 2941
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum