AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Receba o sopro do Espírito Santo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Receba o sopro do Espírito Santo

Mensagem por Admin em Ter Mar 12, 2013 7:00 pm




“Jesus de novo disse-lhes: Paz seja convosco; como o Pai me enviou a mim, assim eu vos envio a vós. Dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo. Àqueles a quem perdoardes os pecados, lhes serão perdoados; e àqueles a quem os retiverdes, lhes serão retidos. “ João 20:21 a 23

Deus soprou sobre o homem o fôlego de vida (Gênesis 2:7).

Para enviar homens dignos de desatar os laços do maligno, havia necessidade que esses homens fossem preenchidos com algo santo.

“Ora o servo do Senhor não deve brigar, mas deve ser condescendente para com todos, capaz de ensinar, sofrido, que corrija com mansidão aos que se opõem, na esperança de que Deus lhes conceda o arrependimento para conhecerem a verdade, e que despertem e se livrem do laço do Diabo (tendo sido feitos cativos por ele), para cumprirem a vontade de Deus. “ 2 Timóteo 2:24 e 26

No sopro do Senhor havia ensino, o ato de sofrer, mansidão, esperança, fé, despertamento, cumprimento, o Espírito Santo, a perfeita vontade do Senhor. Jesus chegou com a paz, com o modelo de perfeição, como fez ele, assim fariam aqueles que foram “soprados” com o Espírito.

O frescor do precioso sopro, transformou o interior daqueles homens, eles seriam testemunhas eficazes de um poder esplêndido, capaz de desatar laços. O movimento dos lábios do Filho de Deus, alterou a história da humanidade, a palavra da verdade foi arrebatadora:

Recebei o Espírito Santo.

Antes desse acontecimento, os homens se surpreenderam, quando o Filho de Deus começou a perdoar pecados:

“Começaram os escribas e os fariseus a discorrer, dizendo: Quem é este que profere blasfêmias? Quem pode perdoar pecados senão só Deus? Mas Jesus, percebendo-lhes os pensamentos, disse-lhes: Que discorreis nos vossos corações? Qual é mais fácil, dizer: Perdoados são os teus pecados; ou dizer: Levanta-te e anda? Para que saibais que o Filho do homem tem sobre a terra autoridade para perdoar pecados disse ao paralítico: A ti te digo: Levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa. Imediatamente se levantou diante deles, tomou o leito em que jazia e partiu para sua casa, glorificando a Deus. Todos ficaram atônitos, glorificaram a Deus e encheram-se de temor, dizendo: Hoje vimos coisas extraordinárias.” Lucas 5:21 a 26

Em outra ocasião Jesus novamente assombrou o mundo ao perdoar uma mulher pecadora:

“Virando-se para a mulher, disse a Simão: Vês esta mulher? Entrei em tua casa, e não me deste água para os pés; mas esta mos regou com lágrimas e os enxugou com os seus cabelos. Não me deste ósculo; ela, porém, desde que entrei, não cessou de beijar-me os pés. Não ungiste a minha cabeça com óleo, mas esta com perfume ungiu os meus pés. Por isso te digo: Perdoados lhe são os seus pecados, que são muitos, porque ela muito amou; mas aquele a quem pouco se perdoa, pouco ama. Disse à mulher: Perdoados são os teus pecados. Os que estavam com ele à mesa, começaram a dizer consigo mesmos: Quem é este que até perdoa pecados? Mas Jesus disse à mulher: A tua fé te salvou; vai-te em paz. “ Lucas 7:44 a 50

Extraordinário!

Perdoar e curar. Extraordinário!

Simples como um sopro, o poder de Deus é extraordinário.

Jesus era Deus reconciliando o mundo:

“Mas dele sois vós em Cristo Jesus, o qual se nos tornou da parte de Deus sabedoria, e justiça e santificação, e redenção...” 1 Coríntios 1:30


Para os homens perdoar pecados era algo novo, nunca visto na história, a indagação quem pode perdoar pecados indica surpresa, diferente da condenação a que estavam acostumados. Uma coisa é certa, sem fé é impossível agradar a Deus, sem fé não existe o perdão.

“Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam. “ Hebreus 11:6


A mulher pecadora creu, ela recebeu o sopro do Filho de Deus, ela amou o Filho de Deus, sua fé alcançou recompensa. Receber o Espírito, é receber Deus, é receber a capacidade de Deus, na verdade, naquele momento eles estavam recebendo também o direito, de tanto perdoar o pecado, quanto manter o pecado, explica-se: o ministério da reconciliação foi dado a eles.

"Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. " 2 Coríntios 5:19-21

A espada do Espírito estava junto deles, ela julgaria todas as atitudes da igreja, e a espada não é outra coisa senão a palavra de Deus.

"...e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus..." Efésios 6:17

Imitadores de Cristo!

A autoridade dos apóstolos somente seria respeitada, se o Espírito testificasse em favor deles. Com a autoridade do Espírito, eles teriam domínio sobre o maligno, este evento não foi uma prévia de Pentecostes, mas a instituição de um fundamento, a unção de um ministério, o diploma atestando a vocação daqueles homens. Eles foram preenchidos com a santidade, com a capacidade vinda do alto, vinda de Deus.

Já em Jerusalém o Espírito Santo foi universalmente derramado:

“Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.” Atos 1:8


O amor de Deus foi derramado sobre o mundo (Romanos 5:5), todos no mesmo lugar sentiram a virtude do Espírito. Ali não foi apenas um sopro, foi um vento impetuoso, foram línguas de fogo...

“Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão de vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. Pois para vós é a promessa e para vossos filhos, e para todos os que estão longe, a quantos chamar o Senhor nosso Deus. Com muitas outras palavras dava testemunho, e exortava-os, dizendo: Salvai-vos desta geração perversa. Os que receberam a sua palavra foram batizados, e foram admitidas naquele dia quase três mil pessoas; e perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. Em cada alma havia temor, e muitos prodígios e milagres eram feitos pelos apóstolos. Todos os que criam, estavam unidos e tinham tudo em comum, e vendiam as suas propriedades e bens e os repartiam por todos, conforme a necessidade de cada um. Diariamente perseverando unânimes no templo, e partindo pão em casa, comiam com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. Todos os dias acrescentava-lhes o Senhor os que se iam salvando. “ Atos 2:28 a 47

Admin
Admin

Mensagens : 3225
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum