AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Saul Foi Salvo?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Saul Foi Salvo?

Mensagem por Admin em Qua Jun 10, 2015 7:12 pm





Rev. Angus Stewart

Tradução: Felipe Sabino de Araújo Neto*

“Saul foi salvo?”, pergunta um dos nossos leitores. Isto é, Saul foi um crente profundamente decaído ou era da semente da serpente? Agostinho declara corretamente que Saul “certamente era réprobo” (Cidade de Deus, 17.6). Como primeiro rei de Israel, a iniqüidade de Saul é especialmente evidente em seus pecados contra o reino de Deus.

Dois pecados logo no começo do reinado de Saul levaram à sua perda do reino. Antes de uma batalha com os filisteus, Saul ofereceu o sacrifício antes do retorno de Samuel, contrariamente ao mandamento de Deus (1Sm. 13:8-14). Mais tarde ele desobedeceu a Jeová ao recusar matar todos os amalequitas e seus animais (cap. 15). Saul não queria reinar de acordo com a palavra de Deus, portanto, Deus tomou o trono dele e deu-o ao homem segundo o seu coração, Davi (13:14).

Saul foi “todos os seus dias inimigo de Davi” (18:29), pois sabia que ele o sucederia como rei. Duas vezes Saul tentou ferir a Davi com sua lança (18:11; 19:10). Ele tentou fazer com que os filisteus matassem-no na batalha (18:17, 25). Ele planejou capturar Davi quando esse deixasse a sua casa, executando-o em seguida (19:11-17). Davi escapou de Saul e então se escondeu nas florestas e cavernas (19:18ss.). Mesmo então Saul perseguiu a Davi, e tentou matá-lo. Tão grande era o ódio de Saul que qualquer um que parecesse favorecer a Davi era suspeito. Assim, Saul ordenou que Doegue, o edomeu, matasse 85 sacerdotes e suas famílias em Nobe (22:17-19), e Saul tentou até mesmo tirar a vida de Jônatas (20:33). Jônatas implorou a seu pai por Davi (19:4-7), e Davi por duas vezes poupou a vida de Saul (cap. 24, 26), mas após uma breve pausa Saul retomou seus esforços para assassinar Davi.

Saul viveu e morreu odiando a Davi, o homem segundo o coração de Deus. Lemos em 1 João 3:15: “Qualquer que odeia a seu irmão é homicida. E vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo nele”. Um dos últimos atos de Saul foi consultar uma feiticeira (1Sm. 28), algo proibido na lei de Deus (Dt. 18:14). Ele saiu desse mundo através de suicídio, como Aitofel, Zimri e Judas Iscariotes, com o julgamento de Deus sobre ele (1 Crônicas 10:13).

Mas Deus “não lhe mudou o coração em outro”, fazendo de Saul “outro homem” através disso (1Sm. 10:6, 9)? Sim, mas “outro coração” é diferente de “novo coração”. Aqueles a quem Deus dá um novo coração, ele faz com que andem em seus estatutos e guardem os seus juízos (Ez. 36:26-27). Saul não guardou os estatutos de Deus. Assim, ele nunca recebeu um novo coração. Deus deu outro coração a Saul, com o objetivo de equipá-lo para governar em seu ofício como rei. Saul começou a vida como um mero cidadão israelita, mas com o Espírito sobre ele profetizou (1Sm. 10:6-13) e foi capacitado para conduzir um exército à vitória, consolidando assim o seu reino (11:6-15).

É importante saber que Saul era um incrédulo para entendermos corretamente a narrativa de 1 Samuel 9-31, rejeitando a aplicação errônea da vida de Saul aos cristãos que caem. É também importante pela tipologia envolvida. Nos contínuos ataques assassinos de Saul contra Davi, vemos o ataque infernal de Satanás contra Cristo e o seu reino. Mas Deus defende e preserva a sua igreja! Essa preservação também guarda até mesmo o crente mais fraco de viver como Saul, em ódio contra Cristo, a quem Davi tipificava.



Admin
Admin

Mensagens : 3224
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum