AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Os dias em que nos sentimos a centésima ovelha

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Os dias em que nos sentimos a centésima ovelha

Mensagem por Admin em Sex Maio 30, 2014 10:40 pm




"O que acham vocês? Se alguém possui cem ovelhas, e uma delas se perde, não deixará as noventa e nove nos montes, indo procurar a que se perdeu? E se conseguir encontrá-la, garanto-lhes que ele ficará mais contente com aquela ovelha do que com as noventa e nove que não se perderam. “ Mateus 18:12-13

Há dias que se apresentam tão difíceis, que parece que nunca mais iremos encontrar as asas do conforto que aliviam nossos sofrimentos. Não somos como Jerusalém que matava e apedrejava os profetas enviados, também não somos superiores, o que representa o teor dessa menção, é que quantas vezes o Senhor quisesse nos reunir, como a galinha faz com seus pintinhos debaixo das suas asas, indubitavelmente correríamos para debaixo delas apressadamente (Lucas 13:34).

Esses dias que em número, somos a centésima ovelha, perdida, faminta, suja, sem faro para retornar, são dias terríveis. Jesus nessa parábola, fala do pastor que foi atrás da perdida, ou seja, fala do Senhor, de Deus, que o enviou para recuperar os perdidos que haviam encontrado o mundo, que bom que a situação mudou, agora somos "espíritos achados" que perderam o desejo dos prazeres do mundo. Ainda assim, somos atormentados, não rebelados, insistimos em caminhar na obediência, como deve ser a conduta de uma nova criatura, purificada com o sangue de Cristo.

Sofremos com as tentações, com a solidão espiritual, faltam forças para procurar o Senhor, temos medo, tememos a rejeição, nem todos entendem o que se passa, o que levou a determinada consequência. Aquele que declara que temos um advogado, pode ser o mesmo que se transforma em promotor, ainda que Paulo tenha dito, que sobre nós não repousa mais nenhuma acusação (Romanos 8:1,33).

João chamou os membros da igreja de “filhinhos”, aconselhou que não pecassem, e se alguém pecasse, teria um advogado para com o pai, Jesus Cristo, que poderia defender a causa do pecado (1 João 2:1-2). Fácil é ficar com uma pedra na mão, sempre disposto a atirar, difícil é a comunhão de ficar escrevendo na terra (João 8:7), só quem está sem pecado tem o direito de atirar primeiro. Se devemos andar como Jesus andou, então não tenho que atirar em ninguém, “aquele que pertence a Deus ouve o que Deus diz” (João 8:47).

Jesus veio para as ovelhas perdidas, vale lembrar do episódio da mulher cananéia, “Senhor tem misericórdia de mim”, “olha eu fui enviado apenas às ovelhas perdidas de Israel”, “eu sei Senhor que não é certo tirar o pão dos filhos e lançá-los aos cachorrinhos, mas até mesmo eles comem das migalhas que caem das mesas” (Mateus 15:22-27), “Senhor me dá uma migalha da sua virtude”, “o mulher, grande é a tua fé!” (Mateus 15:28). Vão querer nos mandar embora, só que Jesus sempre vai nos conceder uma migalha, que pelo seu poder poderá se transformar num pão inteiro.

Nesses dias em que nos sentimos a centésima ovelha, ocorre uma reviravolta tremenda, lembro-me do que disse o Espírito Santo, nós éramos como “ovelhas desgarradas”, agora somos convertidos ao Pastor e Bispo de nossas almas (1 Pedro 2:25), cumpre-se aqui o poder do Salmo 23.

“O Senhor é o meu pastor...”

Admin
Admin

Mensagens : 3208
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum