AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Não Dissipe Energia – (M. Lloyd-Jones)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Não Dissipe Energia – (M. Lloyd-Jones)

Mensagem por Admin em Ter Jul 14, 2015 6:35 pm






Isso é particularmente verdadeiro na esfera espiritual. Há muitos que, com muitas boas intenções, e achando que têm que estar fazendo algo para justificar o seu cristianismo, muitas vezes entram nesse estado porque temem as críticas dos adeptos do tal ensino atualmente popular. Muitos cristãos, por seu medo dos verbosos clichês que estão sendo tão usados, acham que devem estar sempre fazendo alguma coisa.

Este é um problema deveras real. Alguns profissionais, cristãos, saem quase todas as noites da semana para reuniões. Isso é errado até do ponto de vista da vida familiar; mas não é o que me preocupa neste momento. Estou preocupado com o perigo que eles próprios estão correndo. Eles se vêem exauridos, enfim, sem mais nada que possam dar; ficam apenas fazendo algo mecanicamente, algo de bem pouco valor. Digo que a culpa deles é a "dissipação de energia", o "desperdício de energia"-atividade destituída de inteligência.

Todo homem tem que sentar-se e planejar sua vida; tem que decidir o que ele pode e o que não pode fazer. Deve ser resoluto, e não se deixar governar pelo "que o povo diz". É ele que está na melhor posição para saber o quanto ele pode fazer, quando fazê-lo e onde fazê-lo. Nunca permitam que outros lhes ditem o que fazer. Não permitam que "o que há para fazer", em toda e qualquer esfera, determine o que vocês irão fazer. Devemos encarregar-nos de nós próprios, ou, doutro modo, ficaremos cansados, aborrecidos e exaustos simplesmente por dissiparmos, por jogarmos fora, a nossa energia.

Há outras maneiras pelas quais o mesmo erro vem à superfície. Acaso não constitui um perigo o fato de que alguns de nós desperdiçam bastante energia simplesmente falando demais? Falamos tanto que nunca paramos para pensar ou meditar. A maioria de nós fala demais, e assim desperdiça muita energia. Uma conversa muito longa pode levar à exaustão. O falatório pode levar muitos a terem problemas espirituais. Temos que aprender a seguir a exortação das Escrituras: "Todo homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar" (Tiago 1:19). Certifiquemo-nos de que não vamos passar a vida toda falando, sem realmente nunca pensar na verdade e sem entendê-la, com isso deixando de crescer na graça e no conhecimento. Temos que disciplinar-nos a nós mesmos nesta questão.

Também se pode dissipar energia meramente argumentando, disputando e brigando. Muitas advertências nos são feitas nas Escrituras concernentes a isso. Vejam 1 Timóteo 1:4: "Nem se dêem a fábulas ou a genealogias intermináveis, que mais produzem questões do que edificação de Deus, que consiste na fé". E no versículo 6:"... desviando-se alguns, se entregaram a vãs contendas", isto é, passavam a vida discutindo e brigando. Vamos ainda à Segunda Epístola a Timóteo, capítulo 2, onde há bom número de referências a essas questões. Vejam o versículo 14: "Traze estas coisas à memória, ordenando-lhes diante do Senhor que não tenham contendas de palavras, que para nada aproveitam e são para perversão dos ouvintes". Eles davam a impressão de que eram muito inteligentes; argumentavam, debatiam. Mas não havia proveito em sua conversa. Por mais que você se incline a argumentar sobre a verdade, se não estiver crescendo espiritualmente como resultado disso, diminua isso; talvez, por algum tempo, seria melhor você cortar isso totalmente e começar a examinar a sua alma. "Nada aproveitam e são para perversão dos ouvintes." Também no versículo 16: "Evita os falatórios profanos, porque produzirão maior impiedade". Observe bem o resultado desse tipo de coisa. Versículo 23: "Rejeita as questões loucas, e sem instrução, sabendo que produzem contendas". Ainda em Tito 3:9: "Mas não entres em questões loucas, genealogias e contendas, e nos debates acerca da lei; porque são coisas inúteis e vãs". A prova de tudo sempre deve ser se é proveitoso - proveitoso para as nossas almas, proveitoso para as almas doutras pessoas. Há muita dissipação de energia, puro desperdício de energia, em disputas e contendas que não têm utilidade. Se você não estiver crescendo em conseqüência da sua atividade nesse aspecto, será melhor começar a examinar-se de novo. Se você tem tanto conhecimento, deveria estar mostrando isso em sua vida. "Todavia, o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus." Sim, "E qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniqüidade" (2 Timóteo 2:19). Conhecimento, batalhar pela fé e crescimento na graça, sempre devem andar juntos.

Admin
Admin

Mensagens : 3222
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum