AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






O consagrado (e legítimo) imitador de Cristo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O consagrado (e legítimo) imitador de Cristo

Mensagem por Admin em Sex Jan 09, 2015 9:24 pm



Quando Paulo pelo auxílio do poder divino, curou um coxo de nascimento, ele e Barnabé foram chamados de deuses na cidade em que estavam .

"E as multidões, vendo o que Paulo fizera, levantaram a sua voz, dizendo em língua licaônica: Fizeram-se os deuses semelhantes aos homens, e desceram até nós.E chamavam Júpiter a Barnabé, e Mercúrio a Paulo; porque este era o que falava." Atos 14:11-12

Assim como na ficção em que deuses surgem dos céus, com imenso poderes sobre a natureza, assim pensaram que os deuses de seu templos, haviam não só tornado carne, como estavam executando milagres estupendos.

Num gesto típico dos judeus, Paulo e Barnabé rasgaram suas vestes, tal foi o horror em ver a incredulidade do povo, "nós somos homens como vós" (Atos 14:15), anunciou Paulo paralisando qualquer honra contrária, que não fosse para o Deus vivo e verdadeiro "que fez o céu a terra, o mar, e tudo quanto neles há" (Atos 14:15-16).

"Convertam-se"!!

"Provem de um Deus autêntico"!!

Existem aqueles que desejam ser Deus, que querem se passar por Deus (2 Tessalonicenses 2:4), estes serão desfeitos pelo assopro da boca do Senhor do Senhores, que aniquilará todo o esplendor da sua vinda (2 Tessalonicenses 2:8). Em cada cidade convertida ao Deus vivo, o apóstolo exaltava a fidelidade da igreja em deixar os deuses pagãos, "para servir o Deus vivo e verdadeiro, E esperar dos céus o seu Filho, a quem ressuscitou dentre os mortos, a saber, Jesus, que nos livra da ira futura" (1 Tessalonicenses 1:9-10).

Em outra ocasião quando dirigia-se a Roma, no naufrágio do seu navio, parando em uma ilha para recebimento de socorro, Paulo na sua prontidão em ajudar, ajuntando gravetos para colocá-los ao fogo, foi mordido por uma víbora, todos os que viram imaginaram que ali estava selado o seu destino, ele apenas sacudiu a cobra no fogo sem sofrer mal algum (Atos 28:1-5).

Seu corpo não inchou, ele não caiu morto, esperaram e esperaram, "mudaram de ideia e passaram a dizer que ele era um deus" (Atos 28:6).

"É um deus"!!

Ele nunca foi um deus divino, servia a divindade, anunciado o evangelho da verdade. Claro, que enquanto o Senhor julgou necessário ele permanecer em carne, apesar de todos os machucados, a morte nunca conseguiu alcançá-lo. Um dia como ele mesmo revelará (Filipenses 1:23), partiria para estar com Deus.

O diabo nunca conseguiu impedi-lo de combater, terminar a carreira, guardar a fé (2 Timóteo 4:7).

Não era Deus, mais foi feito pelo Senhor Jesus Cristo, um nome temido entre os espíritos malignos (Atos 19:15).

A magna vocação de Paulo, foi sofrer pelos escolhidos, Deus o consagrou um legítimo imitador do Filho.

"Portanto sofro tudo por amor dos escolhidos, para que eles também alcancem a salvação que é em Cristo Jesus com a glória eterna. " 2 Timóteo 2:10

Admin
Admin

Mensagens : 3167
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum