AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Acusação e defesa: o sepultamento do velho homem e o advogado da glória

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Acusação e defesa: o sepultamento do velho homem e o advogado da glória

Mensagem por Admin em Qua Fev 13, 2013 10:31 am



"Agora, pois, nada de condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Pois a lei do Espírito da vida te livrou em Cristo Jesus da lei do pecado e da morte. " Romanos 8:1-2

Sempre houve uma acusação, havia uma serpente como testemunha, a acusação sempre teve argumentos, a condenação era dada como certa. O império da morte esteve próximo da vitória, o diabo acusava os filhos de Deus de pecadores, não havia ninguém que pudesse interceder, todos pecaram, todos necessitavam da glória, de uma justificação. Surge então um advogado, enviado para batalhar em favor das acusações, das causas perdidas, ele faria a defesa dos filhos de Deus, um processo delicado, cujo cálice outro não poderia tomar.

Deus ofereceu ao mundo um intercessor, uma redenção, uma justificativa:

"Ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus; Para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e justificador daquele que tem fé em Jesus. " Romanos 3:25-26

O sangue seria uma prova, a fé a consumação, a paciência de Deus um alento, aquele que confiasse no Filho de Deus, teria uma defesa justa, teria a seu favor a justiça do alto, a justiça da fé, Deus explicou ao mundo que não é necessário tantas indagações, como quem deveria ir ao céu buscar a Cristo, quem deveria ir ao abismo ressuscitar a Cristo (Romanos 10:6 a 7), bastaria apenas acreditar na palavra da fé:

"A palavra está perto de ti, na tua boca e no teu coração; isto é, a palavra da fé, que pregamos. Se confessares com a tua boca a Jesus como Senhor, e creres no teu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo; porque com o coração se crê para a justiça, e com a boca se confessa para a salvação. Pois a Escritura diz: Todo o que nele crê, não será envergonhado. " Romanos 10:8-11

Devemos crer nesse advogado, o intercessor enviado, entregue para remoção de toda dívida, tudo o que era contra nós, ficou pregado na cruz. Somos batizados na morte de Jesus, fomos sepultados com ele, na cruz o velho homem foi crucificado, para que o corpo do pecado fosse desfeito, toda a acusação fosse retirada, em Cristo ressurgimos dos mortos, para andarmos conforme suas pisadas.

"Fomos, pois, sepultados com ele na morte pelo batismo, para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim também nós andemos em novidade de vida. Se temos sido unidos a ele na semelhança da sua morte, com certeza o seremos também na da sua ressurreição; reconhecendo isto, que o nosso homem velho foi crucificado com ele, para que seja destruído o corpo do pecado, a fim de não servirmos mais ao pecado;
porque aquele que está morto, justificado está do pecado. Mas se já morremos com Cristo, cremos que também viveremos com ele; sabendo que, havendo Cristo sido ressuscitado dentre os mortos, já não morre mais; a morte não domina mais sobre ele. " Romanos 6:4-9


O batismo foi o sepultamento do velho homem, a ressurreição uma nova criação de Deus.

"...passou o que era velho, eis que se fez novo. " 2 Coríntios 5:17

Em Cristo não existe acusação, para todo aquele que crê, somos uma nova criação da fé, outrora mortos, costumávamos viver segundo o curso do mundo, em Cristo fomos libertos desse curso, andamos agora em outro Caminho. O espírito que operava para desobediência, não tem mais efeito em nosso espírito, somos guiados por um Espírito Santo, selados em amor, indicando que somos realmente filhos de Deus, vivendo segundo a mente de Cristo. Jesus o advogado, intercessor, veio ensinar a nova criação, a não viver segundo a carne, fazendo suas vontades, assemelhando-se aos filhos da ira, sujeitos ao mesmo destino que todos eles.

Como a misericórdia do alto é riquíssima, o amor prevaleceu, em Cristo temos vida, se éramos mortos, pela graça somos salvos. O Espírito Santo revela que Deus nos ressuscitou com Cristo, de caídos passamos a assentar nos lugares celestiais (Efésios 2), os desígnios do Senhor foram cumpridos, através dos séculos, a riqueza da sua graça foi conhecida, toda a sua bondade reconhecida através do seu primogênito.

Jesus sempre intercederá por nós, todavia, não devemos viver na constância do pecado.

"Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo. " 1 João 2:1

João chama aos membros da igreja de Filhos, filhos de Deus, ele deseja que todos se abstenham de pecar, se pecarem não será o homem que julgará, Jesus fará a defesa, Deus julgará todo o restante.

Compreendamos uma coisa:


"Aquele que transgride a Lei de Moisés, sendo-lhe provado com duas ou três testemunhas, morre sem misericórdia;de quanto mais severo castigo, pensais vós, será julgado digno aquele que calca aos pés o Filho de Deus e tem em conta de profano o sangue da aliança, com que foi santificado, e ultraja ao Espírito da graça? " Hebreus 10:28-29


O sangue da redenção não pode ser profanado, por isso a blasfêmia é um pecado, que jamais alcançará misericórdia, porque o advogado do alto, não vai defender quem o quis esmagar, pisar com os pés, simbolizando o desprezo que alguns tem pela graça perfeita, pelo Espírito que é Santo.

O advogado veio para esmagar Satanás, colocá-lo debaixo de nosso pés, não ao contrário.

Deus esteja com todos.

Admin
Admin

Mensagens : 3164
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum