AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






As fraquezas nossas de cada dia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

As fraquezas nossas de cada dia

Mensagem por Eldier Khristos em Sex Fev 15, 2013 6:36 pm





“ Visto que temos um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão. Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno. “ Hebreus 4:14 a 16

Por ser Jesus quem é, somos felizes, cuidadosos na honra, cremos de todas as maneiras, que existe um homem que venceu o mundo, fazendo daqueles que nele acreditam, igualmente vencedores. Jesus acompanha diariamente nossa vida, ele sabe aquilo que sofremos, ele sabe as coisas que passamos, a diligência com que procuramos evitar as fraquezas, os pecados, tendo confiança que ele pode interceder por nós.

Não somos incrédulos, mesmo assim em nossa carne habita o pecado, a quem definiu o apóstolo Paulo segundo a sabedoria lhe dada:

“Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem. Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço. Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim.Acho então esta lei em mim, que, quando quero fazer o bem, o mal está comigo. Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus; Mas vejo nos meus membros outra lei, que batalha contra a lei do meu entendimento, e me prende debaixo da lei do pecado que está nos meus membros.Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte? Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. Assim que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus, mas com a carne à lei do pecado.” Romanos 7:18 a 25

Jesus foi o único capaz, sem pecado, de nos aproximar da bondade do Pai. Então não cabe a nós permanecermos no pecado para a graça abundar (Romanos 6:1), justificados do pecado cabe a nós nos aproximarmos do trono da graça, para que possamos alcançar sempre a misericórdia, a ajuda em tempo oportuno. O velho homem foi crucificado com Cristo, para desfazerf o corpo do pecado, igualmente fomos sepultados na morte de Cristo, ressuscitados pela fé no poder de Deus, que o ressuscitou dentre os mortos (Colossenses 2:12).

Cristo foi separado dos pecadores, santidade, inocência, moral nunca pertenceram ao velho homem, foi além dos céus que veio a salvação, não que alguém tenha ido buscar a Cristo, que depois da sua morte alguém a não ser Deus, tivesse alguma capacidade de ressuscitá-lo. Se no tempo de Moisés os sacerdotes ofereciam sacrifícios diários, por si depois pelo povo, a Escritura admite de forma gloriosa, que Cristo executou todas essas coisas, de uma uma só vez, quando ofereceu a si mesmo (Hebreus 7:26 a 28). Jesus não tinha a fraqueza dos homens, participando da carne ele provou a todos, que pela obediência, submissão, o homem poderia ter sobressaído ao pecado. A lei nomeava homens comuns ao sacerdócio, Deus aperfeiçoou o Filho através do sofrimento a que foi acometido, tornando o seu Nome sobre todo o Nome (Filipenses 2:9).

“Pois todo o sumo sacerdote, sendo escolhido dentre os homens, é constituído a favor dos homens nas coisas pertencentes a Deus, para que ofereça tanto dons como sacrifícios pelos pecados, o qual possa condoer-se dos ignorantes e dos que erram, pois que ele também está cercado de enfermidades, e por esta razão deve, tanto pelo povo como também por si mesmo, oferecer sacrifício pelos pecados. Ninguém arroga para si esta honra, senão quando é chamado por Deus, como também foi Aarão. Assim também Cristo não se exaltou a si mesmo para ser feito sumo sacerdote, mas aquele que lhe disse: Tu és meu Filho, Hoje eu te gerei; como também em outro lugar diz: Tu és sacerdote para sempre segundo a ordem deMelquisedeque. Ele nos dias da sua carne, tendo oferecido preces e súplicas com forte clamor e lágrimas ao que podia salvá-lo da morte, e tendo sido ouvido pela sua reverência, embora fosse Filho, aprendeu a obediência pelas coisas que sofreu e, tendo sido aperfeiçoado, tornou-se autor da salvação eterna para todos os que lhe obedecem, chamado por Deus sumo sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque. Acerca deste, muito temos que dizer e difícil de explicar, visto que vos tendes tornado tardios em ouvir. Pois devendo já ser mestres em razão do tempo, tendes ainda mister de que alguém vos ensine os rudimentos dos princípios elementares dos oráculos de Deus, e vos tendes tornado tais que tendes precisão de leite e não de mantimento sólido. Todo o que usa de leite é inexperiente na palavra da justiça, pois é criança; mas o mantimento sólido é para os adultos, para aqueles que têm pela prática as suas faculdades exercitadas para discernirem tanto o bem como o mal. “ Hebreus 5:1 a 13

Homens estiveram cercados das enfermidades da carne, sumo sacerdotes estiveram enfraquecidos pela mesma carne, quem poderia aperfeiçoar um povo estando sujeito a tais fraquezas? Cristo é a perfeição profetizada pelo profeta Isaías:

"Verdadeiramente foi ele quem tomou sobre si as nossas enfermidades, e carregou com as nossas dores; e nós o reputávamos como aflito, ferido de Deus e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, esmagado por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos devia trazer a paz, caiu sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos nós sarados. " Isaías 53:4-5

Deus não escolheu dentre os homens, a semelhança de Adão, Jesus foi fecundado pelo Espírito Santo, feito a semelhança do Pai, embora participante da carne e do sangue (Hebreus 1:3, Hebreus 2:14). Se os primeiros sumo sacerdotes, tinham como missão oferecer sacrifícios pelos que erravam, compadecer-se da ignorância e do erro, inclusive de si mesmos, à Escritura revela que diante de Deus faziam tais coisas, Deus agraciava alguns para tal ministério, concluímos ser uma honra ser chamado por Deus, para fazer expiação do pecado de si mesmo, como também de todo o povo, todavia, até mesmo no sacerdócio chegou a corrupção. Cristo não fez de si mesmo uma alternativa, ele se tornou a única alternativa, foi guardado pelo Pai para que no tempo oportuno, o mistério oculto fosse revelado ao mundo, Nele seria congregadas todas as coisas, tanto nos céus quanto na terra (Efésios 1:10).

Deus gerou o Filho, o sacerdócio se tornou eterno, quando ele ressuscitou dentre os mortos. Jesus em carne jamais descuidou da obediência, em todo o tempo clamou com lágrimas, para aquele que poderia ressurgi-lo dos mortos. Jesus não abusou de ser Filho de Deus, o poder esteve diante dele todo o tempo, usou dele para fazer o bem, nunca para beneficiar-se a si mesmo, aprendeu pela obediência, mesmo sendo Filho foi reverente, a cada dia que passou do seu ministério, o Pai o ensinava, o aperfeiçoava, como deveria ser o seu comportamento diante do mundo. Para ser autor de alguma coisa, deve-se primeiramente ter sabedoria para concluir a obra que se destina a criar, qualquer invenção que tenha seu propósito cumprido, que funcione beneficiando a muitos, enche de glória o seu autor, Jesus provou a morte para se tornar autor da salvação.

Para que essa salvação seja entendida pelo nosso íntimo, pelo coração, devemos ter como exemplo a mesma submissão que Jesus teve diante do Pai. Não é por ser Filho, é por ser obediente, não é por sermos filhos que tudo será feito de acordo a nossa vontade, Jesus deixou toda a sua vontade nas mãos do Pai, a vitória se tornou muito mais gloriosa, a vitória se firmou para a eternidade.

Jesus veio de uma outra ordem de sacerdotes, muito haveria de ser escrito, para explicar tantas coisas belíssimas, diante do tempo que passa em nossa vida, deveríamos fazer um autoexame a fim de verificar, se realmente compreendemos as primeiras questões da obra de Deus, para que depois o Espírito continue suas explicações. A palavra bem entendida, é justiça para alma, a palavra da justiça, nos faz adultos no entendimento, ninguém que está em Jesus pode voltar a comer “papinha”, Jesus abrange uma infinidade de compreensões, nele estão escondidos os tesouros da sabedoria e da ciência (Colossenses 3:2).

Cristo é a maior obra de Deus, obra redentora sem igual, uma das mais geniais construções arquitetadas, um fabuloso mistério a ser desvendado pelos nossos corações. Explica a Escritura que obra tal, nunca poderia ser executada por mãos humanas, convém apenas refletirmos sobre o que ficou registrado sobre Cristo:


“Mas Cristo, tendo vindo como sumo sacerdote dos bens já realizados, por meio do maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos de homens, isto é, não desta criação, nem pelo sangue de bodes e bezerros, mas pelo seu próprio sangue entrou uma vez para sempre no Santo lugar, havendo obtido uma redenção eterna. Pois se o sangue de bodes e de touros e as cinzas de uma novilha aspergida sobre os contaminados, santifica-os para a purificação da carne, quanto mais o sangue de Cristo que pelo Espírito eterno se ofereceu sem defeito a Deus, purificará a nossa consciência de obras mortas para servirmos ao Deus vivo? Por isso ele é mediador de uma nova aliança, para que, tendo intervindo a morte para a redenção das transgressões que havia debaixo da primeira aliança, os que têm sido chamados, recebam a promessa da eterna herança. Pois onde há um testamento, é necessário que intervenha a morte do testador; pois um testamento não tem força senão pela morte, visto que nunca tem valor enquanto o testador vive. Por isso nem a primeira aliança foi celebrada sem sangue. Pois quando Moisés havia falado a todo o povo todos os mandamentos segundo a Lei, tomou o sangue dos bezerros e dos bodes, com água e lã tinta de escarlata e hissopo, e aspergiu não só o próprio livro como também a todo o povo, dizendo: Este é o sangue da aliança que Deus ordenou para vós. Também da mesma maneira aspergiu o tabernáculo e todos os vasos do serviço sagrado.Segundo a Lei quase todas as coisas são purificadas com sangue, e sem derramamento de sangue não há remissão. Era necessário, portanto, que as figuras das coisas celestiais fossem purificadas com tais sacrifícios, mas as mesmas coisas celestiais com sacrifícios melhores que estes. “ Hebreus 9:11 a 23


Se as figuras foram contempladas com sacrífícios, as definitivas, as celestiais, foram com sacrifícios mais eficazes, que não se podem remover. Jesus é o grande mediador de Deus, seu sangue aspergido sobre o mundo, fala com toda a superioridade, purificando inclusive aqueles cujo sangue foram derramado pelas causas de Deus, que encontraram testemunho pela fé.

“Pois Cristo não entrou num santo lugar feito por mãos de homens, figura do verdadeiro, mas no mesmo céu para agora aparecer diante de Deus por nós; nem a fim de se oferecer muitas vezes a si mesmo, como o sumo sacerdote entra no Santo lugar de ano em ano com sangue alheio, de outra forma lhe seria necessário ter sofrido muitas vezes desde o fundamento do mundo; mas agora tem sido manifestado uma vez para sempre na consumação dos séculos para abolição do pecado pelo sacrifício de si mesmo. Porquanto é ordenado aos homens que morram uma só vez (e depois disto vem o juízo),assim também Cristo, tendo sido imolado uma vez para sempre a fim de levar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez sem pecado aos que o aguardam para a salvação. “ Hebreus 9:24 a 28

Ninguém pode recusar o Verbo de Deus, dar as costas aquele cujo trono está no céu.

“ Mais uma vez eu farei tremer não só a terra, mas também o céu. Ora esta palavra: Mais uma vez, significa a remoção das coisas movidas como coisas criadas, para que permaneçam as que não são movidas. Por isso tendo recebido um reino que não se pode mover, tenhamos graça, pela qual prestemos serviços mui agradáveis a Deus com reverência e temor; pois o nosso Deus é um fogo consumidor. “ Hebreus 12:26 a 29

Eldier Khristos
Membro

Mensagens : 660
Data de inscrição : 10/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum