AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Palavra de Deus/on line: Filemom 1

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Palavra de Deus/on line: Filemom 1

Mensagem por Admin em Dom Set 09, 2012 3:49 pm



Filemom Capítulo 1



Paulo, prisioneiro de Cristo Jesus, e Timóteo, nosso irmão, a Filemom, nosso muito amado e nosso companheiro de trabalho, e à irmã Áfia, e a Árquipo, nosso companheiro de lutas, e à igreja que está na tua casa: Graça a vós e paz da parte de Deus nosso Pai e da do Senhor Jesus Cristo. " Filemom 1: 1 a 3

Outrora presos pelos laços malignos, hoje nos tornamos prisioneiros de Cristo, uma mudança grandiosa, para nunca mais fugirmos para o mundo, fomos sentenciados a prisão perpétua no reino da glória, se mantivermos o nosso testemunho, isso é tão somente uma metáfora divinal. Servo (a) de Cristo, aqui vemos o conteúdo de uma carta, escrita a Filemom, companheiro de Paulo, das lutas infindáveis do bem contra o mal, para confirmação da igreja que havia em sua casa, saudando demais irmãos (irmã Áfia e irmão Árquipo). Como fez bem a alma, receber graça da parte de Deus, nosso Pai e também do Senhor Jesus Cristo, um sentado governando o mundo, o outro a sua direita intercedendo pela igreja.

Essa igreja pequenina cresceu espiritualmente, mas quantas hoje se formam nas residências, não importando a placa, onde a verdade habita, o Senhor cobre todos com a sua plenitude. Sinta hoje na sua alma, como se o Senhor houvesse escrito diretamente para você servo (a): "Graça a vós e paz da parte de Deus nosso Pai e da do Senhor Jesus Cristo".

A partir daqui a consolação invadirá sua alma, a exaltação, a saudação que vem do céu, é poderosa para colocar tudo no seu devido lugar, extinguindo qualquer pensamento torpe, qualquer plano medíocre, qualquer queda iminente, que o maligno estava planejando ou influenciando você cometer.


Sempre dou graças ao meu Deus, fazendo menção de ti nas minhas orações, ouvindo o teu amor e a fé que tens para com o Senhor Jesus e para com todos os santos; para que a comunicação da tua fé se torne eficaz, no pleno conhecimento de todo o bem que há em vós, para com Cristo. Pois tive, irmão, muita alegria e conforto no teu amor, porque os corações dos santos foram reanimados por ti. Por isso se bem que eu tenha muita liberdade em Cristo para te mandar o que é conveniente, contudo prefiro apelar para ti em nome deste amor, sendo, como sou, Paulo, velho, e agora até prisioneiro de Cristo Jesus." Filemom 1: 4 a 9

Muitos irmãos oram por nós, são despertados para essa missão, aqui percebemos o amor de Paulo por Filemom. Os ouvidos do apóstolo somente ouviam coisas maravilhosas sobre cooperador: “...ouvindo o teu amor e a fé que tens para com o Senhor Jesus e para com todos os santos; para que a comunicação da tua fé se torne eficaz, no pleno conhecimento de todo o bem que há em vós, para com Cristo.


Serva (o) aquilo que você está fazendo, lutando para honrar o nome de Cristo, tem para você o acúmulo de um precioso galardão. A comunhão que provém da sua fé está libertando muitos da escravidão, tão eficaz está sendo, que os anjos estão fazendo festa no céu, diante do enriquecimento dos corações, pela benevolência com que estão tratando as almas, pelo cuidado com o Nome do Senhor Jesus Cristo. Glória!

Tão maravilhoso é lutar por Jesus Cristo, que isto conforta até mesmo, aquele que após tantas lutas, já demonstra um certo desgaste:

"Pois tive, irmão, muita alegria e conforto no teu amor, porque os corações dos santos foram reanimados por ti. Por isso se bem que eu tenha muita liberdade em Cristo para te mandar o que é conveniente, contudo prefiro apelar para ti em nome deste amor, sendo, como sou, Paulo, velho, e agora até prisioneiro de Cristo Jesus."

O santo homem de Deus, o apóstolo que de perseguidor/blasfemador, se tornou servo fiel, dá mostras da sua felicidade. O conforto invade a sua alma, porque os corações dos santos foram reanimados, ainda que o diabo quisesse destruí-los, para que nunca mais batessem, quando sentissem a virtude do alto. Seja consolado pela boa palavra servo (a), Deus está reanimando o teu coração, para muitas outras batalhas. Glória!

Paulo se coloca com um homem já velho, um homem em prisão perpétua com Cristo Jesus, um intercessor de um recém convertido:

Rogo-te por meu filho Onésimo, que eu gerei nas minhas prisões, o qual outrora te foi inútil, mas agora é útil a ti e a mim; e eu to envio a ele que é meu próprio coração.Eu quisera tê-lo perto de mim, para que me servisse em teu lugar nas prisões do Evangelho, mas nada quis fazer sem a tua aprovação, para que o teu benefício não fosse como por necessidade, mas da tua livre vontade. Talvez por isso ele se apartasse de ti por algum tempo, para que tu o recuperasses para sempre; não mais como servo, mas em vez de servo, como irmão amado, de mim principalmente e mais ainda de ti, quer na carne quer no Senhor. "Filemom 1: 10 a 16

A velhice já chegou a muitos corações, como muitos são novos na graça, com desejo ardente de lutar. Cremos que existem os espíritos desfalecidos, que necessitam da reanimação espiritual, que ocorre pelo Espírito Santo, saiba que ninguém “para” no Caminho, se algo está errado não é somente com a alma, por isso devemos combater o bom combate, a disciplina da carne, não favorece o aperfeiçoamento espiritual. Paulo se denominou “velho”, entretanto, com um espírito aperfeiçoado, suas longas lutas, seus intensos sofrimentos, as ameaças de morte, fizeram dele um grande mártir, como demais apóstolos também foram.

Servo (a) nem a juventude, nem a velhice, são impedimentos para fazer o bem, siga o modelo de Paulo, interceda por alguém, mesmo que seja na oração, do mesmo modo alguém estará te ajudando.

Intercessão de Paulo:

Rogo-te por meu filho Onésimo, que eu gerei nas minhas prisões, o qual outrora te foi inútil, mas agora é útil a ti e a mim; e eu to envio a ele que é meu próprio coração.

Aquela alma representava o coração de Paulo, sendo enviado a Filemom, porque outrora escravo sem o evangelho, ele não tinha utilidade alguma, mas confirmado pela palavra que não volta atrás, ele estava de posse das armas de luz (justiça), para também batalhar em favor do evangelho.

Justificativa de Paulo para o envio de Onésimo:

"Eu quisera tê-lo perto de mim, para que me servisse em teu lugar nas prisões do Evangelho, mas nada quis fazer sem a tua aprovação, para que o teu benefício não fosse como por necessidade, mas da tua livre vontade. "

Servo (a) aquilo que você recebeu, ensine ao seu próximo, ame ao seu próximo, compartilhando com ele, a sabedoria que vem do alto, não queira a glória, de uma coisa que não pertence a ti! Mas hoje, quem está compartilhando contigo, é o Senhor Jesus, através dessa sublime carta. Paulo pregou o evangelho a Onésimo, imediatamente ele recebeu sabedoria suficiente, para retornar a Filemom, a inteligência do apóstolo vem do raciocínio de Cristo, ele conclui sob inspiração do Espírito:

"Talvez por isso ele se apartasse de ti por algum tempo, para que tu o recuperasses para sempre; não mais como servo, mas em vez de servo, como irmão amado, de mim principalmente e mais ainda de ti, quer na carne quer no Senhor."

Aqui o amor inefável de Deus, estava unindo dois irmãos, não agora como servo/escravo, mas como irmão amado, tanto por parte do apóstolo, como por parte do seu antigo possuidor (Filemom), que era seu dono, tanto na carne, quanto no Senhor, a graça transformou em irmãos, revelando a abundância da graça, do amor purificador, da consciência regeneradora.

Servo (a) invista no amor, receba a todos, não importando sua condição, se escravo, se desviado da verdade, se qualquer outra coisa, impedimento, o amor encobre uma multidão de pecados.

Meus irmãos, se algum de vós se desviar da verdade e algum outro o converter, sabei que aquele que converte um pecador do erro do seu caminho, salvará uma alma da morte e cobrirá uma multidão de pecados. “ Tiago 5:19 e 20


...tendo antes de tudo ardente caridade uns para com os outros, porque a caridade cobre a multidão dos pecados” 1 Pedro 4:8

Glorifiquemos a Deus!

Se, pois, me tens por companheiro, recebe-o como a mim. Se te fez algum mal, ou se te deve alguma coisa, lança-o na minha conta. Eu, Paulo, o escrevo com o meu próprio punho, eu o pagarei; por não dizer que tu me deves até a tua própria pessoa. Sim, irmão, que eu me regozije de ti no Senhor; reanima o meu coração em Cristo. Eu te escrevo, confiado na tua obediência, sabendo que farás ainda mais do que digo. Mas ao mesmo tempo também prepara-me pousada; pois espero que vos seja concedido pelas vossas orações. Epáfras, meu companheiro de prisão em Cristo Jesus, te saúda, assim como Marcos, Aristarco, Demas e Lucas, meus companheiros de trabalho. A graça do Senhor Jesus Cristo seja com o vosso espírito. Filemom 1:17 a 25

Comparar um irmão a si mesmo, Paulo pede que Filemom receba Onésimo, com a alegria de estar recebendo a ele mesmo. Como é maravilhoso receber alguém, com o coração aberto, sem distinção alguma, aqui o Senhor faz-nos um alerta, não importa a classe social, os verdadeiros espíritos aperfeiçoados, recebem todos os irmãos, como se estivessem recebendo a Cristo. Glória

Paulo coloca-se como fiador: “Se te fez algum mal, ou se te deve alguma coisa, lança-o na minha conta. Eu, Paulo, o escrevo com o meu próprio punho, eu o pagarei; por não dizer que tu me deves até a tua própria pessoa.


Paulo resgatou a Onésimo, seguindo o modelo de Cristo, ainda, que este tenha resgatado o mundo. Servos (as) todos sejamos imitadores de Cristo, do próprio punho do apóstolo, para que não houvesse engano, nem qualquer manipulação do diabo, Deus estava libertando duas almas, unindo-as no corpo, confirmando o amor da graça, não importando qualquer outra coisa. Todos temos responsabilidades, ainda que a salvação seja pessoal, temos responsabilidade com o corpo de Cristo. Por essa carta tão sublime, se alguém lhe fez algum mal, perdoe, se te deve alguma coisa, reflita junto de Cristo, para que as perturbações cessem, porque a luz penetra em todos os lugares, não existindo trevas que resistam. Na verdade essa carta tem a assinatura de Cristo, porque o apóstolo foi movido pelo Espírito Santo.

Ele conclui seu pensamento:

"Sim, irmão, que eu me regozije de ti no Senhor; reanima o meu coração em Cristo. Eu te escrevo, confiado na tua obediência, sabendo que farás ainda mais do que digo. Mas ao mesmo tempo também prepara-me pousada; pois espero que vos seja concedido pelas vossas orações."

Paulo nunca foi dominador, nem usava da sua autoridade, sempre se colocou no nível de qualquer irmão, sabia se comportar no meio de todos. O Espírito Santo chegou ao pensamento de Filemom, através desta carta, com a confiança que ele faria ainda mais, para confirmar diante de Deus, o verdadeiro amor. Nós também não devemos pensar em fazer apenas o que é pedido, mas em amor, fazer muito além, assim muitos outros corações serão reanimados. As vezes fazemos somente por obrigação, pela posição que ocupamos, tudo aquilo que não vem do coração, é um mal que deve ser extirpado da nossa conduta.

Obediência é a confiança que temos em Cristo. Glória!!

" Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, segundo o poder que opera em nós, a esse seja glória na igreja e em Cristo Jesus por todas as gerações do século dos séculos. Amém. " Efésios 3:30 e 21

Paulo encaminho suas saudações:

"Epáfras, meu companheiro de prisão em Cristo Jesus, te saúda, assim como Marcos, Aristarco, Demas e Lucas, meus companheiros de trabalho. A graça do Senhor Jesus Cristo seja com o vosso espírito."

Essa mesma saudação chegará em seu coração, a graça reanimará seu espírito irmão (ã), glorifique ao Senhor, como se houvesse recebido essa carta, tendo como selo o Espírito Santo, pelo qual o seu espírito glorificará o Senhor.

Na época da graça não existe prova, porque de Cristo procedeu o consolador, reaja! Tenha atitude! Ânimo irmão (ã)!

Obediência!

Amor!

Vida eterna!

Deus esteja contigo.

Admin
Admin

Mensagens : 2943
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum