AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






As três perguntas do diabo e as três respostas de Jesus

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

As três perguntas do diabo e as três respostas de Jesus

Mensagem por Admin em Sab Ago 24, 2013 3:37 pm






No princípio Deus disse ao Homem: “De toda a árvore do jardim podes comer livremente; mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás: porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás. “ Gênesis 2:16-17

Conhecimento não deveria matar, mas a ordem divina estabelecida, denota que Adão e Eva não estavam preparados para comer da árvore do conhecimento “do bem e do mal”. Poderiam comer de todas as árvores, exceto uma, esse ponto de interrogação ainda permanece sobre a lógica, Por que? Certo é que Adão comeu e realmente morreu. A descrição da queda é mais complexa, eis que a serpente apareceu no contexto da história, será curiosa do motivo misterioso de não se poder comer daquela árvore? A consciência de Adão estava limpa e sem fingimento, o fruto poderoso do bem e do mal mudaria todo o contexto da história, talvez um grande motivo para a determinação divina, “não comam”. O Éden era perfeito, ao homem bastava a obediência, mas havia uma serpente no meio do jardim...

O apóstolo Paulo tantos séculos depois, foi capaz pelo Espírito, de mensurar os momentos tenebrosos da queda humana, quando aconselhou a igreja de Corinto, “...porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo. Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo(2 Coríntios 11:2-3).

Diálogo entre a serpente e a mulher: “É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim? “ Gênesis 3:1

Resposta da mulher: “Do fruto das árvores do jardim podemos comer; mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais. “ Gênesis 3:2-3

Réplica da serpente: “Certamente não morrereis; porque Deus sabe que no dia em que comerdes do fruto, abrir-se-vos-ão os olhos, e sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal. “ Gênesis 3:4-5

O engano já estava lançado, Eva em seu coração já havia comido o fruto, a corrupção já havia possuído seu interior, a consciência já estava seriamente danificada.

“Viu, pois, a mulher que a árvore era boa para comer, que era uma delícia para os olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do fruto dela e comeu; deu também a seu marido, e ele comeu. Foram abertos os olhos de ambos e, conhecendo que estavam nus, coseram folhas de figueira, e fizeram para si umas cintas.” Gênesis 3:6-7

Os olhos de Eva cobiçaram o fruto, a tentação estava em seu estágio mais avançado, descreveria ainda o apóstolo sobre a atitude de ajudadora de Adão, “...e Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão “(1 Timóteo 2:14). Eva desejou comer, desejou aquele entendimento, as palavras de alerta do Criador foram esquecidas, o “certamente morrerás” foi blasfemado, o que leva alguém a desprezar a ordenação divina dessa maneira?. A serpente acompanhou todo os momentos que antecederam a queda, a semente adâmica estava morrendo da maneira mais vergonhosa. Eva pegou o fruto na mão, levou o fruto a boca, o fruto percorreu o seu interior até chegar ao estômago, Adão fez a mesma coisa, recebeu o fruto da sua mulher, sequer se lembrou de quem o formou, não estava nem aí para o oleiro, o vaso estava se quebrando.

Quando a fé falha, o firme fundamento da conduta moral entra em colapso. Só falta um pequenino passo da incredulidade para o pecado e a desgraça. (Comentário Moody)
O despertar depois da sensação inicial, realmente não foi nada agradável, agora conscientes do mal, concluíram que a palavra da serpente era tão somente mentira. Estavam nus literalmente diante da presença divina, desamparados da sua proteção, destituídos da verdade. Eva viu que não estava igual a Deus, o seu desejo, conforme detalhado pela serpente, não teve realização, ela estava apenas nua.

Homem e mulher perderam o contato com Deus, sérias consequências se manifestariam, como uma carreira de dominó, Adão jogou a culpa em Eva, que jogou a culpa na serpente, que nem estava aí para a situação deplorável.

Viram a sua nudez,espiritual e física. Nasceu a vergonha e o medo. (Comentário moody)
O momento que o Senhor pergunta, “onde estás?” (Gênesis 3:9), é o mais triste da história, a criação estava escondida e com medo do seu Criador. O Senhor então já sabendo do acontecido, deseja apenas que Adão confesse o seu pecado, “comeste da árvore de que te ordenei que não comesses? “(Gênesis 3:11), como dizendo, “você realmente fez isso Adão?”, ao que ele respondeu, “fiz, minha mulher me deu”. Deus então se voltou para a mulher, “que é isto que fizeste?”(Gênesis 3:13), ela então culpou a serpente, “ a serpente enganou-me, e eu comi” (Gênesis 3:13), lembramo-nos do que posicionamento de Paulo, quanto a instruir a igreja para não cair na lábia da serpente, se apartando da simplicidade em Cristo. Para Adão e Eva bastavam a simples capacidade de obedecer. Três sentenças seguidas ocorrem, e uma frase divina define toda a situação constrangedora:

“Eis que o homem se tem tornado como um de nós, conhecendo o bem e o mal. Agora para que ele não estenda a mão, e tome também da árvore da vida, e coma, e viva eternamente...” (Gênesis) 3:22

Foi assim que ocorreu a expulsão do homem do Éden...justamente quando ele quis se tornar igual a Deus, dando impressão que até mesmo o Criador, tinha uma parcela de culpa em toda essa história, contudo, Deus é fiel. Adão escondeu o seu pecado, acobertou no coração a sua culpa (Jó 31:33), no julgamento não havia como considerá-lo inocente, mesmo diante do mais rico ser em misericórdia, Deus, Adão foi incapaz de clamar por um simples perdão.

Embora o paraíso do homem lhe fosse fechado por causa do pecado,Jeová não se esqueceu de Suas criaturas. Ele já fizera provisões para a sua triunfante volta. (Comentário moody)
Diferente de Adão, o Filho de Deus, embora sendo resplendor da sua glória, e a imagem expressa da sua substância (Hebreus 1:3), Ele, mesmo subsistindo em forma de Deus, “...não julgou que o ser igual a Deus fosse coisa de que não devesse abrir mão, mas esvaziou-se, tomando a forma de servo, feito semelhante aos homens; e sendo reconhecido como homem, humilhou-se, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz” (Filipenses 2:6-8). Aqui chegamos no assunto principal deste texto, se o primeiro Adão não suportou as investidas da serpente, vindo a desobedecer a Deus, o segundo Adão foi obediente até a morte.

Logo depois de ter sido batizado, após a singular declaração de Deus, “...este é o meu Filho dileto, em quem me agrado” (Mateus 3:17), foi enviado imediatamente ao deserto para a maior tentação da história, uma conversa com a antiga serpente, durante quarenta dias e quarenta noites o Filho de Deus jejuou, sua natureza carnal então teve fome...

Como o Salvador revelou, o reino dele nunca foi desse mundo (João 18:36), ele veio ao mundo enfrentar o tentador, participando de um corpo de carne e sangue (Hebreus 2:14), para que por essa intervenção maravilhosa, pudesse justamente aniquilar o império da morte, “isto é, o diabo”. É a partir desse famoso debate histórico, que Jesus começa o seu ministério de livrar o justo da morte, pela qual ele estava sujeito por toda a vida (Hebreus 2:15), sobre esse famoso episódio da sua tentação, escreveu-se :”Porque naquilo que ele mesmo, sendo tentado, padeceu, pode socorrer aos que são tentados“ (Hebreus 2:18).

O diabo. O nome significa caluniador, e indica uma das características de Satanás, grande oponente de Deus e do povo de Deus. (Comentário Moody)
A primeira pergunta do tentador:

“ Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se tornem em pães. “ (Mateus 4:3)

O diabo sabia que Jesus era Filho de Deus, o pão da vida enviado do céu, “porque o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo” (João 6:33), a resposta de Jesus foi contendente, utilizando as palavras de alguém, que já havia vencido as induções malignas do diabo, no caso Moisés (Deuteronômio 8:3): “ Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus. “ (Mateus 4:4)

Moisés ordenou a povo, que recordassem do Deus que guiou o povo no deserto, por quarenta anos, para humilhar, provar, saber o que estava no coração do povo, se ele guardaria seus mandamentos ou não. No deserto o povo foi humilhado, passou fome, contudo Deus o sustentou com o maná, não que o povo reconhecesse tal misericórdia, tudo isso para dar entender que o homem não viveria só de pão, mas de tudo o que saísse da boca do Senhor viveria o homem.

Embora sua natureza estivesse com tanta fome, a PALAVRA de Deus o estava sustentando, ele estava fraco na carne, entretanto, no Espírito ele estava pronto não somente para mais duas perguntas, mas para enfrentar toda e qualquer coisa que se levantasse para impedir a sua missão.

A segunda pergunta:

“Então o diabo o transportou à cidade santa, e colocou-o sobre o pináculo do templo, E disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te de aqui abaixo; porque está escrito: Que aos seus anjos dará ordens a teu respeito, E tomar-te-ão nas mãos, Para que nunca tropeces em alguma pedra. “ (Mateus 4:5:6)

O diabo utilizou-se da artimanha de declamar um Salmo: “Pois aos seus anjos ordenará ao teu respeito, Que te guardem em todos os teus caminhos. Eles te susterão nas suas mãos, Para não tropeçares em alguma pedra. “ Salmos 91:11-12

Aqui parece representar que a antiga serpente era um assíduo leitor da Escritura, de fato Jesus nunca foi um Filho mimado, ele submeteu-se a obediência, para honrar a determinação que recebeu. Os anjos creio, estavam junto dele, esperando alguma ordem da sua parte, ele não se permitiu expor o Nome do Pai a tentação, a PALAVRA do Pai continuava sustentando o seu ser, diante disso, ele respondeu novamente utilizando-se do que já estava registrado na Escritura: “Não tentarás o Senhor teu Deus“ (Mateus 4:7).

O povo tentou o Senhor no deserto, na falta de água contenderam com Moisés, “por que nos fizeste sair do Egito, para nos matares de sede a nós, a nossos filhos e ao nosso gado?” (Êxodo 17:3), o lugar dessa terrível afronta levou o nome de Massa e Meribá, “porque ali os israelitas reclamaram e puseram o Senhor à prova, dizendo: "O Senhor está entre nós, ou não? "(Êxodo 17:7).

Deus estava em Jesus reconciliando o mundo, diante dessa segunda resposta, o reino da morte já começava a ruir, o autor da fé já iniciava a consumação da fé.

A terceira e última pergunta:

“Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles. E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. “ (Mateus 4:8-9)

Ilusoriamente o pai da mentira, declarou ter poder para conceder a Jesus, todos os reinos da terra. Na palavra está escrito que Jesus é a imagem do Deus invisível, ele foi o primogênito de toda a criação, “porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele” ( Colossenses 1:16-17), assim, definitivamente esvaiu-se toda a tentativa demoníaca de acusar o Filho de Deus, de ceder a qualquer oferta sua.

Satanás exerce controle sobre os reinos da terra ainda que na qualidade e usurpador e dentro de certos limites. (Comentário Moody)

A terceira e triunfante resposta de Jesus:

“Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. Então o diabo o deixou; e, eis que chegaram os anjos, e o serviam. "(Mateus 4:11)

Em apocalipse está escrito: “E o sétimo anjo tocou a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre. “ Apocalipse 11:15

Jesus declara outra resposta mosaica (de acordo a lei de Moisés): “Temam o Senhor, o seu Deus, e só a ele prestem culto, e jurem somente pelo seu nome. “ Deuteronômio 6:13

Moisés relata a palavra recusou ser “chamado filho da filha de faraó” (Hebreus 11:24), escolhendo ser maltratado com o povo de Deus, “...do que por um pouco de tempo ter o gozo do pecado” (Hebreus 11:25), o motivo? Ele teve “...por maiores riquezas o vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista a recompensa. Pela fé deixou o Egito, não temendo a ira do rei; porque ficou firme, como vendo o invisível”(Hebreus 11:23-27).

Jesus tão somente sustenta as palavras do Espírito, porque todas as coisas são sustentadas pela palavra do poder de Deus (Hebreus 1:3). O ministério de Moisés foi transitório, Jesus estava estabelecendo diante de Satanás, da sua absurda e audaciosa tentação, o ministério do Espírito, o excelente ministério da justiça (2 Coríntios 3:9).

Jesus repeliu o mais poderoso ataque de Satanás não com um raio dos céus, mas com a Palavra de Deus escrita empregada na sabedoria do Espírito Santo, um meio à disposição de cada cristão. (Comentário Moody)
A palavra de Deus diz com toda a sabedoria:

“Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem. Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo. “ 1 Coríntios 15:21-22


Adão não teve direito de comer da árvore da vida, para viver eternamente (Gênesis 3:22), Deus o lançou fora do jardim, colocando querubins para guardar o caminho da árvore.

Já o Espírito diz para aquele que resistir as tentações, que o vencedor terá o direito de comer da árvore da vida, “...que está no meio do paraíso de Deus” (Apocalipse 2:7).

“Bem-aventurados aqueles que guardam os seus mandamentos, para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas. “ Apocalipse 22:14

Admin
Admin

Mensagens : 3191
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum