AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Palavra de Deus/on line: Levítico 21 (mesmo com toda a imperfeição ele tem muito amor por você)

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Palavra de Deus/on line: Levítico 21 (mesmo com toda a imperfeição ele tem muito amor por você)

Mensagem por Admin em Dom Jul 27, 2014 4:46 pm




Palavra - Levítico 21:16-24


Disse ainda o Senhor a Moisés: "Diga a Arão: Pelas suas gerações, nenhum dos seus descendentes que tenha algum defeito poderá aproximar-se para trazer ao seu Deus ofertas de alimento. Nenhum homem que tenha algum defeito poderá aproximar-se: ninguém que seja cego ou aleijado, que tenha o rosto defeituoso ou o corpo deformado; ninguém que tenha o pé ou a mão defeituosos, ou que seja corcunda ou anão, ou que tenha qualquer defeito na vista, ou que esteja com feridas purulentas ou com fluxo, ou que tenha testículos defeituosos. Nenhum descendente do sacerdote Arão que tenha qualquer defeito poderá aproximar-se para apresentar ao Senhor ofertas preparadas no fogo. Tem defeito; não poderá aproximar-se para trazê-las ao seu Deus. Poderá comer o alimento santíssimo de seu Deus, e também o alimento santo; contudo, por causa do seu defeito, não se aproximará do véu nem do altar, para que não profane o meu santuário. Eu sou o Senhor, que os santifico". Foi isso que Moisés falou a Arão e a seus filhos e a todos os israelitas. “ Levítico 21:16-24

Levítico apresenta o plano de Deus para ensinar seu povo escolhido a se aproximar dele de maneira santa. Um livro que apontava para a perfeição de Jesus Cristo, da sombra para realidade. O Senhor comunicou a Arão que seus descendentes não deveriam ter defeito para aproximar-se de Deus, os escolhidos para o ofício teriam que ser fisicamente perfeitos para apresentarem as ofertas a Deus. Pode se considerar algum rigor da parte de Deus? De modo algum. Estudiosos afirmam que havia uma crença hebraica de que a natureza espiritual do homem se resumia na sua condição física.

As orientações “sem defeito” hoje certamente são diferentes, não se diz na carne, o líder que está a frente do povo, deve ser impecável, poderosamente movimentado pelo Espírito Santo, que refletirá a perfeita beleza do dom de Deus.

Se Deus pediu a Moisés, que um sacerdote fosse fisicamente perfeito, não pode o homem considerar isso um ato de distinção. Deus concedeu ao povo, uma série de “especificações” a serem obedecidas, isso quanto a carne, a parte visível, cujo coração não pode ser analisado a não ser pelo Senhor, claro que pelas gerações que se seguiram, os sacerdotes não permaneceram com seus corações perfeitos, o corpo até poderia ter uma aparência, já o coração...

Mas por qual motivo o Senhor estava evitando se aproximar de alguém com defeito? Aquele que é Santo estaria demonstrando falta de amor? Claro que Não. A perfeição do Senhor vai além do pensamento humano, hoje nada impede alguém “com defeito” de se aproximar do Senhor, a mais singela determinação, é que apenas quem se aproxima do Senhor tenha fé que ele exista e é capaz de recompensar quem o busca (Hebreus 11:6). Moisés transmitiu a orientação divina a Arão, seus filhos, e a todos os israelitas, ela era diretamente ligada ao líder, ao sacerdote segundo a linhagem levítica, que trataria dos assuntos com o Santo.  As imperfeições da carne, as deficiências não impedem o homem de servir a Deus, naquele momento da história, depois que Israel saiu do Egito, a perfeição do corpo foi necessária pelas dificuldades que se apresentavam, só que no final de todas as coisas, nem mesmo um corpo perfeito estava suprindo a santificação necessária.

Graças ao bom Deus a graça não veio pelo sacerdócio levítico (Hebreus 7:11), não veio das gerações de Arão, dos corpos de sacerdotes sem defeitos, cuja morte impedia de continuarem seus ofícios, ela veio através de Jesus, cujo sacerdócio é permanente (Hebreus 7:23-24). A graça não veio através de homens fracos, Deus fez do Filho, o sumo sacerdote que precisávamos “santo, inculpável, puro, separado dos pecadores, exaltado acima dos céus.” (Hebreus 7:26). A Escritura destaca para você irmão, irmã, que o mais importante é que você está tratando com um sumo sacerdote, que está assentado a destra do trono da Majestade nos céus (Hebreus 8:1). Jesus não pertence a linhagem de Arão, nem da tribo de Levi, segundo o costume ele não poderia apresentar as ofertas prescritas na lei (Hebreus 8:4), a linhagem do Salvador, que não tinha boa aparência, nem beleza alguma para o desejarmos (Isaías 53:2), vem do dna celeste, o Pai fez dele o grande sacerdote sobre a casa dele (Hebreus 9:21) que somos nós.

O filho de Jacó, Levi, cujo Arão é descendente, nem existia quando Melquisedeque conversava com Abraão, a geração de Cristo pertence a esse rei, a uma aliança superior, que destaca a justiça de Deus, santa e perfeita. O fato é que realmente Jesus foi como Melquisedeque, um homem de carne e sangue, que participando dessa condição humana, podê pelo seu sacrifício derrotar o poder da morte, executado pelo diabo, agora por toda a vida o homem foi liberto da escravidão. São os descendentes de Abraão que Jesus socorre, o sumo sacerdote misericordioso e fiel a Deus, perfeito, que sofreu a tentação para ter a capacidade de socorrer aqueles que “também estão sendo tentados” (Hebreus 2:14-18).  Abraão foi o primeiro a receber as boas novas (Gálatas 3:8), os que são da fé são juntamente com ele abençoados (Gálatas 3:9), pois os que nele foram batizados dele se revestiram.

“Não há judeu nem grego, escravo nem livre, homem nem mulher; pois todos são um em Cristo Jesus. E, se vocês são de Cristo, são descendência de Abraão e herdeiros segundo a promessa. “ Gálatas 3:26-29

A realidade!! Bendito seja Deus.

Ele indicou o caminho da perfeição (Hebreus 6:1). Nele nos tornamos perfeitos. Fomos alcançados por Cristo, para que possamos alcançar a perfeição (Filipenses 3:13). Por isso insistimos, vamos adiante, esquecendo das coisas que passaram, muitas coisas ocorreram, eficazes transformações da parte de Deus, que conduziram o homem das sombras para a realidade em Cristo, de pela natureza filhos da ira (Efésios 2:3) para participantes da natureza divina (2 Pedro 1:4).

Igreja, Moisés foi fiel a palavra de Deus, a doutrina de Jesus veio de Deus, do segundo diz:

“Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno. “ Hebreus 4:15-16

A perfeição de Cristo derrota qualquer desânimo, principalmente aquele que faz-nos sentir sujos e imperfeitos.

Eis ai a vossa consolação e ajuda! Bendito seja Deus! Amém.

Deus vos abençoe.

Admin
Admin

Mensagens : 2943
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum