AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Errais por não conhecer as Escrituras

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Errais por não conhecer as Escrituras

Mensagem por Admin em Sex Mar 21, 2014 8:13 pm





Deus falou muitas vezes, de várias maneiras, aos antepassados, por meio dos profetas, falou também através do Filho, “a quem constituiu herdeiro de todas as coisas e por meio de quem fez o universo” (Hebreus 1:1-2). Essa mensagem aos hebreus, retrata que não por falta de informações sobre Cristo, que o povo sofre, existe algo mais grave acontecendo. Já naquela época a menção da falta de leitura das Escrituras, já era notória até mesmo perante o Filho de Deus.

Por toda a Escritura nós encontramos o Espírito de Cristo, todos que falaram, falaram da graça, porque sua fé apontava para o sofrimento e glória do Salvador (1 Pedro 1:10-12). Hoje nenhum tempo é ganho no ensino das Escrituras, embora exista os que ensinam, também existem os profanos que enganam o povo, Paulo reclamou veemente da injustiça de alguns homens infiéis, que queriam ser considerados iguais aos apóstolos, “tais homens são falsos apóstolos, obreiros enganosos, fingidores de apóstolos de Cristo” (2 Coríntios 11:12-15), alguma admiração nisto? Até Satanás conseguir emitir luz, então para alguns homens é fácil envolver os fracos, na teia das falsas emoções, falsos ensinos, sejam quais foram as heresias que percorrem o tempo, o fim destes completa Paulo, será de acordo a suas ações, isso não será surpresa para ninguém.


Engraçado que algumas religiões, presam por costumes estranhos, em vez de aprenderem com a Escrituras, elas são acostumadas com o costume dos homens, passando de geração em geração, se alguém prega algo valioso, ele é desconsiderado, alguns não acreditam que Deus possa conceder uma benção, salvo se anunciar o rg ou cpf, dizer o nome, curar ou tirar o diabo através de um sopro, de produtos do shopping evangélico, enfim, os muitos disfarces que levam os incautos, a um sistema perigoso, onde Deus nunca esteve, nem vai estar, porque denigre a cruz de Cristo.

Nas suas sábias palestras, o Senhor prezava o ensino da Escritura, depois do embate contra o diabo, cujas respostas esmagaram o maligno, Jesus cheio do Espírito, voltou para Galiléia, sua fama foi instantânea (Lucas 4:14). Ele ensinava nas sinagogas, o povo o louvava por isso, enquanto outros já conspiravam. Em Nazaré o livro do profeta Isaías foi colocado em suas mãos, como profundo conhecedor da Escrituras, ele abriu na passagem que falava sobre ele (Isaías 61), comprovando a verdade da mensagem divina, quando ele fechou o livro, os olhos de todos estavam fitos nele (Lucas 4:18), sua boca então se abriu para explicar, que naquele dia havia se cumprido o que a Escritura havia profetizado, isso sim, uma verdadeira profecia, longe das brincadeiras que nós vemos hoje dentro dos templos. O povo maravilhou-se das suas palavras, embora ele não tenha tido a recepção merecida na sua própria pátria. Como Elias e Eliseu foram enviados para alvos específicos fora do círculo hebreu, no caso a viúva de Sarepta e o leproso Naamã  o sírio, assim enviou Deus seu Filho ao mundo. Ele veio para o seus, mas eles não o receberam, por isso aqueles mesmos que se maravilharam, se encheram de ira ao término de suas palavras (Lucas 4:18-28), demonstrando parecer que eles deveriam ter exclusividade.

Dia após dia a exclusividade de Deus era pregar ao mundo, ensinar de acordo com o que já estava escrito, porque ele mesmo já havia realizado a edição do que estava Escrito. Tudo o que a “editora celeste” disponibilizou aos eleitores, veio não com um evento para divulgação ou noite de autógrafos, foi debaixo de muita incredulidade, contudo, a palavra de Deus que permanece, sustentou a verdade de Deus. Num debate contra os saduceus, relativo a ressurreição, Jesus respondeu que o engano deles a respeito do assunto, era por não conhecerem a Escrituras nem o poder de Deus (Mateus 22:23-32). Quanto a ressurreição Jesus colocou de modo “simples”, o que Deus havia dito:

"Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó’? Ele não é Deus de mortos, mas de vivos! " Mateus 22:32

Conforme descrito na carta aos hebreus (capítulo 11), todos estes, estavam aguardando a confirmação de todas as coisas, porque receberam aos promessas de Cristo, antes mesmo do verbo ser enviado a terra.

“Ora, tendo a Escritura previsto que Deus havia de justificar pela fé os gentios, anunciou primeiro o evangelho a Abraão, dizendo: Todas as nações serão benditas em ti. De sorte que os que são da fé são benditos com o crente Abraão. “ Gálatas 3:8-9

O grande poder de Deus de sujeitar todas as coisas (Fil 3.21,  1 Cor 15.27, Efe 1.22), é exaltado por toda a Escritura. Parte dos líderes desta geração, perde o seu tempo, em “divertir” à igreja, prometendo um tipo de consolação imaginária, que bem não pode fazer, senão criar servos e servas despreparados diante do mundo, sujeitos a serem tragados pelo leão, justamente por não serem resistentes na fé (1 Pedro 5:8-9). Ajuntam-se hoje nos templos, uma grande leva de pessoas despreparadas na palavra da verdade, não tendo o menor conhecimento, de que “tudo o que foi escrito no passado, foi escrito para nos ensinar, de forma que, por meio da perseverança e do bom ânimo procedentes das Escrituras, mantenhamos a nossa esperança” ( Romanos 15:4). Paulo depois que o Senhor abriu o seu entendimento, ensinou conforme foi ensinado, pediu a seus cooperadores, que permanecem naquilo que aprenderam, porque aprenderam do Senhor, não segundo os homens, aquela conduta de outrora foi abandonada. Desde a meninice as sagradas Escrituras, são poderosas para fazer o homem sábio, a mesma mensagem que Jesus declarou aos saduceus, quem desconhece o poder de Deus, não está preparado para a salvação que existe pela fé em Jesus.

“Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra. “ 2 Timóteo 3:14-17

Será que em todas as religiões, a Escritura tem sido reverenciada, como Paulo aqui descreve? Sem um ensino apropriado, sem permanecer naquilo que Jesus ensinou, como pode o homem de Deus ser perfeito diante do Criador, se dá mais valor, aquilo que para nada se aproveita. Alguns abandonam a Escritura em suas casas, nem todos se aventuram a entrar no mundo de Deus, claro, não vamos generalizar, a grande dificuldade é compreender o que falaram os autores dos livros bíblicos, tirando dali a verdade, tendo como filtro o Espírito, para não acrescentar nem retirar. Quando Jesus ressurgiu dos mortos, as palavras dele fizeram sentido para os apóstolos:

“São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: Que convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos. Então abriu-lhes o entendimento para compreenderem as Escrituras. E disse-lhes: Assim está escrito, e assim convinha que o Cristo padecesse, e ao terceiro dia ressuscitasse dentre os mortos... “  Lucas 24:44-46

Não é o Senhor quem abre o entendimento? O problema é correr atrás do que não concede entendimento. Não é um caminho fácil, principalmente porque os lobos devoradores, não estão poupando ninguém. Se a ovelha conhece a voz do seu pastor, porque tantos dão ouvidos as fábulas, vozes estranhas? Não ler a Escritura diariamente é um grande erro, sobretudo, além dos grandes mestres comentaristas da bíblia, o Espírito está junto de nós, desprezar seu auxílio é uma afronta a Deus. Apolo era um homem que tinha grande conhecimento das Escrituras, ele falava com fervor, ensinava com diligência, mesmo conhecendo apenas o batismo de João, em Atos 18:24-28, manifesta o momento em que ele recebeu, com mais precisão o caminho de Deus, suas refutações ficaram ainda mais poderosas contra os judeus nos debates públicos, justamente ele provava pelas Escrituras que Jesus era o Cristo.

Muitos usam o nome de Cristo, ele mesmo deixou um recado a igreja:

“Pois aparecerão falsos cristos e falsos profetas que realizarão grandes sinais e maravilhas para, se possível, enganar até os eleitos.” Mateus 24:24

Lidar com o diabo como se lida hoje, virou circo, vide as manifestações que vemos atualmente no meio dos falsos cristos e falsos profetas. Multidões ainda estão correndo atrás do pão que perece, só acerta o alvo — Jesus Cristo —, quem persevera em ler a Escritura, não é em vão que o exemplo dos bereianos ficou registrado nas Escrituras,  além de receberem a palavra por desejo, examinavam a cada dias as Escrituras (Atos 17:10), e dentro dela viram a receita para viver fortificados na graça.

Admin
Admin

Mensagens : 3102
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum