AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






O diamante de mais alto quilate

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O diamante de mais alto quilate

Mensagem por Admin em Seg Fev 02, 2015 9:21 pm



“Pois Deus é minha testemunha das saudades que tenho de todos vós na terna misericórdia de Cristo Jesus. Isto rogo, que vosso amor cresça cada vez mais no pleno conhecimento e em todo o discernimento; para que aproveis as coisas que são excelentes, a fim de que sejais sinceros e sem ofensa para o dia de Cristo; cheios do fruto de justiça, que é por meio de Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus.” Filipenses 1:8-11

Achei interessante o ato do apóstolo, em expressar seu sentimento de saudade da igreja, tendo o Senhor como testemunha. Nas suas orações ele deveria conversar com Deus, sobre a tristeza de estar ausente, no amor, na misericórdia de Cristo Jesus. O comentarista D.L.Moody escreveu que o próprio Cristo sentia saudades da igreja por intermédio de Paulo.

“A males que devem ser evitados, a virtudes que devem ser seguidas” (Wiersbe).

Sentindo no corpo o amor de Jesus, uma porção do que é maior, entre todas as coisas só ele permanece, o amor, o amar o mundo de tal maneira. Enquanto está aguardando sua volta, possivelmente o Filho sinta saudades da igreja, o interior de Paulo estava possuído desse amor, mesmo ele estando preso em Roma.

Mesmo com todos os males, opositores da verdade, corruptos do amor, a mensagem poderosa é um diamante do mais alto quilate, que recebida pelos corações, adquirem a capacidade de provar do amor, de um apóstolo que estava preso, pelo nome do Senhor Jesus Cristo, a comunhão que começa em Cristo inspirando o apóstolo a escrever sobre o seu amor, ao chegar na igreja de Filipos, transmitiu seu brilho intenso, como o diamante inquebrável, superior ainda é o amor de Deus, cuja palavra permanece para sempre.



Saudades espirituais, saudades da comunhão, dos primeiros momentos naquela terra, saudades da instituição da igreja, dos olhos que contemplaram os filhos que nasceram, gerados mediante a pregação da palavra. Paulo estava ausente, mas o Espírito fez daquela localidade sua morada, tal era confiança do apóstolo, que eles cresceriam completamente em conhecimento e discernimento, porque só os perfeitos são aptos para “discernir tanto o bem quanto o mal” (Hebreus 5:14).

O que de fato é conhecer o Senhor? É ter dentro de si o seu amor (João 5:42). Só o Senhor sabe quem são os “benditos” e os “malditos”. Para os que são da fé, coisas excelentes estão a sua espera, o Espírito dentro dele desaprova qualquer coisa em contra a palavra de Deus. Os filipenses receberam de Paulo, o exemplo de alguém que imitava a Cristo, “andar em amor” (Efésios 5:2), é mais do que uma obrigação, é uma atitude voluntária, por força e domínio, não de algo que pertence ao homem, mas ao Espírito Santo da graça.

A igreja em comunhão é capaz de aprovar as coisas excelentes, quando Paulo explica sobre os dons aos Coríntios, ele aconselha que eles procurem com zelo os melhores dons, porém, o caminho mais excelente sempre foi o amor (1 Coríntios 12:31). Cristo estava tão unido a Paulo, que ele mesmo chegou a exclamar: “sofro tudo por amor dos escolhidos, para que eles também alcancem a salvação que é em Cristo Jesus com a glória eterna. “ (2 Timóteo 2:10).

“Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns. E eu faço isto por causa do evangelho, para ser também participante dele.” (1 Coríntios 9:22-23)

A disciplina do amor que ele aprendeu com Cristo, só ela pode levar o cristão seguro ao dia de Cristo. O fruto da justiça de sabor celestial, o Filho trouxe a semente da justiça, que sobre a terra estava em extinção, os apóstolos saíram a semear a justiça para glória e louvor de Deus.

“ Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna. “ (Gálatas 6:8)

Quando Paulo esteve junto com a igreja, louvaram juntos o único Deus, um dia ele teve que ir embora, mesmo que o diabo tenha deixado seus mensageiros, nenhum deles foi páreo para os anjos ministradores que velavam sobre a igreja. Crer e padecer são parte da vocação cristã (Filipenses 1:29), o apóstolo estava padecendo preso, a igreja padecendo contra os males, mas em Cristo estava o conforto de todos (Filipenses 2:1).



Admin
Admin

Mensagens : 3141
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum