AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






A voz cujo som se assemelha ao de muitas águas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A voz cujo som se assemelha ao de muitas águas

Mensagem por Admin em Sex Out 03, 2014 6:54 pm





Um escudo que serve para amenizar os efeitos das batalhas, a palavra de Deus é o escudo para quem nela confia. Por mais severo que seja o impacto, a agressão, as investidas, qualquer que seja a arma, o escudo, a palavra de Deus, não permite que algo penetre em nosso coração, ela impede até mesmo as duras palavras, que procuram nos entristecer, porém, mesmo que por um momento estejamos tristes, rapidamente sentimos o privilégio da proteção divina.

Considerando a pureza da palavra de Deus (Provérbios 30:5-6), sem qualquer acréscimo humano, sem qualquer mistura com a sabedoria do mundo, que não mente, ilude, engana o seu povo, que criou o mundo como nós conhecemos, fica fácil compreender porque ela é o escudo do cristão.

A palavra de Deus é transparente, transmitida pelo Espírito, ela movimenta o coração humano, a mente para as coisas do céu, ela não envolve coisas do mundo, nem as vontades da carne, ela é puramente aquela que administra a nossa vida.

A palavra de Deus é o escudo instransponível, que impedem que as armas da carne, machuquem nosso espírito. O cristão não luta segundo os padrões humanos (2 Coríntios 10:3-4), nem suas armas são humanas, pelo contrário, elas são poderosas para destruir as fortalezas da mentira.

Não amamos a palavra de Deus por interesse , puríssima é a palavra que modifica a história da nossa vida (Salmo 119:40). Os homens sem o Espírito, com seus discursos intermináveis, não são capazes de compreender, que uma só palavra do Senhor pode parar a morte, curar a doença, estabelecer a justiça, expulsar o mal, essa palavra não é outra, senão o próprio nome de Jesus, que faz com que os joelhos se dobrem diante da sua excelência.

A palavra do Senhor não é vã, o servo que a ama, distingue o impostor. A palavra que sai da boca do Senhor, jamais voltará vazia, ela irá fazer aquilo que apraz o Criador, irá prosperar naquilo para que foi enviada (Isaías 55:9).

A pregação pura, devolve a alegria, a capacidade de administrar o impossível. Quando a loucura se aproxima, a palavra de Deus é o equilíbrio. Quando estamos distraídos, ela é o nosso alerta. Ela nos levanta, fortalece os joelhos, devolve a sensibilidade, para sentirmos que o Senhor está junto de nós.

O velho homem nunca quis ouvir a palavra do Senhor, um homem preparou o caminho, para que os ouvidos pudessem ouvir coisas inefáveis, a doutrina do Senhor sempre foi pura, ele sempre foi o portador de uma semente incontaminada, que veio para semear na boa terra, a esperança de dias melhores.

A palavra do Senhor não diz “alguém entrou aqui”, mas “todos que entraram aqui serão abençoados”. O salmos descrevem que a voz do Senhor é poderosa, todos no templo devem dizer “glória”.

“O Senhor dá força ao seu povo; o Senhor dá a seu povo a bênção da paz.” (Salmos 29:11)

A palavra silenciou, na cruz ela entregou-se a Deus, a palavra voltou a vida, apóstolos ouviram, viram, contemplaram, apalparam a palavra. Nós não vemos, mas sentimos, a Palavra da vida está entre nós. Cremos e regozijamos, esperamos e recebemos, através da voz cujo som se assemelha ao de muitas águas (Apocalipse 1:15).

Admin
Admin

Mensagens : 3191
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum