AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






O dom de profeta 2000 anos depois

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O dom de profeta 2000 anos depois

Mensagem por Eldier Khristos em Seg Abr 01, 2013 8:45 pm



Profeta tal qual vemos hoje não é profeta, o dom existe, extinto porém está homens justos para tão importante dom. Generalizar?? A Escritura faz denúncia sobre falsos profetas ( Marcos 13.22, Mateus 24.24, 2 Pedro 2.1, Mateus 7.15, Lucas 6.26, Mateus 24.11, 1 João 4.1). O Espírito que está entre nós é capaz de nos declarar, se o discurso é ou não verdadeiro, se alguém pergunta “você crê Que Deus está falando?”, cabe você a processar a informação, se ela veio do alto ou foi puramente carnal, é impossível não se ater aos detalhes, o pretendente a profeta, gosta de informar que você é tapete de Satanás, que você chorou durante todo o dia, que Deus ouviu sua oração, que agora “Deus vai falar com tua alma”, tudo isso é seguido de alguns sons indecifráveis, que afirmam ser o dom de línguas, que o Espírito ajude a cada um provar qual é a verdade.

Os profetas atuais gostam de falar de visões, “entrem na visão” dizem eles, não se cansam de falar dos anjos, principalmente de Gabriel e do arcanjo Miguel, esse dias vi alguém falando de outro arcanjo, Rafael. Também dizem ser vocacionados a expulsar espíritos imundos, gostam de “bolas de fogo”, expressões exageradas, visagens, mudam inclusive o tom da voz, gritam com as ovelhas, que distraídas pelos seus problemas, pensam mesmo que o suposto profeta, está declarando tudo o que está ocorrendo em sua vida.

É necessário comunhão com o Espírito, para compreender o dom de profeta, que realmente na história Bíblica foi responsável por anunciar a vinda do Senhor Jesus Cristo ao mundo. Inclusive como demonstração do poder do reino celestial, o Senhor Jesus declarou que João Batista foi o maior dos profetas, isso em carne, já no céu ele não seria grande coisa, logicamente isso não foi desmerecer a missão do profeta, Jesus apenas revelou que a glória da terra dura um só momento, enquanto que no céu o justo que guardar a fé terá maior glória.

" E eu vos digo que, entre os nascidos de mulheres, não há maior profeta do que João o Batista; mas o menor no reino de Deus é maior do que ele. " Lucas 7:28

João diminuiu, a graça cresceu.

O que vem de cima, é sobre todos; o que é da terra, é da terra e fala da terra. O que vem do céu, é sobre todos...” João 3:31

O que mais vemos hoje, são profetas crescendo, eles nunca diminuem, é incrível como pregam a si mesmos, “eu fiz”, “eu faço”, “eu continuo fazendo”, Deus embora pareça estar sendo exaltado, sempre está em segundo plano, como se a voz do suposto profeta, sobrepusesse a voz do único Deus que realmente pode predizer o futuro da igreja.

Devemos honrar os verdadeiros profetas, cujas palavras vieram do alto, embora fossem da terra:

Por isso também disse a sabedoria de Deus: Enviar-lhes-ei profetas e apóstolos, e a alguns deles matarão e a outros perseguirão, para que a esta geração se peça contas do sangue de todos os profetas, derramado desde a fundação do mundo... “ Lucas 11:49 a 50

Quais profetas hoje estão sentenciados a morte? Quais profetas estão sendo perseguidos? Exceto em alguns lugares do mundo, tudo o que vemos são supostos profetas, “matando e perseguindo” à igreja de Deus, aqueles que não estão unidos a sabedoria de Deus, Cristo, iludem o rebanho com falsas expectativas, como está escrito:” Pois virá tempo em que os homens não suportarão a sã doutrina, mas desejosos de ouvir coisas agradáveis, cercar-se-ão de mestres segundo os seus desejos, e desviarão os ouvidos da verdade e se aplicarão às fábulas. “ (2 Timóteo 4:3 e 4).

A carne deseja, o ouvido ouve, assim surgem os falsos profetas, enquanto isso o Espírito aconselha:

Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai os espíritos, se vêm eles de Deus; porque muitos falsos profetas têm aparecido no mundo. “ 1 João 4:1

Deus não quer que desprezemos as profecias (1 Tess. 5:20), requer apenas que sejamos sábios, pondo tudo a prova, retendo apenas aquilo que é bom (1 Tess. 5:20 e 21). Jesus anunciou aos seus discípulos que a lei durou até João Batista, o homem que foi diminuindo, a medida que Cristo foi crescendo, representou o término do ministério profético (Lucas 16:16), para que então a mensagem do evangelho, fosse a única coisa válida para a vida dos escolhidos. Quando da morte ressurgiu o Filho de Deus, ele então explicou os pormenores das profecias relacionadas a ele:

Estas são as palavras que eu vos disse, quando ainda estava convosco, que importava se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, nos profetas e nos salmos. Então lhes abriu o entendimento para que compreendessem as Escrituras; e disse-lhes: Assim está escrito que o Cristo padecesse e ressurgisse dentre os mortos ao terceiro dia, e que em seu nome se pregasse arrependimento para remissão de pecados a todas as nações, começando por Jerusalém. “ Lucas 24:44 a 47

A abertura do entendimento vem de Deus, nenhuma palavra dos profetas, nem de Moisés, dos Salmos, deixou de ser cumprida, todas as coisas foram completas em Cristo, isso é a constatação que o Espírito não fala em vão, como fala alguns dos supostos profetas de hoje. A palavra diz “assim está escrito”, o Espírito diz “tudo foi cumprido”, logo quem se considera profeta hoje, deve examinar o passado e ver como funciona o dom profético, buscar o melhor caminho, não abrir caminho pela carne.

" A uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro lugar doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas. São, porventura, todos apóstolos? são todos profetas? são todos doutores? são todos operadores de milagres? têm todos dons de curar? falam todos em línguas? interpretam todos? Mas desejai ardentemente os dons que são maiores. E ainda um caminho sobremodo excelente vou mostrar-vos. " 1 Coríntios 12:28 a 31

Deus pôs...

Paulo estabelece que Deus estabelece, na igreja o apostolado foi responsável pelo anúncio da graça, a proclamação do evangelho que liberta as almas, que desfaz o corpo do pecado, talvez seja por isso que apóstolos são colocados como primeiros, são homens que sujeitaram seus corpos a servidão, porque receberam o ministério da reconciliação. Já os profetas para igreja, foram os que anunciaram, porém não viram o cumprimento das suas palavras, então dá-se a impressão que o Espírito estabelece uma hierarquia, apóstolos, profetas, doutores, milagreiros, curadores, socorristas, governos, faladores de línguas, interpretes das linguagens, será que é exatamente assim? Vejamos de acordo a Escritura:

Dom de apóstolo: o ministério da reconciliação.

"Por esta causa eu, Paulo, sou o prisioneiro de Jesus Cristo por vós, os gentios; Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus, que para convosco me foi dada; Como me foi este mistério manifestado pela revelação, como antes um pouco vos escrevi; Por isso, quando ledes, podeis perceber a minha compreensão do mistério de Cristo, O qual noutros séculos não foi manifestado aos filhos dos homens, como agora tem sido revelado pelo Espírito aos seus santos apóstolos e profetas..." Efésios 3:1 a 5



"Mas todas as coisas vêm de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação, a saber, que Deus em Cristo estava reconciliando o mundo consigo, não lhes imputando as suas transgressões, e tendo confiado a nós a palavra da reconciliação. Somos, portanto, embaixadores por Cristo, como se Deus exortasse por nós; por Cristo vos rogamos que vos reconcilieis com Deus. Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós, para que nós nos tornássemos justiça de Deus nele. " 2 Coríntios 5:18 a 21

Dom de profeta: anunciadores da graça ainda não revelada.

" Desta salvação inquiriram e indagaram muito os profetas que profetizaram acerca da graça que devia vir a vós, indagando quando e que tempo era esse que o Espírito de Cristo que estava neles indicava, ao testificar anteriormente os sofrimentos que haviam de vir a Cristo, e as glórias que os seguiriam. A eles foi revelado que não para si mesmos, mas para vós, eles administravam estas coisas que agora vos foram anunciadas por aqueles que, pelo Espírito Santo enviado do céu, vos pregaram o Evangelho, para as quais coisas os anjos desejam atentar. " 1 Pedro 1:10 a 12

Alguém dirá esses dons estão presentes ainda na igreja? Sim! Paulo escreveu tanto para igreja de Corinto, quanto para igreja de Éfeso, que tais dons estariam disponíveis para a igreja, o Espírito mesmo explica:


"Por isso diz: Quando ele subiu ao alto, levou cativo o cativeiro, Deu dons aos homens. (Ora que quer dizer isto: Ele subiu, senão que também desceu aos lugares mais baixos da terra? Aquele que desceu é também o que subiu muito acima de todos os céus, para encher todas as coisas.) Ele deu uns como apóstolos, outros como profetas, outros como evangelistas, outros como pastores e mestres, tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos para o trabalho do ministério, para a edificação do corpo de Cristo..." Efésios 4:8 a 12

O homem não pode edificar a si mesmo, nem achar que por suposto dom, tem o direito de ser leviano com as coisas divinas, basta atentar para a instrução de Paulo, o único motivo pelo qual existem os dons, é para própria edificação do corpo de Cristo, por isso existem tantas igrejas regredindo espiritualmente, sem o aperfeiçoamento, permanecem nos rudimentos, aguentando verdadeiros teatros por parte de pessoas desprovidas de maturidade.

Diz a palavra que nós somos...” Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina...” (Efésios 2:20). Nesse fundamento a igreja cresce, as paredes são fortes suficientes, para suportarem qualquer vento de doutrina, que visa manifestar a vontade da carne e não de Deus.

Novamente explica o Espírito o efeito da edificação:

...até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, à medida da estatura da plenitude de Cristo, para que não mais sejamos meninos, jogados de um para outro lado e levados ao redor por todos os ventos de doutrina, pela fraudulência dos homens, pela astúcia tendente à maquinação do erro; mas praticando a verdade em amor, cresçamos em todas as coisas até chegarmos a ele, que é a cabeça, Cristo, de quem todo o corpo conjuntado e coligado pelo que toda a junta supre, segundo a operação na medida de cada membro, efetua o aumento do corpo para edificação de si mesmo em amor. “ Efésios 4:13 a 16

Corpo edificado, corpo sábio, corpo completo de glória, não é necessário outros complementos, a palavra concede a perfeita definição do que é a fraude profética, e a verdadeira mensagem que provém do Espírito. A palavra é mantimento sólido:

Pois devendo já ser mestres em razão do tempo, tendes ainda mister de que alguém vos ensine os rudimentos dos princípios elementares dos oráculos de Deus, e vos tendes tornado tais que tendes precisão de leite e não de mantimento sólido. Todo o que usa de leite é inexperiente na palavra da justiça, pois é criança; mas o mantimento sólido é para os adultos, para aqueles que têm pela prática as suas faculdades exercitadas para discernirem tanto o bem como o mal. “ Hebreus 5:12 a 14

Suposto profeta falou da carne, sejamos adultos no discernimento, o Espírito não deseja que todos os dias, sejamos levados pelos ventos da enganação, ele deseja que saibamos qual é a perfeita vontade de Deus. Em razão do tempo alguns são mestres, outros calouros, o Espírito é algo elementar, Cristo é o princípio de todas as coisas, solução, resposta, a verdadeira vontade de Deus.

Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. “ Romanos 12:1 a 2

A palavra é viva e eficaz, a carne morta em si mesma, como Paulo reconheceria:

Guardai-vos dos cães, guardai-vos dos maus obreiros, guardai-vos da circuncisão; Porque a circuncisão somos nós, que servimos a Deus em espírito, e nos gloriamos em Jesus Cristo, e não confiamos na carne. “ Filipenses 3:1 a 2

Servir a Deus em Espírito, é aceitar as coisas do Espírito, não do homem, é examinar o dom, se verdadeiro ou não, profeta é um dom perfeito, tanto que o Espírito falou através de Pedro:

E temos, mui firme, a palavra dos profetas, à qual bem fazeis em estar atentos, como a uma luz que alumia em lugar escuro, até que o dia amanheça, e a estrela da alva apareça em vossos corações. Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo. “ 2 Pedro 1:19 a 21

Se alguém recebeu o dom de profeta, que cumpra as determinações do Espírito:

Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus. Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá; para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e poder para todo o sempre. Amém. “ 1 Pedro 4:10 a 11

Bons despenseiros, igreja sadia, homens fiéis, igreja fiel, igreja ajustada, o nome de Deus é exaltado. Na lei a audácia do profeta tinha prévia condenação:

Porém o profeta que tiver a presunção de falar alguma palavra em meu nome, que eu não lhe tenha mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá. E, se disseres no teu coração: Como conhecerei a palavra que o SENHOR não falou? Quando o profeta falar em nome do SENHOR, e essa palavra não se cumprir, nem suceder assim; esta é palavra que o SENHOR não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenhas temor dele. “ Deuteronômio 18:20 a 22

Esse é o maravilhoso Deus nos ensinando através da verdade, pelo caminho direito, a reconhecer os verdadeiros ministros dentro da igreja.Alguém dirá: Será que um homem pode inocentemente achar que é profeta? Sim! O Espírito alerta para que sejamos mais adultos que a criança que profetiza. No entanto se um adulto está profetizando, toda à igreja recordará das fiéis palavras da Escritura, conforme Pedro escreveu:

Esta é já, amados, a segunda carta que vos escrevo; em ambas as quais desperto com recordações o vosso ânimo sincero, para que vos lembreis das palavras que dantes foram ditas pelos santos profetas, e do mandamento que o Senhor e Salvador vos deu pelos vossos apóstolos...” 2 Pedro 3:1 a 2

Edificado nesse fundamento, realmente o dom será perfeito, o caminho excelente será aberto, para que pela profecia possamos compreender a santa vontade de Deus.

Eldier Khristos
Membro

Mensagens : 657
Data de inscrição : 10/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum