AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






A fé que Paulo recomenda não é a fé que Tiago condena, e as obras que Tiago recomenda não são as obras que Paulo condena

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A fé que Paulo recomenda não é a fé que Tiago condena, e as obras que Tiago recomenda não são as obras que Paulo condena

Mensagem por Eldier Khristos em Ter Abr 23, 2013 7:21 pm



TEOLOGIA PAULINA
Por
Dr. Augustus Nicodemus Lopes, PhD

Fragmento “Teologia Paulina”

O caso mais conhecido é o ensino de Paulo sobre a justificação pela fé somente, que parece ir contrário à Tiago 2 onde se diz que a salvação é também por obras, e não somente por fé. Terceiro, há certas doutrinas presentes nos demais autores do NT que estão ausentes em Paulo: a doutrina do Reino de Deus ou dos céus, que aparece nos Evangelhos, o conceito de sacerdócio de Cristo e da aliança em Hebreus, entre outros. Evidentemente, os pressupostos de quem estuda Paulo irão influenciar a solução adotada. Os que negam a harmonia das Escrituras, sua coerência interna e sua infalibilidade, não hesitarão em afirmar que Paulo contradiz os demais autores. Mas, para os que estão comprometidos com a doutrina da veracidade das Escrituras, este tipo de solução é inadequada. As diferenças podem satisfatoriamente ser explicadas, dentro dos pressupostos reformados, levando-se em conta o seguinte:

1. As doutrinas que ocorrem somente em Paulo são resultado da contribuição do apóstolo para o cânon do NT. Como intérprete autorizado por Deus para explicar as Escrituras do AT e os eventos relacionados com a pessoa e a obra de Cristo, Paulo recebeu e transmitiu determinados aspectos do Evangelho, determinadas interpretações do AT e certas implicações das Boas Novas, que não haviam sido percebidos por outros autores bíblicos. É esta a sua contribuição como indivíduo para o todo da mensagem do NT. Considerando que a revelação é progressiva, segue-se que Paulo foi um instrumento para levar avante e expandir esta revelação, sem contradizer ou contrariar os estágios anteriores.

Não há contradição real entre Paulo e Tiago. É o que a Igreja vem afirmando desde a época dos Pais Apostólicos. A fé que Paulo recomenda não é a fé que Tiago condena, e as obras que Tiago recomenda não são as obras que Paulo condena. Basta que se leia Paulo e Tiago em contexto para perceber-se que existe, na verdade, apenas diferentes ênfases. Uma leitura dos comentários de estudiosos conservadores sobre o assunto comprovará isto.

Eldier Khristos
Membro

Mensagens : 659
Data de inscrição : 10/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum