AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Ser ou conter: o recipiente original e o recipiente secundário

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ser ou conter: o recipiente original e o recipiente secundário

Mensagem por Admin em Qua Maio 22, 2013 6:43 pm





A laranja tem a essência e soberania sobre seu suco, ele único, nenhuma outra fruta poderá produzir suco de laranja, como também a laranja não produzirá outra coisa senão aquilo para que ela foi criada, ser um recipiente da criação de Deus para conter o suco de laranja, o Senhor criou recipiente original.

O suco da laranja tanto pode chegar a boca do homem no recipiente original, quanto pode chegar num recipiente secundário produzido pela fabricação humana. Qual será o meio mais sadio? O natural, ou artificial?

Não importa o que digam os homens, a laranjeira é a dona dos direitos autorais, ela produz a laranja que contém o suco, o recipiente original, mas até mesmo ela foi produzida por alguém, esse é o Senhor nosso Deus, o criador da laranjeira que permitiu que ela produzisse o fruto que contém o suco.

A palavra de Deus se fez carne, Jesus se tornou o recipiente original da palavra de Deus, a essência de Deus que reconciliou o mundo com seu Criador. O apóstolo Paulo revela que Deus concedeu ao homem a palavra da reconciliação, aliás colocou neles (o recipiente secundário) a palavra...”Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus. “ 2 Coríntios 5:19,20

Os homens se tornaram oráculos do Senhor, eles foram movidos, inspirados, para escrever a palavra do Senhor, contudo nunca foram ou serão o recipiente original, este (que é Jesus que fez dos apóstolos testemunhas) subiu aos céus onde permanece soberano para sempre.

A Bíblia contém a palavra de Deus, não que ele mesmo a escreveu, mas como Paulo explicou à igreja de Tessalônica:

“Por isso também damos, sem cessar, graças a Deus, pois, havendo recebido de nós a palavra da pregação de Deus, a recebestes, não como palavra de homens, mas (segundo é, na verdade), como palavra de Deus, a qual também opera em vós, os que crestes.” 1 Tessalonicenses 2:1

Eram homens que falavam sob o comando de Deus, ainda falam sob o comando de Deus, são os recipientes secundários, cujo o Altíssimo sempre utilizou para proclamar a sua palavra. Concluímos que o Senhor não escreveu a Bíblia, ele colocou sua palavra na boca de homens sinceros, eles não eram a própria palavra, o recipiente original, e sim, contiveram e contém a palavra, o recipiente secundário capaz de transmitir o que ordena o Senhor, sabendo que a criação não resiste ao tempo, diferente da palavra que é permanente.

“Mas a palavra do Senhor permanece para sempre.” 1 Pedro 1:25

A Bíblia contém a palavra de Deus, porque os santos homens, foram convocados para redigir ao mundo a sua palavra, como um dia alegremente expressou Davi...”O Espírito do SENHOR falou por mim, e a sua palavra está na minha boca “ (2 Samuel 23:2).

Como também explicou o apóstolo Pedro:

“Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.” 2 Pedro 1:21

Entre ser e conter é necessário primeiro compreender, a Bíblia atesta que ao homem nunca foi permitido falar aquilo que não era da vontade de Deus, os verdadeiros homens ungidos para falarem em nome Deus, combatiam todas as manifestações da mentira. O Senhor colocou na boca de Moisés a promessa de um super profeta, o remidor de Israel e recipiente secundário, profetizou sobre aquele que seria o remidor universal, o recipiente original e verdadeiro que sempre esteve com Deus, que na verdade sempre foi (além de Filho) a palavra de Deus:

“O SENHOR teu Deus te levantará um profeta do meio de ti, de teus irmãos, como eu; a ele ouvireis; Conforme a tudo o que pediste ao SENHOR teu Deus em Horebe, no dia da assembléia, dizendo: Não ouvirei mais a voz do SENHOR teu Deus, nem mais verei este grande fogo, para que não morra. Então o SENHOR me disse: Falaram bem naquilo que disseram. Eis lhes suscitarei um profeta do meio de seus irmãos, como tu, e porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes falará tudo o que eu lhe ordenar. E será que qualquer que não ouvir as minhas palavras, que ele falar em meu nome, eu o requererei dele. Porém o profeta que tiver a presunção de falar alguma palavra em meu nome, que eu não lhe tenha mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá. E, se disseres no teu coração: Como conhecerei a palavra que o SENHOR não falou? Quando o profeta falar em nome do SENHOR, e essa palavra não se cumprir, nem suceder assim; esta é palavra que o SENHOR não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenhas temor dele. “ Deuteronômio 18:15,22

Aquele que conhece o Senhor Jesus, conhece o único, original e verdadeiro recipiente, a palavra que se tornou carne (João 1:14), o que conhece a palavra, não é enganado pela soberba do homem. A palavra do Senhor é poderosa, ela não é proferida por línguas mentirosas, nem o injusto pode contê-la:

"Não é a minha palavra como o fogo", pergunta o Senhor, "e como um martelo que despedaça a rocha? "Portanto", declara o Senhor, "estou contra os profetas que roubam uns dos outros as minhas palavras. Sim", declara o Senhor, "estou contra os profetas que com as suas próprias línguas declaram oráculos. “ Jeremias 23:29 a 31

A palavra do Senhor é incorruptível, da boca do Senhor Jesus se ouviu a voz de Deus, que transformou o mundo para sempre:

Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva, e que permanece para sempre. 1 Pedro 1.23

A palavra do Senhor é viva, qual dos homens teria tal capacidade, de gerar uma palavra que ressuscite os mortos, qual dos homens pode tornar sua palavra eficaz, se Deus não agir movendo-o com o seu grande poder, com a palavra que criou o mundo e tudo o que nele vemos (Hebreus 11:3)? Deus falou através dos homens, nunca foi capacidade humana, como esclarece a Escritura Sagrada:

“Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho, A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo. O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas...” Hebreus 1:1,3

A palavra de Deus é o sustento do mundo, a palavra é Jesus, a perfeição de Deus se manifestou aos homens em carne, o Filho de Deus empunhava a espada do Espírito, falava em nome do Pai, cumprindo a vontade do Pai, Nele foram escondidos todos os tesouros da sabedoria, se admiravam todos aqueles que o ouviam, como também os desprezadores que não escutavam, — “Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação” Romanos 10:9,10 — não conseguiam ouvir com fé, compreender com o coração.

“Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.” Hebreus 4:12

Se o recipiente original não estivesse em Espírito com os profetas, nem houvesse se manifestado aos apóstolos em carne, de modo algum teriam eles produzidos seus escritos. O profeta Isaías descreve o efeito da palavra do Senhor:

“Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o SENHOR. Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos. Porque, assim como desce a chuva e a neve dos céus, e para lá não tornam, mas regam a terra, e a fazem produzir, e brotar, e dar semente ao semeador, e pão ao que come,. Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei. “ Isaías 55:8 a 11

Palavra que não pode ser falsificada, adulterada, distorcida, como disse o apóstolos sobre aqueles que são os recipientes secundários:

“Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus. “ 2 Coríntios 2:17

“Por isso, tendo este ministério, segundo a misericórdia que nos foi feita, não desfalecemos; Antes, rejeitamos as coisas que por vergonha se ocultam, não andando com astúcia nem falsificando a palavra de Deus; e assim nos recomendamos à consciência de todo o homem, na presença de Deus, pela manifestação da verdade. “ 2 Coríntios 4:1,2


Falar de Deus, é falar em Nome de Deus, na presença de Deus, é conter a sua palavra, que por essência é produzida pelo Espírito, recordemos o comentário sobre a laranjeira, tendo no pensamento que Deus é sobre todas essas coisas. A Bíblia contém aquilo que Deus falou por meio dos seus eleitos, isso é belo, não é por ser assim, que alguém esteja diminuindo a grandeza de Deus, ele falou antigamente, fala ainda hoje, ninguém conseguirá modificar o efeito permanente da sua palavra.

Admin
Admin

Mensagens : 3127
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum