AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






O profeta Ageu e o salário (não em saco furado) da vida eterna

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O profeta Ageu e o salário (não em saco furado) da vida eterna

Mensagem por Admin em Sex Jul 20, 2012 7:10 pm





Quando os israelitas foram repatriados para Jerusalém, Zorobabel se tornou o primeiro(e o melhor) governador que Judá teve no período pós-exílico.


No segundo ano do rei Dario, no sexto mês, no primeiro dia do mês, veio a palavra do SENHOR, por intermédio do profeta Ageu, a Zorobabel, filho de Sealtiel, governador de Judá, e a Josué, filho de Jozadaque, o sumo sacerdote, dizendo: Assim fala o SENHOR dos Exércitos, dizendo: Este povo diz: Não veio ainda o tempo, o tempo em que a casa do SENHOR deve ser edificada. Ageu 1:1 e 2

O sumo sacerdote Josué tornou-se aliado de Zorobabel, juntos passaram a coordenar conjuntamente a reconstrução dos muros de Jerusalém e do Templo do Senhor Deus. Ageu era o profeta enviado de Deus, para estimular o espírito do povo:

Veio, pois, a palavra do SENHOR, por intermédio do profeta Ageu, dizendo: Porventura é para vós tempo de habitardes nas vossas casas forradas, enquanto esta casa fica deserta? Ora, pois, assim diz o SENHOR dos Exércitos: Considerai os vossos caminhos. Semeais muito, e recolheis pouco; comeis, porém não vos fartais; bebeis, porém não vos saciais; vesti-vos, porém ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o num saco furado. Ageu 1: 3 a 6

O juízo deve habitar no coração do justo, ponderar sobre os erros, é o anúncio da ação do Espírito, sobre a consciência do homem. O profeta induz o povo, a considerar os efeitos do exílio, todo o caminho percorrido, tendo a tristeza como companheira, tudo isso motivado pela desobediência. Distintamente o homem sem Deus, pode semear muito, comer demais, beber indiscriminadamente, vestir-se com extrema beleza, receber somas de dinheiro, não importa, todas essas coisas sem a graça de Deus, é puramente uma vida dedicada a ilusão.

O prudente considera seu caminho, aquele que semeia a justiça, da justiça se beneficiará, alcançará a fartura, saciará sua alma, aquecerá seu espírito, prosperará diante dos inimigos. Ageu é o grande representante do reino dos céus, o protetor celestial cuja manifestação do Espírito, demonstra a piedade divina, em todo o tempo que o povo permaneceu no exílio, Deus já executava seus planos, para restauração (e manutenção) das promessas passadas.


Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Considerai os vossos caminhos. Subi ao monte, e trazei madeira, e edificai a casa; e dela me agradarei, e serei glorificado, diz o SENHOR. Esperastes o muito, mas eis que veio a ser pouco; e esse pouco, quando o trouxestes para casa, eu dissipei com um sopro. Por que causa? disse o SENHOR dos Exércitos. Por causa da minha casa, que está deserta, enquanto cada um de vós corre à sua própria casa. Ageu 1:7 a 9

O enviado de Deus, incita o retorno do povo para Deus, o bom desejo do seu coração, é reanimar o espírito dos repatriados, para construírem um novo templo para o Senhor.

A voz de Deus ecoa pela boca de Ageu, edificando a casa de Deus, o povo teria a sua disposição, o poder eficaz do soberano. Incrivelmente o povo demonstrou mais interesse, na construção das suas próprias habitações, do que propriamente se dedicar ao templo de Deus, uma mostra do que faz o sofrimento na vida de um povo, que por tantos anos permaneceu sob o domínio de outrem.

Essa atitude do povo retinha a prosperidade, a mão do Senhor não estava encolhida, o profeta explica então ao povo:

Por isso retém os céus sobre vós o orvalho, e a terra detém os seus frutos. E mandei vir a seca sobre a terra, e sobre os montes, e sobre o trigo, e sobre o mosto, e sobre o azeite, e sobre o que a terra produz; como também sobre os homens, e sobre o gado, e sobre todo o trabalho das mãos. Ageu: 1:10 e 11

Obediência é a chave do Espírito, nas mãos dos pacificadores:

Então Zorobabel, filho de Sealtiel, e Josué, filho de Jozadaque, sumo sacerdote, e todo o restante do povo obedeceram à voz do SENHOR seu Deus, e às palavras do profeta Ageu, assim como o SENHOR seu Deus o enviara; e temeu o povo diante do SENHOR. Então Ageu, o mensageiro do SENHOR, falou ao povo conforme a mensagem do SENHOR, dizendo: Eu sou convosco, diz o SENHOR. E o SENHOR suscitou o espírito de Zorobabel, filho de Sealtiel, governador de Judá, e o espírito de Josué, filho de Jozadaque, sumo sacerdote, e o espírito de todo o restante do povo, e eles vieram, e fizeram a obra na casa do SENHOR dos Exércitos, seu Deus, Ao vigésimo quarto dia do sexto mês, no segundo ano do rei Dario. Ageu 1:12 a 15

Na consideração do povo, o Espírito Santo transformou o saco furado, numa maneira segura de agradar a Deus.


Admin
Admin

Mensagens : 3225
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O profeta Ageu e o salário (não em saco furado) da vida eterna

Mensagem por Admin em Sab Abr 12, 2014 2:23 pm

.

Admin
Admin

Mensagens : 3225
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum