AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Palavra de Deus/on line: 2 Crônicas 24

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Palavra de Deus/on line: 2 Crônicas 24

Mensagem por Admin em Dom Fev 16, 2014 4:58 pm





Palavra - 2 Crônicas 24:15-24


“Joiada chegou à idade avançada, e morreu com cento e trinta anos. Ele foi sepultado com os reis na cidade de Davi, em atenção ao bem que havia feito em Israel em favor de Deus e do seu templo. Depois da morte de Joiada, os líderes de Judá foram falar com o rei e lhe prestaram reverências, e ele aceitou o que disseram. Então abandonaram o templo do Senhor, o Deus dos seus antepassados, e prestaram culto aos postes sagrados e aos ídolos. Por culpa deles, a ira de Deus veio sobre Judá e Jerusalém. Embora o Senhor tivesse enviado profetas ao povo para trazê-los de volta para ele e os profetas tivessem testemunhado contra eles, o povo não quis ouvi-los. Então o Espírito de Deus apoderou-se de Zacarias, filho do sacerdote Joiada. Ele se colocou diante do povo e disse: "Isto é o que Deus diz: ‘Por que vocês desobedecem aos mandamentos do Senhor? Vocês não prosperarão. Já que abandonaram o Senhor, ele os abandonará’ ". Mas, alguns conspiraram contra ele e, por ordem do rei, apedrejaram-no até à morte no pátio do templo do Senhor. O rei Joás não levou em conta que Joiada, pai de Zacarias, tinha sido bondoso com ele, e matou o seu filho. Este, ao morrer, exclamou: "Veja isto o Senhor e faça justiça! "  Na virada do ano, o exército arameu marchou contra Joás; invadiu Judá e Jerusalém, matou todos os líderes do povo, e enviou para Damasco, para o seu rei, tudo o que saqueou. Embora o exército arameu fosse pequeno, o Senhor entregou nas mãos dele um exército muito maior, por haver Judá abandonado o Senhor, o Deus dos seus antepassados. Assim o juízo foi executado sobre Joás. 2 Crônicas 24:15-24

Enquanto a luz brilhou, a treva se aquietou, e quando ela tentou reagir, o brilho da luz encobriu a sua tentativa. Somente o poder de Deus pode fazer com que um exército menor, ganhe a batalha contra um exército superior, sinta a partir daqui do Espírito do qual você participa.

Deus seja Louvado. Amém. Bendito seja ele para sempre.

Irmãos, irmãs, todos que amam o Senhor, acreditam que vale a pena, atravessar dias maus sustentados pela esperança. Aqui nas Crônicas uma história maravilhosa, de amor e traição, de um lado Joiada e seu Filho Zacarias do outro um rei, Joás.

Joiada o sacerdote, salvou Joás quando este era ainda pequenino (2 Crônicas 22:11-12), a ação do servo de Deus em proteger o sucessor do trono, seria uma das mais importantes manobras divinas, para proteger os descendentes da família real de Judá, da qual haveria de nascer o grande Salvador do mundo. Depois da morte de Joiada, Joás cometeria uma traição com o Filho dele, Zacarias, a qual o Senhor Jesus Cristo lançaria em memória:

“Portanto, eis que eu vos envio profetas, sábios e escribas; a uns deles matareis e crucificareis; e a outros deles açoitareis nas vossas sinagogas e os perseguireis de cidade em cidade; Para que sobre vós caia todo o sangue justo, que foi derramado sobre a terra, desde o sangue de Abel, o justo, até ao sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que matastes entre o santuário e o altar. “ Mateus 23:34-35

Estudiosos ainda divergem sobre o Nome, mas tudo indica que Baraquias, seja parente do sacerdote Joiada a quem Jesus se refere. Sua morte indica que ele foi um mártir, isso é relevante para a vida do cristão, nem todos provaremos uma morte igual a de Zacarias, Estevão (Atos 7:58), ou Jesus. A grande dádiva na menção de Cristo, é a justiça que não tarda, que vem de Deus, por amar aqueles que sujeitam sua vida, a servi-lo mesmo quando a morte está a espreita. Amados, alguns de nós não provaram uma traição, não ao extremo da morte, se alguém foi traído por alguma ação do seu próximo, mesmo dentro da religião, isso realmente causa desânimo e revolta, ajudar alguém depois ser traído (a), é uma sensação desagradável, que machuca o coração, desfalece a fé. Tenha em mente que o Senhor não esquece, o Espírito lembrou que o sangue dos justos clamará por justiça, e o Senhor vai executá-la contra os traidores. Quanto a nós, a justiça se fará na medida exata, no perdão também cumpre-se a justiça.

Joiada foi um homem honrado diante de Deus, o texto traduz seu caráter cristão, todo o bem que ele produziu temendo a Deus. Foi sepultado como um rei, seu nome ficou na memória do mundo, mas passado um tempo da sua morte, aquele rei que ele salvou pequenino, influenciado pelas forças do mau, os líderes de Judá, abandonaram o templo do Senhor, o Deus dos antepassados, a sensibilidade de reconhecer a fidelidade divina. Quem terá a coragem de abandonar Deus? Pois é amados, sempre existiu quem tivesse essa coragem, no mundo tantas coisas são impensáveis, que quando são concretizadas, dificilmente acreditamos que elas realmente puderam acontecer, Judá abandonou Deus, preferindo prestar culto aos ídolos, tornando todo o serviço do fiel Joiada...a nada.

A Escritura serve de consolação 24 horas por dia, o ânimo proveniente dela, tem o poder eficiente de renovar nossas forças. A opressão, a ausência da paz, incomodam em todo o tempo, são os momentos que olhamos para o alto, com a esperança oscilando dentro de nós. Mas, apesar de não vermos, quando olhamos para o alto, Deus está lá no seu alto trono, recebendo as informações do Espírito, que serão favoráveis aos que o amam. O juízo do Senhor  foi derramado sobre Judá e Jerusalém, o autor de Crônicas relembra como Cristo, dos profetas enviados ao povo, cuja missão era trazer o povo de volta para ele.

O grande pecado:

O povo não quis escutar esses profetas, aqui da início o ministério de Zacarias, filho de Joiada que apoderado pelo Espírito de Deus, foi adiante do povo para professar as vontades de Deus. O discurso é poderoso, “isto é o que Deus diz”, é Deus falando não um mero mortal, coisas assim dificilmente vemos na atualidade da igreja, coisas que realmente irão se concretizar, não falamos de coisas, como arranjar emprego, casar, passar no vestibular, ganhar uma causa na justiça, ser liberto da prova, da tentação, do sufoco do dia a dia, são coisas pertinentes ao destino de uma nação, ao julgamento preciso do Senhor, quando o homem põe no esquecimento sua misericórdia, partindo em direção a arrogância. Zacarias perguntou porque estavam desobedecendo os mandamento do Senhor, existia algum motivo justo para estivessem agindo tão precipitadamente? Quem age de tal maneira, não pode encontrar outra coisa, senão a falta da justiça de Deus, quando ela fica em silêncio, a prosperidade está extinta. Quem abandona o Senhor, é abandonado por ele, quem perde mais? Bendito seja Deus. Nós que servimos a ele, não abandonamos o Senhor por causa dos ídolos, contudo, devemos estar atento as distrações que surgem para nos desviar da fé, sem ela definitivamente é impossível agradar a Deus (Hebreus 11:6).

A Escritura foi escrita para trazer o homem para Deus, quem não quiser ouvi-la, estará abandonando a Deus. No momento que abandonamos o que é santo, não nos resta grandes expectativas a não ser o que vem do mundo,  tudo o que procede do mundo é transitório. Não devemos trair a confiança do Senhor, Joás foi salvo por ordem divina, o sacerdote joiada cumpriu seu papel na história, de santificar o povo em NOME de Deus, nós fomos salvos na pessoa de Cristo, o enviado de Deus para estabelecer sua justiça, se deixarmos ser seduzidos pelas artimanhas dos maus, apartados estaremos do Senhor, que prosperidade pode haver nisso? Não falamos de prosperidade que ilude a carne, falamos da prosperidade do espírito, que diante dos olhos da carne, não quer dizer alguma coisa, na verdade para alguns não quer dizer absolutamente nada, porque para alguns ter o Cristo habitando dentro dele, não é considerado mais importante do que ganhar o mundo. Profetas, sacerdotes, apóstolos, cooperadores de Cristo, perderam todas as coisas, para ganhar a Cristo. Zacarias depois que declarou a verdade de Deus, porque nada o condenava, sofreu uma grande conspiração contra sua vida, aquele rei que foi salvo por seu pai, servo do Altíssimo, ordenou que o matassem por apedrejamento, uma traição sem escrúpulos, lembrada inclusive por Cristo, que sofreria uma também cometida por Judas. No pátio do templo onde seu pai deu atenção incondicional ao Senhor, o filho de Joiada, igualmente servo de Deus, morreu por dizer a verdade, e toda a verdade que defende Deus, acusa o diabo, eis o principal motivo pelo qual ele atenta contra a vida dos escolhidos do Senhor.

Irmãos, irmãs, a história realmente é triste e cruel, o rei não levou em consideração o bem recebido, a bondade de Deus, além de zombar do NOME do CRIADOR, matou um de seus servos. Zacarias foi assassinado, cumprindo aquilo que diz dos heróis da fé, que eles também entre tantos sofrimentos, seriam também apedrejados (Hebreus 11:37), porque o mundo nunca seria digno da sua presença. O planejamento de Deus não foi anulado, a promessa predita por Zacarias se cumpriu, ao morrer uma última frase foi dita pelo profeta: “Veja isto o Senhor e faça justiça!”

Deus não se esquece. Ele falou, ele cumpre, apoderou-se do coração de Zacarias, quando um exército pequeno invadiu Judá e Jerusalém, todos os líderes foram mortos, as cidades foram saqueadas. Deus entregou o povo que o abandonou a própria sorte, um povo sem Deus nunca terá a sorte a seu favor, o capítulo termina com a seguinte menção sobre o rei traidor: “ Assim o juízo foi executado sobre Joás. “

Que a felicidade faça parte da sua vida, como disse Paulo aos filipenses, nós que amamos a Cristo, na vida ou na morte, ele é engrandecido em nosso corpo. Viver é para Cristo, morrer não nos separa dele, se ele vive em nós damos frutos, porque o Espírito está junto de nós, não sabemos o que escolher, isso aperta o coração, a dias que desejamos partir para estar com Cristo, isso realmente é muito melhor, porém diante da necessidade, se ele escolher que devamos ficar na carne, louvado seja o seu nome, de um modo ou de outro, nada realmente nos separa do seu amor. O sangue de Zacarias e de outros, será requerido por Deus, que não tem o culpado por inocente. Seja qual for a situação, o tempo foi estabelecido por Deus, ele prometeu ele irá cumprir, se ele disse que os escolhidos mortos vão ressuscitar, ele vai cumprir sua palavra, se ele disse que o escolhido irá encontrar com ele nas nuvens, então você vai encontrar com ele nas nuvens. A graça é o benefício de Deus, concedido ao crente, para concessão de bençãos, o grande problema da carne, é que ela não sabe exatamente o que está preparado para cada um. O que vem do alto é superior ao que pedimos ou pensamos, o poder que opera a nosso favor, não pode ser “visto” pelo homem natural.

Joiada, Zacarias, Joás, são exemplos, os dois primeiros de fé, o terceiro, do que não devemos fazer...abandonar o Senhor. Joiada morreu com honra, Zacarias morreu com honra, duro para um homem é morrer sem honra. Até que viesse Cristo, muitos foram mortos injustamente, mas em nenhum momento isso anulou a promessa de Deus.

“E, visto como os filhos participam da carne e do sangue, também ele participou das mesmas coisas, para que pela morte aniquilasse o que tinha o império da morte, isto é, o diabo; E livrasse todos os que, com medo da morte, estavam por toda a vida sujeitos à servidão. Porque, na verdade, ele não tomou os anjos, mas tomou a descendência de Abraão. Por isso convinha que em tudo fosse semelhante aos irmãos, para ser misericordioso e fiel sumo sacerdote naquilo que é de Deus, para expiar os pecados do povo. Porque naquilo que ele mesmo, sendo tentado, padeceu, pode socorrer aos que são tentados. “ Hebreus 2:14-18

Tenho fé que essas palavras são capazes de confortar sua alma, diletos de Cristo, irmãos e irmãs, não as minhas, as escritas por Deus. Ele, o Deus que você não abandona, jamais deixará que a injustiça seja maior do que sua prosperidade, não enxergue os benefícios da graça, nas coisas que você realiza na carne, foi no íntimo de cada um que Deus consumou a sua maior obra, através da pessoa de Cristo...o Espírito Santo habitando dentro nós.

Bendito seja Deus!!

Paz, sempre haverá!!

Admin
Admin

Mensagens : 2943
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum