AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Amor congelado, reflexo revelado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Amor congelado, reflexo revelado

Mensagem por Admin em Sex Set 21, 2012 8:30 pm






" E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará. Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo. E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim. " Mateus 24: 12 a 14

Jesus inaugurou um novo caminho, aqueceu a humanidade com o seu caráter submisso, nele estava o selo do amor. Tudo é uma questão de perseverança, da fé que move, do amor que transforma, Jesus moldou o novo caráter do homem, sabendo que em todo o tempo, as manifestações do pecado, iriam esfriar o amor que veio pela graça. A Bíblia diz que o amor de Deus, foi derramado em nosso corações (Romanos 5:5), através do Espírito Santo renovador, uma questão de bondade, de amor para com os homens, não porque tenhamos feito por merecer, que em outros tempos o homem se portou com justiça, tudo isso que levou o homem a salvação, aconteceu por misericórdia (Tito 3:1 a 5).

A justificativa veio pela graça, por ela muitos se tornaram herdeiros, esperançosos de alcançar a vida eterna.

Fiel é esta palavra, e quero que isto afirmes confiadamente, a fim de que os que tiverem crido a Deus, sejam cuidadosos em praticarem as boas obras. Isto é bom e útil aos homens. “ Tido 3:8

Certo como ele aparecerá segunda vez (Hebreus 9:28), no Monte das Oliveiras, Jesus foi indagado pelos seus discípulos : “Qual o sinal da tua vinda e do fim do mundo? “ Mateus 24:3.

Ele então movido pelo Pai, faz um discurso bombástico, célebre, imortal. Num momento único, ele avisa a todos, com o coração apertado, que apesar de ser destinado ao sacrifício, estar determinada a sua morte, depois de todo esse anunciado e intenso sofrimento, a iniquidade (o pecado) ainda iriam multiplicar-se, coisas horrendas precipitariam acontecer, dores, tribulações, guerras, mortes, ódio, traições, enganadores, falsos profetas, tudo isso faria parte do “cardápio” do mundo, o amor congelaria de tal forma, que os espíritos dos justos teriam fome e sede de justiça, enquanto os injustos desprezariam o evangelho, ajudando na disseminação do mal.

A profecia se cumpre, o amor está congelado, todos os dias alguém naufraga na fé, preferindo se unir ao falso amor do mundo.

Sobre tal decisão entre amar Deus e o mundo, o Espírito esclarece as mentes:

" Não ameis o mundo, nem as coisas que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele; porque tudo o que há no mundo, a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a vaidade da vida, não vem do Pai, mas sim do mundo. Ora o mundo passa e a sua cobiça; mas aquele que faz a vontade de Deus, permanece para sempre. " 1 João 2:15 a 17

Quem faz a vontade de Deus não congela, mantem-se aquecido sob as asas do Espírito, atento, perseverando na salvação que se aproxima. Em outro lugar um apóstolo escreveu:

Digo isto, porque sabeis o tempo, que já é hora de vos despertardes do sono; porque agora está mais perto de nós a salvação, do que quando recebemos a fé. “ Romanos 13:11

Quando nos convertemos, nosso espírito necessitava de aperfeiçoamento, isso ocorreu com todos os santos homens, que quando despertados por Cristo, passaram a produzir frutos de justiça. O apóstolo no mesmo capítulo, anterior ao verso acima declarou: “ A ninguém devais coisa alguma, senão o amor recíproco; porque aquele que ama ao seu próximo, tem cumprido a lei. Pois isto: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não cobiçarás, e se algum outro mandamento há, nestas palavras se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. O amor não faz mal algum ao próximo; o amor é, pois, o cumprimento da lei. “ Romanos 13:8 a 10

O amor esfria quando maltrato meu próximo, Deus resumiu todas as coisas em um nome, Jesus Cristo, o amor se tornou carne, sendo entregue para intercessão (perdão) dos nossos pecados. O amor aquece a fé e a esperança, por isso ele é maior que os dois. Privar-se da iniquidade, sustentando o amor de Deus dentro de nós, é prova de fé, saber que haverá o dia do juízo, é prova de esperança, em tudo isso o amor mantém tanto um como o outro. Amor é coragem, é ausência de medo, quem tem receio de ser castigado, não lançou fora o medo, porque o amor perfeito, foi comprovado na ação de Cristo, de morrer pelos injustos.


" Nós temos conhecido e crido o amor que Deus tem em nós. Deus é amor; aquele que permanece no amor, permanece em Deus, e Deus permanece nele. O amor é perfeito em nós, para que tenhamos coragem no dia do juízo; porque assim como ele é, nós somos também neste mundo. No amor não há medo, mas o perfeito amor lança fora o medo, porque o medo envolve castigo; e aquele que tem medo, não é perfeito no amor. " 1 João 4:6 a 18

Jesus buscava os interesses do Pai, não buscava o seu próprio. Profecias cessam, línguas desaparecem, outras coisas passam, o amor no entanto não acaba.

Deus amou o mundo de tal maneira...

Diante da perfeição, as demais coisas são dizimadas, verdadeiros homens em Cristo, tem o pleno discernimento da verdade, o amor. Um dia veremos Cristo tal como ele é.

Amados, agora somos filhos de Deus, e não está ainda manifesto o que havemos de ser. Sabemos que, se ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque o veremos como ele é. “ 1 João 3:2

O amor vai ser revelado no espelho, na sua mais pura forma, um dia finalmente veremos a face do Salvador, a consumação dos tempos, a recompensa pela perseverança.

Pois agora vemos como por um espelho em enigma, mas então face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei plenamente, assim como fui plenamente conhecido. “ 1 Cor. 13:12

Sobretudo o amor...


Admin
Admin

Mensagens : 3188
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum