AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Epafrodito, o cooperador companheiro de combates

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Epafrodito, o cooperador companheiro de combates

Mensagem por Admin em Seg Dez 22, 2014 8:09 pm



Uma carta a igreja de Filipos importante cidade na época do Império Romano.

Provável data: 53 e 58 D.C.

O apóstolo estava preso em Roma ou Éfeso.

O cooperador foi enviado a prover as necessidades de Paulo, uma vez que o amor de Deus estava derramado em seu coração, o "irmão, e cooperador, e companheiro nos combates" (Filipenses 2:25), não teve sua vida como preciosa, como um dia Paulo falou, como seguidor do exemplo apostólico, que exatamente era a conduta de imitar a Cristo, ele como outros cooperadores, tinham o mesmo desejo de terminar a corrida e completar o ministério que o Senhor confiou, "de testemunhar do evangelho da graça de Deus" (Atos 20:24).

E quando numa prisão um apóstolo entristecido com as atitudes humanas, mas com uma felicidade enorme por sofrer pelo amor de Cristo (Atos 9:16), necessitou da providência divina, a igreja enviou Epafrodito, a sua presença serviu para amenizar as saudades do apóstolo. Só que ao chegar ao destino da sua missão, uma doença quase o levou a morte, a notícia provocou a angústia de todos, tal era o amor que eles tinham pelo cooperador.

"E de fato esteve doente, e quase à morte; mas Deus se apiedou dele, e não somente dele, mas também de mim, para que eu não tivesse tristeza sobre tristeza." (Filipenses 2:27)

Se Epafrodito encontrasse a morte, se à igreja ficasse sem seu cooperador, Paulo seria grandemente afetado se tais coisas acontecessem, "mas Deus se apiedou dele", da igreja, também do apóstolo, rapidamente Paulo o enviou a igreja, "vá encontrar-se com suas ovelhas", "vá provar da alegria dos seus companheiros", não podemos prever o que aconteceu na sua chegada, o que podemos imaginar por fé, é que com grande amor, ele foi recebido com honra, e seu testemunho deve ter edificado a muitos.

"Porque pela obra de Cristo chegou até bem próximo da morte, não fazendo caso da vida para suprir para comigo a falta do vosso serviço." (Filipenses 2:24-30)

Epafrodito representou toda uma comunidade, ao suprir a carne e o coração de um apóstolo.

O que representou as contribuições de piedade da igreja:

"Elas são uma oferta de aroma suave, um sacrifício aceitável e agradável a Deus."(Filipenses 4:18)

Ah Senhor, se tal bondade pudesse penetrar o nosso coração, sem temer a morte, pudéssemos ser dedicados no servimento da sua santidade. Trabalhar intensamente pelo bem, suportando as dores de um ministério tão glorioso. Senhor por onde anda esse sentimento dos heróis, que a morte temia chegar perto, porque mesmo que ela estivesse tão próxima, por causa da vida concedida pelo Filho, ela nada podia fazer, e mesmo com a tua permissão, ela sabia que nem mesmo isso poderia separá-los do teu amor.

Epafrodito foi mais um daqueles que João denominou:

"cooperadores em favor da verdade" (3 João 1:8).

Jesus,
O caminho do paraíso,
A verdade que liberta,
A vida eterna.

Admin
Admin

Mensagens : 3141
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum