AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Palavra de Deus/on line: Lucas 6 (até uma simples espiga eles negaram ao Salvador)

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Palavra de Deus/on line: Lucas 6 (até uma simples espiga eles negaram ao Salvador)

Mensagem por Admin em Dom Mar 30, 2014 10:59 pm





Palavra - Lucas 6:1-11


Certo sábado, enquanto Jesus passava pelas lavouras de cereal, seus discípulos começaram a colher e a debulhar espigas com as mãos, comendo os grãos. Alguns fariseus perguntaram: "Por que vocês estão fazendo o que não é permitido no sábado? " Jesus lhes respondeu: "Vocês nunca leram o que fez Davi, quando ele e seus companheiros estavam com fome? Ele entrou na casa de Deus e, tomando os pães da Presença, comeu o que apenas aos sacerdotes era permitido comer, e os deu também aos seus companheiros". E então lhes disse: "O Filho do homem é Senhor do sábado". Noutro sábado, ele entrou na sinagoga e começou a ensinar; estava ali um homem cuja mão direita era atrofiada. Os fariseus e os mestres da lei estavam procurando um motivo para acusar Jesus; por isso o observavam atentamente, para ver se ele iria curá-lo no sábado. Mas Jesus sabia o que eles estavam pensando e disse ao homem da mão atrofiada: "Levante-se e venha para o meio". Ele se levantou e foi. Jesus lhes disse: "Eu lhes pergunto: o que é permitido fazer no sábado: o bem ou o mal, salvar a vida ou destruí-la? " Então, olhou para todos os que estavam à sua volta e disse ao homem: "Estenda a mão". Ele a estendeu, e ela foi restaurada. Mas eles ficaram furiosos e começaram a discutir entre si o que poderiam fazer contra Jesus. “ Lucas 6:1-11

A paz preencha o seu coração, que o descanso dos dias maus, sejam encontrados no conforto do Espírito Santo, que está derramado sobre nós. Cremos, descansamos, cremos, somos saciados, cremos, o Senhor habita em nós. Josué concedeu descanso ao povo, quando o Senhor o guiou até a terra prometida, também nós fomos levados a Deus pelo Filho, a quem por ele enviado, pela sua imensa misericórdia, nos concedeu o descanso da alma. Os israelitas ouviram a voz de Deus, ela chegou até nós, a você irmão, irmã, o mesmo Deus que no sétimo dia descansou de suas obras, é o mesmo Deus que está junto de nós todos os dias. Bendito seja ele!!

Alguns não entraram no descanso do Senhor, por isso ele diz a igreja, que ela continue no esforço para entrar no descanso eterno. Quando Cristo esteve na terra, não houve somente um “certo sábado”, houve muitos, juntamente com seus discípulos, ele foi acusado de fazer o que não era permitido fazer no sábado segundo a lei. O Filho de Deus aos inteirados do que dizia a Escritura, perguntou aos fariseus, se eles não viram diante de uma necessidade extrema, o procedimento de Davi quando entrou na casa de Deus, para saciar a fome de seus companheiros, ora, quem era Davi? Ali estava o Filho de Deus, não executando a ilegalidade, mas apenas comendo alguns grãos para saciar a fome. O legal de tudo é que ali estava o Senhor do sábado, quando Deus descansou de suas obras, ele estava junto do pai, quando o Senhor lembrou Moisés de santificar o Sábado, ali também estava ele, impossível que ele não soubesse o significado do dia, que na verdade foi levado até ele. Noutro sábado na sinagora os fariseus não deixaram de observar a conduta de Jesus, o motivo? Acusá-lo. Ele sabia, nem se importou com isso, chamou para o centro, um homem com atrofia na mão, o paciente obedeceu prontamente ao chamado do médico, enquanto os olhos dos fariseus permaneciam sobre Jesus, com suas mentes ávidas para incriminá-lo, os que prezavam o descanso do sábado, estavam com suas mentes trabalhando para fazer o mal. Será que mais permitido é fazer o mal do que fazer o bem, destruir em vez de edificar, não estava ali o descanso da alma, o Filho de Deus enviado?

O milagre aconteceu!

Os opositores ficaram furiosos, não era chegada a sua hora ainda, mas já ao longe se ouvia “crucifica-o, crucifica-o” (Lucas 23:21). A lei divina levou os judeus a Cristo, o Filho de Deus é o ponto final do propósito divino, os judeus ficaram sob a custódia da lei, até o dia em que a fé foi revelada.

“Agora, porém, tendo chegado a fé, já não estamos mais sob o controle do tutor. Todos vocês são filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus, pois os que em Cristo foram batizados, de Cristo se revestiram. Não há judeu nem grego, escravo nem livre, homem nem mulher; pois todos são um em Cristo Jesus. E, se vocês são de Cristo, são descendência de Abraão e herdeiros segundo a promessa. “ Gálatas 3:25-29


A lei fez parte do propósito da cruz, a cruz do Senhor Jesus, ele é o fim da tensão, certamente a lei não poderia justificar o homem, mas com Cristo como último estágio, tornou plenamente eficaz o sacrifício de uma vez por todas, o que importa é ser uma nova criação, com a mente capaz de entender a lei de Cristo.

O discurso de Estevão em Atos 7, declara que aqueles que mataram Jesus, mataram também os profetas enviados, aqueles que exigiam o cumprimento da lei, foram também os que nunca a guardaram (Atos 7:53). Amados irmãos e irmãs, uma pergunta surge? O que isso trás de significado para sua vida? Que Cristo está olhando por vós. Aqueles que habitavam Jerusalém, os príncipes, mataram o Filho de Deus (Atos 13:27), cumprindo as vozes dos profetas.

“Mesmo não achando motivo legal para uma sentença de morte, pediram a Pilatos que o mandasse executar. Tendo cumprido tudo o que estava escrito a respeito dele, tiraram-no do madeiro e o colocaram num sepulcro. Mas Deus o ressuscitou dos mortos” (Atos 13:28-30)

Pedro também num poderoso discurso, disse aos israelitas que estavam maravilhados, pela cura de um coxo em (Atos 3), que não ele, mas no NOME DE CRISTO, foi que o milagre foi capaz de acontecer, ao que eles pasmaram, porque ainda desprezavam o Filho de Deus. O Deus dos patriarcas, de Abraão, Isaque, Jacó, o Deus dos pais, foi aquele que havia glorificado o Filho, a quem eles entregaram a Pilatos, negando-o, mesmo ele determinando que fosse solto (Atos 3:13). Eles negaram o Santo e o Justo, preferindo um homem homicida na troca, mataram o príncipe da vida, ao qual o Deus que eles achavam honrar, ressuscitou dentro os mortos, dos quais ele Pedro e outros foram testemunhas. Foi pela fé no seu poderoso nome, que aquele homem havia sido curado, “sim, a fé que vem por ele, deu a este, na presença de todos vós, esta perfeita saúde.” (Atos 3:16).

Assim Deus permitiu a ignorância, para cumprimento do que havia sido anunciado pelos profetas, que o Cristo haveria de padecer (Atos 3:18). Tudo o que foi escrito serve de consolo para seu coração amados (Romanos 15:4), por isso também a lei é importante, tendo Moisés compreendido perfeitamente, porque ele mesmo avistava as riquezas de Cristo (Hebreus 11: 26). O desejo do Senhor sempre foi salvar o homem, que todos chegassem ao conhecimento da verdade (1 Timóteo 2:4), que os israelitas se arrependessem, para que seus pecados fossem apagados, e viessem os tempos do refrigério (Atos 3:19). No céu está o Cristo, até o tempo definitivo da restauração, “dos quais Deus falou pela boca de todos os seus santos profetas, desde o princípio.” (Atos 3:21).

Moisés disse aos pais:

“ O Senhor vosso Deus levantará de entre vossos irmãos um profeta semelhante a mim; a ele ouvireis em tudo quanto vos disser. E acontecerá que toda a alma que não escutar esse profeta será exterminada dentre o povo. Sim, e todos os profetas, desde Samuel, todos quantos depois falaram, também predisseram estes dias. “ Atos 3:21-33

Tudo determinado, tudo em seu lugar, nem assim os fariseus entendiam, seus corações como os israelitas queriam volta ao Egito, assim eles queriam matar o mestre.

“E, na verdade, Moisés foi fiel em toda a sua casa, como servo, para testemunho das coisas que se haviam de anunciar; Mas Cristo, como Filho, sobre a sua própria casa; a qual casa somos nós, se tão somente conservarmos firme a confiança e a glória da esperança até ao fim. “ Atos 3:5-6

Que essa consolação possa te acompanhar, Cristo esteve com todos, quem não viu (os santos homens e os profetas), sentiram sua presença, quem viu (discípulos e apóstolos), tocaram nele (1 João 1:1), após sua subida aos céus, quem ouviu sua mensagem, creram e amaram, mesmo não o vendo (1 Pedro 1:8).

Assim também é você irmão e irmã, esse Jesus que é o Senhor do sábado, destruidor dos argumentos farisaicos, é o que te acompanha diariamente, ele está com você, principalmente nos momentos em que você está cansado, cansada. Quando Deus falou a Moisés “lembra-te" do dia do sábado, para o santificar” (Êxodo 20:8), não podemos considerar como apenas um dia, mas uma lembrança do próprio Filho, que ainda haveria de revelar-se a humanidade.

Deus está agindo!Ele sempre age! Quem bom! Um dia estaremos para sempre com ele, enquanto isso, ele está dentro de nós.

Que presença consoladora. Deus abençoe a todos. Graça e paz.

Admin
Admin

Mensagens : 2941
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum