AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Palavra de Deus: Josué 21 (Nenhuma promessa do Senhor pode falhar)

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Palavra de Deus: Josué 21 (Nenhuma promessa do Senhor pode falhar)

Mensagem por Admin em Dom Out 05, 2014 1:09 am





Palavra -Josué 21:43-45




Assim o Senhor deu aos israelitas toda a terra que tinha prometido sob juramento aos seus antepassados, e eles tomaram posse dela e se estabeleceram ali. O Senhor lhes concedeu descanso de todos os lados, como tinha jurado aos seus antepassados. Nenhum dos seus inimigos pode resisti-los, pois o Senhor entregou a todos eles em suas mãos. De todas as boas promessas do Senhor à nação de Israel, nenhuma delas falhou; todas se cumpriram. "

Depois da morte de Moisés, o Senhor disse a Josué: “Somente seja forte e muito corajoso!” (Josué 1:7). Para conquista da terra prometida, o Senhor seria o único estrategista, a guiar o cooperador de Moisés para as intervenções militares. Nas linhas escritas pelo Espírito, vemos a providência do Senhor com Raabe (Josué 6:25), que pela fé em Deus, não pereceu juntamente com os incrédulos (Hebreus 11:31). O Senhor estava com Josué nas incursões pela terra, fazendo dele um nome afamado entre os povos, apesar da apostasia do povo em muitos momentos. Como fizeram a Moisés tentando o Senhor no êxodo, assim os descendentes continuaram a fazer com Josué.

Quando a situação estava crítica, a presença do Senhor se apresentava a Josué, com as palavras consoladoras: “Não tenha medo! Não se desanime!” (Josué 8:1). Para enfrentar os reis e seus exércitos, Josué tinha a sua disposição, o incentivo do Senhor, o seu grande poder. Perante o povo o seu grande líder, para o fortalecimento espiritual, lia todas as palavras da lei, contendo a benção e a maldição (Josué 8:34). Quando por um momento deixaram de consultar ao Senhor, como no caso dos gibeonitas (Josué 9:14-15), mesmo sendo enganados, por causa do juramento não puderam fazer nada (Josué 9:19-20,22), até mesmo nisso Josué assumiu como grande líder, um erro não se corrige com outro erro.

Quando o medo tentava sobrepor a coragem, Josué ouvia a voz do Senhor: “Não tenha medo desses reis; eu os entreguei nas suas mãos. Nenhum deles conseguirá resistir a você" (Josué 10:8). Até o mesmo “o sol parou, e a lua se deteve” (Josué 10:13), com grande admiração o autor inspirado pelo Espírito escreveu: “Nunca antes nem depois houve um dia como aquele, quando o Senhor atendeu a um homem. Sem dúvida o Senhor lutava por Israel!” (Josué 10:14).

O Senhor atendia Josué, como atende a sua igreja, épocas diferentes, guerras diferentes, mas o Deus que estava com aquele homem, também está contigo irmão e irmã.

Quando exércitos numerosos como areia do mar, se uniam para pelejar contra Israel, o comandante celeste dizia a seu servo “não tenha medo deles” (Josué 11:6), e entregava todos nas mãos de Israel, o povo do Senhor com mão forte, derrotou 31 reinos ao todo (Josué 12:24). Infelizmente a velhice chegou (Josué 13:1), e ainda havia muitíssima terra para possuir. O companheiro de Josué, Calebe, veio até o homem de Deus rogar pela sua herança, depois de ter sido inteiramente fiel ao Senhor (Josué 14:9), agradecendo pelo cumprimento da promessa em mantê-lo vivo, sabendo que já havia passado 45 anos desde que Moisés havia dito isso a ele (Josué 14:10). Mesmo com 85 anos o vigor continuou o mesmo, “estou tão forte como naquele dia”, pediu a Josué o que o Senhor havia prometido, uma região com cidades grandes e fortificadas, que teria grande dificuldades em conseguir, mas com ele estava a grande confiança no seu Deus, “se o Senhor estiver comigo, eu os expulsarei de lá, como ele prometeu" (Josué 14:12), e assim Josué abençoou abençoou Calebe.

Além da conquista o homem de Deus, também administrou a divisão das terras conquistadas, o que o Senhor ordenou a Moisés, Josué cumpriu de acordo a ordem do Senhor. Que devoção, que obediência, o que dizer de Josué. Enquanto cada uma das tribos, não tomou posse da terra prometida, seu servo continuou guiando o povo.

“De todas as boas promessas do Senhor à nação de Israel, nenhuma delas falhou; todas se cumpriram.”

De todas as boas promessas, que o Senhor fez a ti, quanto a salvação, nenhuma delas irá falhar.

...pois quantas forem as promessas feitas por Deus, tantas têm em Cristo o "sim".” (2 Coríntios 1:20)


Depois do descanso dado aos israelitas de todos os inimigos, Josué “velhinho” em idade, convocou todos os líderes israelitas:

“ Vocês mesmos viram tudo o que o Senhor, o seu Deus, fez com todas essas nações por amor a vocês; foi o Senhor, o seu Deus, que lutou por vocês.” (Josué 23:3)

O grande conselho:

“ Façam todo o esforço para obedecer e cumprir tudo o que está escrito no Livro da Lei de Moisés, sem se desviar, nem para a direita nem para a esquerda. Não se associem com essas nações que restam no meio de vocês. Não invoquem os nomes dos seus deuses nem jurem por eles. Não lhes prestem culto nem se inclinem perante eles. Mas apeguem-se somente ao Senhor, ao seu Deus, como fizeram até hoje.” (Josué 23:6-8)

Um só israelita fazia fugir mil inimigos (Josué 23:10), era o próprio Deus que lutava por ele, por todos, que se dedicavam a amá-lo com zelo. Se Israel permanecesse atado ao Senhor, não seriam acometida das maldições. 0 zeloso, forte, corajoso Josué, exemplo de conduta, lembrou os descendentes, do que fez o Senhor por Abraão, Isaque e Jacó (Josué 24:3-4), do que fez Moisés e Arão no Egito, a retirada pelo mar vermelho, a vida no deserto por longo tempo (Josué 24:5-7), os livramentos das mãos dos ímpios, de Balaque e Balaão, cujo deus modificou a maldição para benção (Josué 24:8-10), impossível esquecer cada vitória, que nem espada nem arco conquistaram, mas sim o poder do Senhor (Josué 24:-12). O discurso de Josué seria impressionante para nossa época, “sirvam ao Senhor, com integridade e fidelidade” (Josué 24:13) todas as famílias. Cada um deles jurou jamais abandonar o Senhor (Josué 24:16), Josué numa inspiração grandiosa disse ao povo: "Vocês não têm condições de servir ao Senhor. Ele é Deus santo! É Deus zeloso! Ele não perdoará a rebelião e o pecado de vocês.” (Josué 24:19). Nos livros dos profetas vemos o quanto essa palavra estava certa. Embora Israel tenha escolhido servir ao Senhor, chegaria o dia da apostasia (Josué 24:22).

Josué faleceu com 110 anos, enquanto ele viveu, Israel serviu ao Senhor, até mesmo os ossos de José foram enterrados, comprovando a fidelidade de Deus com o seu povo (Josué 24:32). Caríssimos, irmão e irmã, você escolheu servir ao Senhor, ele escolheu servir a igreja, separando para si um povo zeloso.

Jesus Cristo nos remiu e purificou (Tito 2:14).

Somente por Jesus Cristo temos condições de servir o Senhor, Deus é santo, Deus é zeloso, profetas e apóstolos, se alegraram com o zelo do Senhor pelo seu povo, sua santidade e misericórdia, coisas tais, que nós comprovamos diariamente.

Não necessitamos batalhar para conquistar reinos e um descanso, nosso Salvador Jesus Cristo conquistou para nós um descanso eterno, um reino inabalável. Josué o homem de Deus concedeu um descanso provisório aos israelitas, já pela fé à igreja caminha para um descanso definitivo, todavia, nenhum de nós deve cair no mesmo exemplo de desobediência israelita (Hebreus 4:11). A conduta cristã é moldada pelo Espírito Santo, devemos acrescentar a fé, várias outras qualidades, evitando assim que sejamos inoperantes e improdutivos (2 Pedro 1:4-8).

“O Deus de toda a graça, que os chamou para a sua glória eterna em Cristo Jesus, depois de terem sofrido durante pouco de tempo, os restaurará, os confirmará, lhes dará forças e os porá sobre firmes alicerces.” 1 Pedro 5:10

A palavra do Senhor foi utilizada como padrão de qualidade, Josué não se afastou dela nenhuma vírgula, quando tudo parecia ficar em trevas, lá estava a lâmpada de Deus para iluminar o caminho do seu servo. Como foi com Moisés, o Senhor foi com ele, como agora está contigo, você tem grande valor para o Senhor, a doutrina de Cristo é vida para tua alma, é o poder de Deus para combater com dignidade, todas as coisas que querem atrapalhar a tua caminhada.

Sirva a Deus com todo o temor, tendo zelo pela sua obra, defenda Cristo, não a religião, as nações temiam a simples menção do nome de Josué, não por causa do homem, mas por causa do Deus vivo que estava por detrás dele.

Deus te abençoe.

Admin
Admin

Mensagens : 2943
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum