AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






A verdadeira história do início da obra de Deus no Brasil: Assembléia Christã no Brasil (hoje denominada CCB)

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A verdadeira história do início da obra de Deus no Brasil: Assembléia Christã no Brasil (hoje denominada CCB)

Mensagem por Admin em Sex Ago 09, 2013 8:56 pm



INICIO DA OBRA DE DEUS NO Brasil

ASSEMBLÉIA CHRISTÃ DO BRASIL (Hoje denominada C.C.B. )

Em 08 de março de 1910, o Senhor determinou que LOUIS FRANCESCON e Giácomo Lombardi partissem da Argentina para São Paulo- Brasil. O ano era 1910, a Estação da Luz, recebia centenas de pessoas diariamente, a maioria oriunda do Porto de Santos, imigrantes que viam no Brasil oportunidades não existentes em seus países de origem. Vieram para substituir os escravos que, poucos anos antes, a princesa Izabel libertara. Além de asiáticos, vieram muitos europeus, especialmente italianos, e neste grupo se instalará a primeira igreja pentecostal em solo brasileiro.

Conforme relato do próprio LOUIS FRANCESCON, ao chegarem ao Jd. Da Luz, (Estação da Luz) Encontraram um italiano por nome de Vicenzo Piovani, este era um ateu, e morava no Paraná, precisamente em Sano Antônio da Platina. Ali este homem foi evangelizado por nossos irmãos. Permaneceram ali em São Paulo até 18 de abril, quando então o irmão Giácomo Lombardi retornou para Buenos Aires na Argentina, enquanto LOUIS FRANCESCON viajava para Santo Antônio da Platina, para visitar Vicenzo Piovani. Esta viagem LOUIS FRANCESCON contou com detalhes em seu relato escrito em março de 1942. Como segue:

___ Para ir ao lugar que o Senhor me ordenara, eu não tinha nenhum endereço a não ser o seguinte: Vicente Piovani, Sto. Antônio da Platina - Paraná. Havia uma estrada de ferro que levava ao sul daquele Estado, porém, Sto. A da Platina achava-se ao norte e distante mais de 200 km da estação mais próxima. Meu coração duvidava em tomar aquela estrada, porém me senti de ir à estação e consultar um mapa. E o Espírito Santo me indicou a tomar a estrada de Ferro Sorocabana que percorria o Estado de São Paulo, passando perto do norte do Estado do Paraná e sua última estação era Salto Grande.

Parti de São Paulo às 5,30 horas com uma terrível dor lombar que me impediu de tomar alimento durante todo aquele dia. Cheguei a Salto Grande às 23 horas e nesse lugar o Senhor me disse Ter preparado tudo para mim, a fim de cumprir minha missão; e assim aconteceu, porém faltavam fazer cerca de 70 km a cavalo, atravessando matas virgens infestadas de jaguaras e outras feras existentes no lugar. Pela graça de Deus, fiz este resto de viagem com um guia indígena, chegando em Sto. Antônio da Platina em 20 de abril.

Outra dificuldade que encontrei foi não conhecer uma palavra do idioma português e achar-me sem dinheiro e doente; Deus, porém, que tem todos os corações em Suas mãos, me fez ver a primeira maravilha. Ao chegar àquele local encontrei na janela a esposa do italiano Vicenzo Piovani tendo o Senhor lhe dito: "EIS O HOMEM QUE EU VOS ENVIEI". (Note-se que eu não era lá esperado). Assim, fui recebido em sua casa e poucos dias depois, o Senhor se comprazeu- em abrir seus corações e de mais nove pessoas. Foram batizadas na água onze pessoas e confirmados com sinais do Altíssimo. (batizadas com o Espírito santo) Estas foram às primícias da Obra de Deus naquele País.

Logo após, o inimigo começou a trabalhar para desfazer aquela obra, mas foi em vão o seu trabalho. O resto do povo daquele lugar, sabendo da minha chegada e da minha missão, jurou matar-me, tendo como chefe um Padre. Isto teria sucedido se Deus não entrevisse com Seus meios. O Senhor me fez saber de permanecer lá até 20 de Junho, nessa prova eu estava pronto a me entregar aos inimigos, a fim de poupar a vida dos poucos crentes que o Senhor havia chamado. Deus é testemunha disto, como também os irmãos que lá vivem.

Em 20 de junho, o irmão LOUIS FRANCESCON partiu do Paraná para São Paulo, Chegando a São Paulo, Francescon, visita uma barbearia, local de encontro de italianos, para com nostalgia falarem da terra da Tarantella. Interessado em encontrar um local para congregar, questiona aos presentes se alguém ali conhecia algum italiano protestante, e é informado sobre a existência de um por nome Ernesto Finotti.

Então em 25 de junho de 1910, o ir. Ernesto Finotti leva Francescon na casa do Irmão FELIPE PAVAN como era tarde só encontrou a sua esposa Irmã Ângela e o seu filho GERMILIO PAVAN e o JOÃO FINOTTI que tinha na época 12 anos e o Senhor deu de o Irmão LOUIS FRANCESCON falar das coisas de DEUS e ela pediu para voltar a noite para também falar para o seu esposo estas boas novas de Salvação, nessa visita, Francescon expõe o motivo de sua viagem, e é convidado pelo presbítero Felipe Pavan para congregar no culto da Igreja Presbiteriana, na Rua Alfândega nº 64 antigo nº 4 , que tinha como pastor Modesto Carvalhosa.

Felipe Pavan dá liberdade para Francescon transmitir a mensagem Pentecostal. No entanto, Carvalhosa, por certo informado pela Igreja Presbiteriana sobre os acontecimentos mundo afora acerca da novidade do falar em línguas, percebe nas mensagens de Francescon, e proíbe o presbítero Felipe Pavan de dar liberdade à Francescon. Nesse tempo o Irmão FELIPE PAVAN trabalhava na Serraria UNIÃO nos Campos Elíseos, depois de uma semana por causa do Pastor CARVALHOSA o Irmão FELIPE PAVAN não deu mais liberdade no culto para o Irmão FRANCESCON então DEUS abriu o coração dos tios do Irmão FINOTTI (SANTO PONTALTI e ISABELA) abrindo a sua casa para o Irmão LOUIS FRANCESCON fazer culto ali. Muitos assimilaram as novas, e aceitaram a pregação pentecostal, surgindo assim uma cisma na Igreja Presbiteriana.

Onde se reunirão com 20 irmãos pertencentes a outras igrejas, como Batistas, Metodistas e católicos. Entre eles o Senhor fez curas, batizou alguns com o Espírito Santo, e outros foram batizados na água. Porem uma noite de madrugada DEUS deu uma Revelação para o Irmão FELIPE PAVAN que um anjo apareceu dizendo a ele que o Irmão FRANSCESCON era um servo de DEUS que mandou no Brasil e no meio deles para ser esclarecida toda a Verdade de DEUS e então logo no outro dia foi procurar o Irmão FRANCESCON e pedir perdão para ele, porque ele avia sido seduzido pelo Pastor CARVALHOSA.

Os que não aceitaram a mensagem retiraram os bancos e o órgão da igreja. Como Felipe Pavan trabalhava em uma serraria foi fácil fazer novos bancos, e utilizando o salão desocupado, surge então a Assembléia Cristã Reunida em Nome do Senhor Jesus, no Brasil. E começou os cultos ali três vezes por semana e os outros dias nas casas dos irmãos. Nos Domingos à tarde faziam o culto na Praça Antônio Prado ou Jardim da Luz e na Água Branca (perto da Vidraria) e Lapa.

Presente neste grupo estava João Finotti, que fora ordenado ancião sete anos após a separação. João Finotti era pai do também ancião Davi Finotti. Na Água Branca é que ficaram conhecendo as Famílias MAZZEI, PERUCHI E PIRO.

Passados mais ou menos dois meses que estavam congregando houve ao primeiro BATISMO que foi feito na PONTE GRANDE no rio pelo Irmão LOUIS FRANCESCON onde obedeceram FELIPE PAVAN E SUA ESPOSA ANGELA BRAGA PAVAN E SEUS FILHOS GERMILIO PAVAN E PAULO PAVAN, ERNESTO, ESTERINA FINOTTI E SEU FILHO JOÃO FINOTTI E OS SEUS TIOS SANTO PONTALTI E ISABELA PONTALTI.

Logo depois de alguns dias foram ungidos para o ministério de ANCIÃO os Irmãos FELI PEPAVA E ERNESTO FINOTTI.
O Irmão Francescon, ficou ainda no Brasil até setembro de 1910, onde partiu em viagem para a república do Panamá, onde é fundada também a Assembléia Cristã reunida em Nome do Senhor Jesus Do Panamá. Passando um pouco de tempo que estavam congregando, satanás querendo dividir a OBRA DE DEUS no Brasil, começou a entrar com Profecias falsas e dividiu o povo e os servos. Um grupo congregava com o Irmão ERNESTO e o outro grupo com o Irmão FELIPE PAVAN, mas DEUS mandou dos U.S.A. o Irmão AGUSTINHO LANCHONE que ficou hospedado na casa do Irmão FELIPE PAVAN por mais ou menos seis meses e DEUS usando do seu servo uniu o Povo e os servos e houve reconciliação com todos e a OBRA DE DEUS ficou em Paz e Satanás ficou envergonhado. O Irmão AGUSTINHO com a madeira que o Irmão FELIPE PAVAN trazia da Serraria fazia gaiola para arrumar dinheiro para congregar. Isto em 1911 mais ou menos foi também ungido para o Ministério de Ancião o Irmão GENARIO OU GENUARIO. O segundo Batismo foi feito num rio perto da vidraria Santa Marina Água Branca pelo Irmão GENÁRIO Batizou os Irmãos:
ANTONIO MAZZEI, E A ESPOSA MARIA FRANCISCA FÁZIA MAZZEI E OS SEUS FILHOS FRANCISCO MAZZEI E GENARINO MAZZEI o pessoal da vidraria quando estavam fazendo o Batismo queria atirar pedras nos irmãos e no meio destes tinha muitos franceses e DEUS tomou a boca do Irmão GENÁRIO e falou DEUS com eles em FRANCES dizendo que se eles atirassem pedra nos irmãos DEUS mandaria fogo do Céu e entrou neles um grande medo e depois que terminou o batismo vieram falar com o Irmão GENÁRIO e perguntaram se ele sabia falar em Francês e ele falou que não e nem sabia o que tinha saído da sua boca.

O Irmão FELIPE PAVAN e toda a sua família foram despejados da casa da Rua Alfândega nº 64 mais ou menos em fevereiro ou março de 1915, ele tinha comprado a casa junto com o seu irmão carnal MATEUS BATISTA PAVAN e este não sendo crente fez assinar diversos papeis e vendeu a casa e sumiu que até hoje nunca se teve notícias dele e nem se sabe para quem vendeu, quem abrigou o Irmão FELIPE PAVAN com a sua família foi o Irmão CAETANO D ÂNGELO por uns 15 dias e a congregação na Rua Anhaia esquina da Rua Tenente Pena n.º29 Depois DEUS preparou de ir morar na casa do IRMÃO SPINA indo com toda a sua família e a Congregação na Rua da Graça ,João Finotti, que na época era um menino, fora ordenado ancião em 1917 pelo próprio irmão Francescon.

Ficando a OBRA DE DEUS NA RUA DA GRAÇA, depois mudou se o Irmão FELIPE PAVAN, para a Rua Tenente Pena onde ali DEUS o recolheu.

Trabalhando ele na Serraria UNIÃO nos Campos Elíseos em frente à igreja do Coração de Jesus, uma taboa escapou da serra e bateu em seu estômago com essa batida não podia se alimentar e depois de dois meses DEUS O RECOLHEU marcando para ele a hora e o dia em que DEUS o viria buscar.

Foi entre 12:00 a 13:00 horas do dia 5 de julho de 1918 e isto tudo se cumpriu como DEUS o tinha mostrado.

1920 Uma convenção que não deu certo

Neste ano de 1920, nosso irmão Louis Francescom encontra-se no Brasil com os irmãos Daniel Berg e Gunnar Vigren, onde ambos se propõem em fazer uma convenção entre as duas igrejas existentes, Assembléia de Deus e Assembléia Cristã, para que pudesse ser feita uma unificação em mesmos princípios doutrinários, porém os líderes destas igrejas não se dispunham em concordar com tal coisa, certamente estavam todos cheios de si, e não quiseram ceder de maneira alguma, fato que até o dia de hoje ambas as igrejas estão separadas sem ao menos terem alguma pequena que seja ligação uma com a outra. O que nos é oculto até o dia de hoje o conteúdo daquela convenção, pois nenhuma das duas igrejas ao que parece deixou registrado em alguma ata aquela reunião, ou talvez não lhes interessasse a existência de tal documento. Basicamente a única coisa que se sabe é de que não houve realmente acordo algum entre os líderes das duas igrejas.

As mesmas controvérsias que nasceram em 1914 nos estados Unidos permanecem entre estas igrejas. Após isto a Assembléia Cristã no Brasil, tomou uma postura totalmente separatista, mudando inclusive o seu nome para CONGREGAÇÃO CHISTÃ DO BRASIL numa convenção realizada em 20 de fevereiro 1936. Tornada pessoa jurídica em 30 de Março de 1936.

Em 1932, o irmão Louis Francescom encontra-se novamente no Brasil, e vendo o crescimento da obra no País, convoca vários irmãos entre jovens também para que fosse formada a primeira orquestra de músicos da Assembléia Christã do Brasil. Animados pelo incentivo, vários irmãos procuraram aprender a música, para que assim pudessem louvar ao Senhor no ministério musical. Pode-se dizer que hoje é a maior orquestra do mundo. Em todas as Congregação Cristã existentes hoje, desde a sua sede até a menor sala de oração possui um grupo de músicos e organista. Cremos que se fosse para ajuntar todos os músicos existentes no Brasil, não haveria lugar algum no Brasil para acolher tão grande número.

Em 1935 teve o início da perseguição dos crentes na Itália, era o cumprimento da profecia que Deus havia feito em Chicago na igreja da Toscana em 1904. Também neste tempo o mundo se preparava para a chamada segunda Guerra Mundial, e tal como a perseguição por parte dos alemães aos judeus, assim o governo Italiano perseguiu os cristãos evangélicos. Prendendo alguns líderes, ou aplicando-lhes multas por estarem se reunindo. Pois devido os conselhos de guerra do País, estava terminantemente proibido qualquer tipo de reunião de qualquer natureza. Em 1936, o irmão Luigi Francescon, preside no Brasil, precisamente em São Paulo, no dia 20 de fevereiro a primeira convenção da CONGREGAÇÃO CHRISTÃ DO BRASIL (Nome dado à igreja que desde o princípio se chamou Assembléia Cristã). Sendo neste tempo o ancião responsável por toda a obra no Brasil o irmão Luis Pedroso.

Desta convenção saíram os tópicos de doutrina e ensinamento que a partir dali seriam pregados e obedecidos pela CONGREGAÇÃO CHRISTÃ DO BRASIL, e por todas as igrejas de mesma fé e doutrina. Ao que indica o tópico de ensinamento, o nome de CONGREGAÇÃO CHRISTÃ DO BRASIL, foi adotado a partir daquele ano. Pois foi apresentado o novo estatuto da igreja e ainda, como demonstra na pag. 10 do resumo de ensinamentos da CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL.

"ONDE O SENHOR DER OPORTUNIDADE EM SE CONSTRUIR OU JÁ EXISTINDO CASAS DE ORAÇÃO CONSTRUÍDAS, É PRECISO QUE NA FACHADA SÓ EXISTA O NOME OFICIAL E RECONHECIDO DE CONGREGAÇÃO CHRISTÃ DO BRASIL".

Foi então que a ASSEMBLÉIA CRISTÃ- REUNIDOS EM NOME DO SENHOR JESUS, deixou de existir no Brasil.
Esta convenção terminou no dia 25 de fevereiro. A CONGREGAÇÃO CHRISTÃ DO BRASIL foi registrada como pessoa jurídica em 30 de Março de 1936.

Creio que esta decisão tomada pelo ministério seria por não haver acordo com o ministério da igreja de Belém do Pará que foi criada por Daniel Berg e Gunnar Vigren, a qual também passou a chamar-se Assembléia de Deus, pois estava sendo assessorada pela Igreja Assembléia de Deus americana. O ministério da Assembléia de Deus, não aceitou também a nova doutrina da congregação, inclusive não houve acordo quanto ao dízimo.

Para não haver confusões entre as duas igrejas, A Congregação Cristã, tomou a decisão, que mesmo que alguém pertencesse á outra igreja só poderia fazer parte da comunhão da mesma se fosse batizado novamente pelos anciães
da Congregação. A Congregação passou a aceitar somente o batismo por ela pregado. Esta postura separatista parecia que traria impedimento para que o evangelho de Cristo fosse pregado no Brasil, porém as duas igrejas cresceram ainda mais.

Em 1942, teve início definitivo da 2ª. Guerra Mundial. As igrejas cristãs Americanas, já estavam cheias de novidades, que com isto não agradava ao Senhor e deixavam alguns anciães missionários tristes, tais como o irmão Louis Francesco outros, sendo que Louis Francescon separou-se da maioria delas, ficando com o pouco número da igreja da Toscana, a Congregção Cristã de Chicago. Neste ano, Louis Francescom escreve um histórico do princípio da obra que Deus iniciou e de tudo quanto Deus fez consigo e outros irmãos nas missões pelo mundo. Até este ano de 1942, Louis Francescon já havia feito 9 (nove) viagens ao Brasil. Dedicou-se mais com a Obra de Deus no Brasil, Panamá, e Itália. Em 1944, a perseguição contra a igreja na Itália já havia terminado, então Louis Francescom e Lucia Menna, viajam para a Itália, a fim de visitar as igrejas lá constituídas.

No ano de 1947, Deus recolhe para o seu reino de glória nosso irmão Luis Pedroso, grande perda para a irmandade da CONGREGAÇÃO CHRISTÃ DO BRASIL, e com isso novidades irão surgir no meio da igreja. Após isto definitivamente, a CONGREGAÇÃO CHRISTÃ DO BRASIL, distancia-se mais ainda das igrejas italianas, americanas e Argentinas. Logo o irmão Louis Francescon juntamente com sua esposa viaja para o Brasil.

É realizada então em março de 1948 uma Assembléia Geral de todo o ministério de anciães e diáconos do Brasil. Surgiram novidades nos ensinamentos da CONGREGAÇÃO CHRISTÃ DO BRASIL. Começou-se a proibir que irmãos fotografassem nos serviços de cultos, todavia aos que não eram da Congregação era liberado. Proíbe-se a sociedade com crentes de outras denominações, até mesmo casamento com crentes de outras igrejas que não seja da Congregação. Proíbem-se também a propaganda e qualquer tipo de literaturas, chamadas religiosas. Proíbe-se de membros de ministério da Congregação envolver-se com partidos políticos. etc. Após esta assembléia temos conhecimento que o irmão Louis Francescon, não mais voltou para o Brasil. Talvez não se achasse mais necessário a sua presença na tão grande igreja que se formou. Ora Louis Francescon, permaneceu no Brasil desde 24 de outubro de 1947, até 18 de outubro de 1948. Em 1952, escreveu pela segunda vez um histórico de suas missões.

O mesmo descreve que no Brasil, de acordo com o relatório do ano de 1951, o número de casas de oração atingiu 815, sendo 217 de propriedade própria, e já havia obedecido ao mandamento do Senhor Jesus 74.775 almas. Só na capital de São Paulo contava com 46 casas de oração. O mesmo descreve que a igreja estava bem organizada em sua administração e corpo ministerial.

A Congregação Cristã no seu início, era chamada de radunanza cristiana, assemblea cristiana, andunanza (ajuntamento) Em algumas igrejas havia uma singela placa "Reunidos em Nome do Senhor Jesus". Os outros nos chamavam de igreja dos glórias, igreja dos italianos. No final da década de 1920 passou em uma reunião da América do Norte para todas as igrejas adotarem o nome oficial de "Italian Christian Church", mas não pegou, cada congregação local era aqui registrada sob um nome diferente (normalmente Assembléia Christã). No Brasil a 1° igreja a adotar o nome "Congregação Christã" foi a do Bom Retiro em 1932 e a partir de 1936 adotado por todas nossas congregações de fé e doutrina. Registrada em 30 de Março de 1936 .

Itamar Bueno Coutinho

Admin
Admin

Mensagens : 3116
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum