AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Preço da salvação a partir de...graça

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Preço da salvação a partir de...graça

Mensagem por Admin em Qua Jun 05, 2013 6:49 pm





Sempre vemos propagandas anunciarem produtos a partir de algum valor, ou algum produto disponível no mercado para quem desejar comprar.

A partir de algum preço alguém pode adquirir uma peça de roupa, um celular, qualquer tipo de máquinas, uma casa ou apartamento, um carro, um jogador de futebol, enfim, tudo aquilo que se adquire tem um preço, existe o produto melhor e aquele não tão bom assim.

Nas grandes grifes, na grande parte das suas mercadorias, seja roupas, sapatos, relógios, bolsas, óculos, sempre existe um produto superior, a partir de algum valor, como vemos nos anúncios, esse é melhor por causa de algo que o outro não tem, melhor é levar esse mesmo sendo um pouco mais caro, porque transparece maior durabilidade. As grandes empresas lançam seus produtos, visando alcançar todas as classes da sociedade, mas tudo através de uma competição do maior ou menor valor, nada é de graça, ninguém faz nada de graça.

Um carro tem diferença na força do motor, nos seus opcionais, a partir de algum valor, você compra um carro completo, ou apenas um carro simples, simplesmente porque o valor é menor. O mesmo vale para uma casa, o próprio governo delimita os valores dos financiamentos, para a faixa de preço que o consumidor possa adquirir seu próprio imóvel, ninguém faz nada de graça, sempre visam algum tipo de lucro.

Construtoras anunciam seus apartamentos, com um ou dois quartos, a partir de algum valor, você adquire o seu imóvel, num lugar de valorização, ou num local mais distante, cujo imóvel será até sem elevador. Até mesmo um clube tanto vai ofertar um valor menor ou maior, dependendo o momento do atleta, tudo tem o seu valor, aqui um ser humano tem valor para um time, até que ele esteja convencendo a torcida.

Em toda nossa vida vamos encontrar alguma faixa de preço, até mesmo nos pacotes turísticos, nas mobílias da casa, no plano de saúde, a partir de algum valor, sempre a partir de algum valor.

Um produto melhor, um produto nem tão bom assim.

E quanto a salvação?

A Escritura declara que a carne deixou o homem endividado, a carne não se conforma com as vontades de Deus, nem com a singular providência divina, a carne preferiu gastar-se com a corrupção, em todas as suas formas de injustiça, sem direito a planejamento, ao ponto de Deus olhar para sua criação, e não conseguir visualizar um justo sequer (Romanos 3:10).

E como poderíamos adquirir a salvação, essa maravilhosa aquisição, não tem produto inferior nem superior, ela representa a suprema misericórdia divina, a perfeição. A salvação não se equipara as coisas materiais, que em todo tempo os homens estiveram preocupados, buscando ostentar os melhores produtos. Quantos impérios suntuosos caíram, quantos homens foram a falência, todavia, aquilo que adquiriram se transformaram em relíquias. Os grandes museus tem em sua exposição, joias de valores altos e baixos, vasos, quadros, peças de alta qualidade, cuja algumas podem ser compradas em algum leilão, por algum valor, outras nunca mais estarão a venda, fazendo parte do patrimônio da humanidade, mas nada disso tem valor algum nas regiões celestes.

E quanto a salvação?

Grandes homens intelectuais, deixaram seus legados, suas grandes invenções, descobertas, nas mais infinitas áreas, não podemos calcular o tamanho dessa riqueza, que de geração em geração a cada dia tende a evoluir nas suas mais infinitas áreas. Tudo possui um valor, tudo é a partir de algum valor, mas nunca existiu um homem, preocupado em solucionar a dívida eterna do pecado.

Qual homem teria a capacidade de inventar a salvação, de colocar esse produto no mercado, seja superior ou inferior? A salvação criada em Jesus, não necessita de atualizações, como de ano em ano vemos nas mais infinitas áreas, se algo novo não é lançando no mercado, se as grandes empresas não evoluem expondo seus novos produtos, ela entra em declínio, a carne jamais desejou se acomodar as coisas humildes (Romanos 12:16).

Com o tempo tudo necessita ser reavaliado, aquilo que descobriu um cientista, volta a ser estudado por outro, visando descobrir novas atualizações. Nas mais infinitas áreas, vemos que o homem necessita evoluir, e quanto a salvação? A salvação é algo criado antes da fundação do mundo, ela estava com Deus, até o momento em que a sua palavra tornou-se carne. Jesus Cristo viveu pouco mais de trinta anos sobre a terra endividada pelo pecado, ele deveria resgatar essa dívida, e conseguiu, o Filho de Deus cravou na cruz toda a dívida, como está escrito: “...porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus. “ (1 Coríntios 6:20)

Foram comprados aqueles que não tinham valor algum...

Em determinado dia o autor da salvação disse ao homem:

“Que aproveita a um homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua vida? Que daria um homem em troca da sua vida? “ Marcos 8:36

Para alguns uma pergunta insignificante, melhor o mundo inteiro do que a vida, para outros a incapacidade de comprar a vida, porque a vida não se compra a partir de algum valor, nem os dons de Deus se adquirem por algum valor, como um dia Pedro explicou a um insensato:

“Os apóstolos que se achavam em Jerusalém, tendo ouvido que a Samaria recebera a palavra de Deus, enviaram-lhe a Pedro e a João; os quais foram para lá, e oraram por eles, para que recebessem o Espírito Santo; porque sobre nenhum deles havia ainda ele descido, mas somente tinham sido batizados em nome do Senhor Jesus. Então sendo-lhes impostas as mãos de Pedro e João, recebiam o Espírito Santo. Quando Simão viu que pela imposição das mãos dos apóstolos se dava o Espírito, ofereceu-lhes dinheiro, dizendo: Dai-me também este poder, que aquele sobre quem eu impuser as mãos, receba o Espírito Santo. Mas Pedro disse-lhe: Pereça contigo o teu dinheiro, pois julgaste adquirir por meio dele o dom de Deus. Tu não tens parte, nem sorte neste ministério; porque o teu coração não é reto diante de Deus. “ Atos 8:14-21

Concluímos que também a salvação não se adquire por algum valor, como o mesmo apostolo escreveu a igreja primitiva:

“Uma vez que vocês chamam Pai aquele que julga imparcialmente as obras de cada um, portem-se com temor durante a jornada terrena de vocês. Pois vocês sabem que não foi por meio de coisas perecíveis como prata ou ouro que vocês foram redimidos da sua maneira vazia de viver que lhes foi transmitida por seus antepassados, mas pelo precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro sem mancha e sem defeito, conhecido antes da criação do mundo, revelado nestes últimos tempos em favor de vocês. Por meio dele vocês crêem em Deus, que o ressuscitou dentre os mortos e o glorificou, de modo que a fé e a esperança de vocês estão em Deus. “ 1 Pedro 1:17 a 25

É graça sobre graça. Deus foi revelado através do Filho, não a partir de algum valor, tão perfeita foi a graça, que nunca necessitou de uma atualização, o Espírito Santo se tornou o responsável por guiar o homem que trocou o mundo pela vida...Cristo.

E foi assim que Jesus repassou instruções aos apóstolos, que iriam pregar o reino de Deus a Israel:

“Mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel; E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus. Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai. “ Mateus 10:6-8

Paulo nunca abusou do direito apostólico, para ser pesado para à igreja, antes gratuitamente ele divulgou o evangelho. Logo o produto do evangelho, divulgado pelos seus “promotores espirituais” foi realizado de graça, manifestando toda a perfeição divina, que concederia redenção, o resgate da alma, através do sangue de nosso Senhor Jesus Cristo, o resplendor da glória de Deus, a expressa imagem da sua pessoa (Hebreus 1:3).

Diz um Salmo:

“Homem algum pode redimir seu irmão ou pagar a Deus o preço de sua vida, pois o resgate de uma vida não tem preço. Não há pagamento que o livre para que viva para sempre e não sofra decomposição. “ Salmos 49:7-9

Diz um evangelho:

“...o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos.” Mateus 20:28

A suprema riqueza da graça chegou até nós, através de um produto nascido numa manjedoura, alguém dirá, porque chamar Jesus de um produto, ora, não foi ele uma produção divina, com objetivo de gerar novas criaturas? Na verdade diz a Escritura que esse produto “não tinha qualquer beleza ou majestade que nos atraísse, nada em sua aparência para que o desejássemos” Isaías 53:2, ele foi anunciado pelos profetas mas “foi desprezado e rejeitado pelos homens” Isaías 53:3, mas foi esse produto imperceptível aos que não tem fé, que Deus enviou aos corações vazios da glória de Deus, “...pois todos pecaram e estavam destituídos da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente por sua graça, por meio da redenção que há em Cristo Jesus. “ Romanos 3:23-24

Alguém sempre deseja vender o seu produto, existem batalhões de pessoas trabalhando para que isso aconteça. Deus tinha em mente salvar almas, gratuitamente, infelizmente até mesmo o evangelho é negociável nos tempos de hoje...

Mas a palavra sempre esteve alerta quanto aos aproveitadores, — não importando as épocas — e nos dá alívio através do ministério de profetas e apóstolos:

“Mas eu estou cheio do poder do Espírito do SENHOR, e de juízo e de força, para anunciar a Jacó a sua transgressão e a Israel o seu pecado. Ouvi agora vós, chefes da casa de Jacó, e príncipes da casa de Israel, que abominais o juízo e perverteis tudo o que é direito, Edificando a Sião com sangue, e a Jerusalém com iniqüidade. Os seus chefes dão as sentenças por suborno, e os seus sacerdotes ensinam por interesse, e os seus profetas adivinham por dinheiro; e ainda se encostam ao SENHOR, dizendo: Não está o SENHOR no meio de nós? Nenhum mal nos sobrevirá. Portanto, por causa de vós, Sião será lavrada como um e Jerusalém se tornará em montões de pedras, e o monte desta casa como os altos de um bosque.” Miquéias 3:8 a 12

“Portanto, visto que temos este ministério pela misericórdia que nos foi dada, não desanimamos. Antes, renunciamos aos procedimentos secretos e vergonhosos; não usamos de engano nem torcemos a palavra de Deus. Pelo contrário, mediante a clara exposição da verdade, recomendamo-nos à consciência de todos, diante de Deus. Mas se o nosso evangelho está encoberto, para os que estão perecendo é que está encoberto. “ 2 Coríntios 4:1 a 3

O importante é saber que Cristo morreu por todos: “E ele morreu por todos...” 2 Coríntios 5:15

Jesus relatou uma parábola belíssima que ilustra o que é o reino dos céus:


“O Reino dos céus é como um tesouro escondido num campo. Certo homem, tendo-o encontrado, escondeu-o de novo e, então, cheio de alegria, foi, vendeu tudo o que tinha e comprou aquele campo. O Reino dos céus também é como um negociante que procura pérolas preciosas. Encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo o que tinha e a comprou" Mateus 13:44-46

Nenhum homem compra a salvação, Jesus é um tesouro grandioso, para todo aquele que deseja “vender” todas as coisas para adquiri-lo. Jesus é um produto acessível a todas as classes, cujo lucro principal sempre será a vida eterna. Jesus é um produto valiosíssimo, que os corações adquirem através da fé, pela palavra da verdade, que veio anunciar o evangelho salvador, por quem somente recebemos o selo do Espírito Santo da promessa, “que é a garantia da nossa herança até a redenção daqueles que pertencem a Deus, para o louvor da sua glória” (Efésios 1:14). Quem estiver lendo entenda, que Jesus é um Nome sobre todo o Nome, que foi constituído como cabeça da igreja, ele foi o mistério de Deus revelado ao mundo sem custo algum.

Pois o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.” Romanos 6:23

E como a salvação não tem custo algum, devemos abandonar as coisas do mundo, para vivermos através de Cristo, como um dia considerou Paulo:

“Quero conhecer a Cristo, ao poder da sua ressurreição e à participação em seus sofrimentos, tornando-me como ele em sua morte para, de alguma forma, alcançar a ressurreição dentre os mortos. Não que eu já tenha obtido tudo isso ou tenha sido aperfeiçoado, mas prossigo para alcançá-lo, pois para isso também fui alcançado por Cristo Jesus. Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus. “ Filipenses 3:10-14

E de novo:

“Mas em nada tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus. “ Atos 20:14


Admin
Admin

Mensagens : 3101
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum