AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Pela vossa perseverança ganhareis as vossas almas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pela vossa perseverança ganhareis as vossas almas

Mensagem por Admin em Qui Abr 02, 2015 8:58 pm



“Eis que hoje eu ponho diante de vós a bênção e a maldição; A bênção, quando cumprirdes os mandamentos do SENHOR vosso Deus, que hoje vos mando; Porém a maldição, se não cumprirdes os mandamentos do SENHOR vosso Deus, e vos desviardes do caminho que hoje vos ordeno, para seguirdes outros deuses que não conhecestes.” Deuteronômio 11:26-28

Nas fronteiras da Terra Prometida, a um passo da benção definitiva, o povo recuou atraído pela incredulidade. Consideraram os habitantes da terra, mais poderosos que o Deus que lutava por eles (Números 13:28), os gigantes terrenos assustavam mais que o Deus que considera os habitantes da terra como nada, sem haver alguém que possa resistir a sua mão, “nem lhe dizer: que fazes?” (Daniel 4:35).

O Espírito Santo apresentou a fórmula, diante dos israelitas estava a benção e maldição, a fidelidade e traição, a crença e apostasia, o sucesso e fracasso, o começo e fim. Os incrédulos pereceram no deserto, o Senhor preservou a salvo, apenas os que acreditaram fielmente na sua promessa, por quarenta anos os filhos levaram sobre os lombos as infelicidades dos pais (Números 14:28-35), a geração incrédula que não agradou o Senhor, ficou prostrada no deserto (1 Coríntios 10:5), não puderam entrar por “causa da desobediência” (Hebreus 4:6).

O ladrão roubou, matou e destruiu, os corações de pedras foram despedaçados, muito tempo depois o Senhor prometeu tirar o coração de pedra, dando lugar há um coração de carne, dedicado e sensível a obediência (Ezequiel 11:19, 36:36). O Filho amado surgiria com esplendor para além de conceder vida em abundância (João 10:10), dar forças para que as almas não recuassem nos momentos turbulentos.

Os espias não tiveram fé no que Deus poderia fazer, nós, feitos justos por causa de Cristo, devemos perseverar avançando, todo o prazer de Deus está sobre aquele, que não se retira para a perdição como fizeram os israelitas, mas persevera no caminho que conserva a alma (Hebreus 10:38-39). A geração comandada por Josué, contemplou enfim, a Terra prometida pelo Senhor, viram que não foi desperdício algum confiar naquele que tudo pode. Josué sucessor de Moisés, membro da comitiva dos doze espias, foi o único ao lado de Calebe favorável a terra, o Espírito Santo ajudou na confecção do relatório, que beneficiou toda uma geração depois do castigo dos impenitentes.

Na perseverança ele conquistou a terra, não deixou de seguir a Deus, não recuou mesmo depois das investidas malignas (Josué 14:9), teve além do exemplo de Moisés, o amor resignado. Ele mesmo emocionado (creio) discursando aos israelitas revelou, “o Senhor me conservou com vida”, mesmo com oitenta e cinco anos, a força continuava a mesma como no dia em que recebeu o ministério (Josué 14:11).

Quando o Senhor colocou diante dele a benção e maldição, ele abracou-se a primeira, a perseverança em seguir o Senhor coroou sua carreira. A fé é um ato de obediência, é cumprir com devoção os requisitos da Escritura, contidos na perfeita doutrina de Cristo, é perder todas as coisas como explicou Paulo, para salvar o que importa, a alma, e o grande Salvador nos deixou um grande impulso: “pela vossa perseverança ganhareis as vossas almas.“ Lucas 21:19

O nosso homem exterior não se interessa por Deus, entenda, a carne não tem coragem para sujeitar-se as coisas espirituais, mas para nós que nascemos de novo, somos fortalecidos pelo poder de Deus no homem interior (Efésios 3:16).

Não fortalecidos na excelência e vigor físicos neste mundo, senão que, no tocante ao reino de Deus, suas almas sejam nutridas com o poder de Deus. (Calvino)

O exegeta protestante Calvino com primazia esclarece, ninguém pode receber o Espírito, sem primeiro receber a Cristo, só que Cristo não pode ser recebido sem o Espírito, é indispensável que se creia em ambos.

Diante de nós também está a benção e a maldição, devemos avançar para benção ou retroceder para maldição? Se não nos desviarmos do caminho, Jesus, como condutor fiel do seu povo, como Deus durante o Êxodo, além de nos livrar de todo o mal, nos levará a salvo para o seu reino celestial (2 Timóteo 4:18).

Admin
Admin

Mensagens : 3191
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum