AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Palavra de Deus/on line: Tiago 2 (Se um ataque acontece a verdade, as defesas da graça agem rapidamente)

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Palavra de Deus/on line: Tiago 2 (Se um ataque acontece a verdade, as defesas da graça agem rapidamente)

Mensagem por Admin em Dom Dez 07, 2014 9:17 am





Palavra - Tiago 2:1-13



Meus irmãos, como crentes em nosso glorioso Senhor Jesus Cristo, não façam diferença entre as pessoas, tratando-as com favoritismo. Suponham que na reunião de vocês entre um homem com anel de ouro e roupas finas, e também entre um homem pobre com roupas velhas e sujas. Se vocês derem atenção especial ao homem que está vestido com roupas finas e disserem: "Aqui está um lugar apropriado para o senhor", mas disserem ao pobre: "Você, fique de pé ali", ou: "Sente-se no chão, junto ao estrado onde ponho os meus pés", não estarão fazendo discriminação, fazendo julgamentos com critérios errados? Ouçam, meus amados irmãos: não escolheu Deus os que são pobres aos olhos do mundo para serem ricos em fé e herdarem o Reino que ele prometeu aos que o amam? Mas vocês têm desprezado o pobre. Não são os ricos que oprimem vocês? Não são eles os que os arrastam para os tribunais? Não são eles que difamam o bom nome que sobre vocês foi invocado? Se vocês de fato obedecerem à lei real encontrada na Escritura que diz: "Ame o seu próximo como a si mesmo", estarão agindo corretamente. Mas se tratarem os outros com favoritismo, estarão cometendo pecado e serão condenados pela Lei como transgressores. Pois quem obedece a toda a Lei, mas tropeça em apenas um ponto, torna-se culpado de quebrá-la inteiramente. Pois aquele que disse: "Não adulterarás", também disse: "Não matarás". Se você não comete adultério, mas comete assassinato, torna-se transgressor da Lei. Falem e ajam como quem vai ser julgado pela lei da liberdade; porque será exercido juízo sem misericórdia sobre quem não foi misericordioso. A misericórdia triunfa sobre o juízo!

Tiago, segundo os grandes mestres bíblicos, é o irmão do Senhor Jesus, ainda que haja contra argumentos. Importa para alma, as suaves linhas, que comunicam ao coração, os ensinos perfeitos de um Deus cheio de bondade. Que a fé possa retornar tua mente, ao momento em que Tiago escrevia sua carta, sua intenção, a exposição da verdade, a inspiração do Espírito. O que seus olhos enxergavam, a situação da época, o povo destinado, “às doze tribos dispersas entre as nações” (Tiago 1:1).

Se um ataque acontece a verdade, as defesas da graça agem rapidamente.

Diletos em Cristo, “meus irmãos” como carinhosamente Tiago escreve, o bom porte cristão, corresponde a convicção que o homem afirma ter. As palavras que são faladas, soltas pelos mundo, devem ser cumpridas, por serem ditas na presença do Senhor.

Depois da promessa feita a Abraão, mudanças ocorreram na comunidade Israel, as tribos se espalharam pelo ocidente, Deus necessitava alcançar esses ouvidos, para imunizar a sua igreja contra as investidas do mundo. A religião não está livre da posição social, vemos pairar sobre ela o perigo da preferência injusta.

Hoje, talvez nem Cristo com sua simplicidade, conseguiria achar um lugar no primeiro banco, a não ser que fosse reconhecido como Filho de Deus. Para o coração do homem pode haver favoritismo, para Deus o favorito é quem cumpre a sua vontade. Uma vez que a carta de Tiago chegasse ao seu destino, a classe menos favorecida, sentiria a força protetora do Senhor a favor dos indefesos.

Roupas finas são sempre um sinal de superioridade, um pobre homem, com suas roupas velhas e sujas, nunca será bem recebido pelos olhos. Em qualquer lugar, seja nas sinagogas judias, nas comunidades cristãs, nas religiões atuais, os olhos ainda não conseguem enxergar a beleza dos crentes inferiores.

Jesus deu atenção especial ao mundo, sem olhar para o tamanho do pecado. Poucos pobres são chamados ao primeiro banco, ele é um lugar mais apropriado a nobreza. O pobre deve ficar de pé, sente-se o rico, dele é o privilégio, não diante do Senhor. A discriminação dói, dói muito, dói o julgamento indiscriminado. “Meus amados irmãos”, a menção de Tiago equilibra a todos perante o Senhor.

É uma escolha do Senhor, Deus escolheu os pobres, para serem ricos na fé, já que o reino do mundo não lhes dá lugar, no céu existe um reino prometido. Dura coisa é o desprezo, Tiago não poderia calar-se diante da opressão feita ao pobre, fique claro, naquele momento nos tribunais, que deveriam julgar de modo imparcial, a justiça estava sendo negada.

"Ame o seu próximo como a si mesmo, estarão agindo corretamente.

O favoritismo é uma transgressão. Um tropeço em apenas um ponto, quebrada está a lei de Deus. Cumprir nove mandamentos, tropeçando em apenas um, não impede o fracasso. A sociedade a quem Tiago está falando, achava que estava cumprindo a lei do Senhor na sua íntegra, quando na verdade não estavam, eles tropeçaram no favoritismo, na acepção de pessoas, na falta de misericórdia., Bendito seja Deus.

A misericórdia triunfa sobre o juízo!

O Senhor ordenou aos ricos, que não pusessem sua esperança na incerteza da riqueza, mas em Deus (1 Timóteo 6:17). Jesus Cristo fez a diferença, para destacar os escolhidos diante do Pai, não sejamos indiferentes a sua causa.

Mesmo que o mundo seja indiferente a tua presença, servos do Deus altíssimo, o amor do Senhor está velando sobre vós. No céu não existe posição social, favoritismo, injustiça, lá os justos habitarão com a justiça. O Senhor receberá a todos na porta da cidade, os ricos na fé andarão despreocupados. Lá não haverá desprezo, nem o olho da parcialidade, quem realmente creu no evangelho, poderá se assentar nos primeiros lugares, com as roupas brancas e purificadas pelo sangue do Cordeiro.

Não te sintas inferior diante do mundo,
Acima do mundo está um superior,
Jesus, nosso Salvador,
Com toda a autoridade.


Ao término da leitura da carta, por certo, os leitores regozijaram com as palavras confortadoras do Espírito, “não estamos sozinhos”, estamos acompanhados pela misericórdia. Os opressores viram na carta o reflexo de suas maldades, que afetavam o pobre, a menina dos olhos de Deus.

Não deixará Deus, o nome de Cristo, pelo qual todos fomos salvos, ser caluniado diante dos homens maus. Ele esmagará todo mal, cumprirá todo objetivo, triunfará sobre os opressores, junto com ele, estaremos nós, você, com forte esperança. Tiago transmitiu a preocupação do Senhor, o zelo com seu povo, ainda que os homens sejam desequilibrados, ele continuará julgando corretamente.

Os abusos de Satanás são impedidos, seus constantes ataques, até podem minar por um pouco, a nossa esperança, por um pouco, não por muito tempo.

Ao Nome de Cristo,
A opressão foge,
A mentira torna atrás,
A tristeza fica de joelhos,
A felicidade caminha imponente.

A carta de Tiago transmite uma energia eletrizante, seus cinco capítulos, nos deixam fortes evidências, que nosso Salvador estava ditando as palavras que escreveu, tamanha importância ele concede aos oprimidos.

Exaltemos a Deus, o Pai, exaltemos a Cristo, a esperança, jubilemos com o Espírito, o consolador.

Deus abençoe a cada um de vocês.

Admin
Admin

Mensagens : 2943
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum