AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Tenhamos amor pelos enfermos na fé...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Tenhamos amor pelos enfermos na fé...

Mensagem por Admin em Sex Jun 15, 2012 6:14 pm

"Ora, quanto ao que está enfermo na fé, recebei-o, não em contendas sobre dúvidas. Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes. O que come não despreze o que não come; e o que não come, não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu. Quem és tu, que julgas o servo alheio? Para seu próprio senhor ele está em pé ou cai. Mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar. Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente. Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz e o que não faz caso do dia para o Senhor o não faz. O que come, para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e o que não come, para o Senhor não come, e dá graças a Deus. " Romanos 14: 1 a 6


Coma carne, coma legume, guarde o sábado, não guarde o sábado, não importa, julgamentos não podem pertencer ao homem. Afinal, Paulo falava aos servos de senhores, quanto um possível problema de julgamentos: “Quem és tu, que julgas o servo alheio?”. Para seu próprio senhor, possuidor de um servo, tanto ele pode estar em pé, quanto ele pode estar caído, enfermo na fé, mas, o que diz a palavra: “Mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar.

Se no passado alguém fazia diferença entre dia e dia, como outros julgavam todos os dias iguais, hoje também na época de graça não estamos imunes a tais questões, o que importa é a segurança daquilo que acredita: “Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz e o que não faz caso do dia para o Senhor o não faz.

Aquele que faz pela religião, sujeita-se ao julgar precocemente, quando outro não faz conforme sua ideia, seu pensamento, achando que por deixar de fazer, poderá ele estar em condenação, exatamente isso estava acontecendo entre os servos, quando não preservando sua própria fé, invadiam o espírito alheio, a vida alheia, com acusações, contendas, que jamais poderiam levar a edificação, Paulo então quer reduzir esse problema: “O que come, para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e o que não come, para o Senhor não come, e dá graças a Deus.

Aquilo que fizermos, façamos para o Senhor, não façamos para religião, não façamos as vistas do líder, do ancião, do presbítero, do pastor, a esse devemos respeito, honra sem idolatração, a obediência, o verdadeiro entendimento, a devoção máxima de todas as coisas, estas sempre irão pertencer a Deus.

Sendo assim irmãos, se existe alguém enfermo na fé, que ele seja curado pela sã doutrina, enviada diretamente do céu, o verbo feito carne, que veio para sarar o mundo pecaminoso, acabar com as contendas, com o desprezo, para que façamos todas as coisas para ele, através do seu Nome, que aperfeiçoou todo o louvor, que agora nós os cristãos emanamos para Deus.

Amai-vos cordialmente uns aos outros.

"Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si. Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor. Porque foi para isto que morreu Cristo, e ressurgiu, e tornou a viver, para ser Senhor, tanto dos mortos, como dos vivos.. Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo. Porque está escrito: Como eu vivo, diz o Senhor, que todo o joelho se dobrará a mim, E toda a língua confessará a Deus. De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus. "Romanos 14: 7 a 12

Viver pela religião, não significa estar atado a Cristo, não vivemos nem morremos para nós mesmos, se vivemos ou morremos, nós os que amamos a Cristo, vivemos para ele, não existe algo que possa modificar isso:”De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor. Porque foi para isto que morreu Cristo, e ressurgiu, e tornou a viver, para ser Senhor, tanto dos mortos, como dos vivos.”

Nós estávamos mortos no pecado, em Cristo ressurgimos novas criaturas, para que pudéssemos viver para Cristo, sem os antigos julgamentos malignos: "Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo. "

Você não pagou a conta de ninguém, eu não paguei, ninguém pagou a de ninguém, o resgate veio mediante a Cristo, para que pela sua ressurreição, todos o joelho se dobrasse diante dele, em reconhecimento magnitude da sua morte, ocorrida por meio da cruz, logo, cada um de nós somos justificados individualmente, mas juntos fazemos parte do mesmo corpo, cada qual na sua função, como espíritos aperfeiçoados, cujos nomes estão registrados no céu.

Muitos joelhos se dobrarão, muitas línguas ainda confessarão, que não pelo homem, mas cada um dos homens, passarão pelos juízos de Deus.

"Assim que não nos julguemos mais uns aos outros; antes seja o vosso propósito não pôr tropeço ou escândalo ao irmão. Eu sei, e estou certo no Senhor Jesus, que nenhuma coisa é de si mesma imunda, a não ser para aquele que a tem por imunda; para esse é imunda. Mas, se por causa da comida se contrista teu irmão, já não andas conforme o amor. Não destruas por causa da tua comida aquele por quem Cristo morreu. Não seja, pois, blasfemado o vosso bem; Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo. Porque quem nisto serve a Cristo agradável é a Deus e aceito aos homens. "Romanos 14: 13 a 18

Se não ajudamos a ninguém, devemos também não atrapalhar. Quantas vezes enxergamos a vestimenta de alguém suja, quando na verdade pode ser tão somente uma ilusão provocada para desviar o nosso foco. Por tropeço, induzir ao escândalo, sem nem ao menos estar inteirado da verdade, pode ser um indício de abuso, de conduta perversa, que não agrada a Deus, o que achamos imundo pode ser imundo para nós, o que comemos ou deixamos de comer, não deve destruir a fé de ninguém, considerando que a minha própria fé é superior. Paulo sugere que aquilo que não é bom para nós, não deve ser falado com objetivo de difamar a seu irmão: “Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo. Porque quem nisto serve a Cristo agradável é a Deus e aceito aos homens.

"Sigamos, pois, as coisas que servem para a paz e para a edificação de uns para com os outros. Não destruas por causa da comida a obra de Deus. É verdade que tudo é limpo, mas mal vai para o homem que come com escândalo. Bom é não comer carne, nem beber vinho, nem fazer outras coisas em que teu irmão tropece, ou se escandalize, ou se enfraqueça. Tens tu fé? Tem-na em ti mesmo diante de Deus. Bem-aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova. Mas aquele que tem dúvidas, se come está condenado, porque não come por fé; e tudo o que não é de fé é pecado. " Romanos 14:19 a 23

Paz e edificação!

Sigamos em frente→ Jesus.

Se houve naquela comunidade, alguma grave questão sobre comida, isso também serve para nós, que inúmeras vezes perdemos a comunhão com questões inúteis.

A obra de Deus não merece ser tratada com ignorância.

Se comer ou beber não é bom, se tais atitudes produzem escândalos aos fracos, não admita ser a pedra que o fará tropeçar.

Tens tu fé? Tem-na em ti mesmo diante de Deus.

Se quiser provar sua fé diante dos homens, a carne poderá te superar...

Bem-aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova. Mas aquele que tem dúvidas, se come está condenado, porque não come por fé; e tudo o que não é de fé é pecado.

O entendimento que você tem, pode não ser o mesmo do seu próximo, isso não quer dizer, que na comunhão do Espírito Santo não possamos chegar ao mesmo parecer.

Dúvidas não devem pairar em nosso coração, a insegurança não provém do Espírito, mas da carne que batalha contra ele, aquilo que não fazemos inteiramente pela fé, pode ser apenas um pedaço da nossa queda.

Graça e paz.

Eldier

Admin
Admin

Mensagens : 3191
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tenhamos amor pelos enfermos na fé...

Mensagem por Admin em Ter Maio 05, 2015 5:07 pm

.

Admin
Admin

Mensagens : 3191
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum