AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Patmos, a ilha grega onde o Livro do Apocalipse foi escrito

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Patmos, a ilha grega onde o Livro do Apocalipse foi escrito

Mensagem por Admin em Sex Jul 17, 2015 12:45 pm






Mundialmente conhecida como o lugar onde o apóstolo João escreveu o Livro do Apocalipse, a ilha de Patmos é também um destino ideal para os amantes da natureza graças à sua costa lindíssima. Tem uma área total de 35 km² e uma população de 2.700 habitantes.

Foi na Gruta do Apocalipse em 95 d.C., que o apóstolo João, já com quase 100 anos de idade, teve visões e ouviu as revelações de Deus sobre o fim do mundo, as quais resultaram no Livro do Apocalipse, o último livro do Novo Testamento. A Gruta encontra-se à meia altura de uma montanha. Uma capela, a Capela de Santa Ana, foi construída como entrada para a caverna.

Mosaico na entrada capela que dá aceso à gruta (vide imagem anterior). A imagem representa São João (à direita) e seu discípulo Prócoro, que transcreveu as visões descritas por São João.
Mosaico na entrada Capela de Santa Ana, a qual dá aceso à Gruta (vide imagem anterior). A imagem representa São João (à direita) e seu discípulo Prócoro, que transcreveu as visões descritas por São João (Internet)


No ano de 1088, o Imperador Bizantino, Alexios I, doou a ilha de Patmos para o monge Cristodoulos, que construiu o Monastério de São João na forma de fortaleza para se proteger de ataques, principalmente dos turcos.




Skala, a maior cidade de Patmos, é onde fica o porto da ilha. É em Skala que estão concentrados a maior parte dos hotéis da ilha. No entanto, é em Chora ou Hora, no alto de uma colina, onde estão as atrações de maior interesse histórico e religiosos – o Mosteiro de São João e a Gruta do Apocalipse -; é o principal lugar de visitação.


A capital de Patmos, Chora, é um povoado do século XIII, que surgiu ao redor do Mosteiro de São João, no alto de uma colina. Com casas brancas e ruas estreitas, Chora não tem hotéis, apenas quartos para se alugar em casas de moradores adaptadas para hospedar turistas.



Em Patmos não há aeroporto. Partindo de Atenas, mais precisamente de Pireus, chega-se à ilha por meio de balsa ou de barco. O destino é o porto de Skala em Patmos. Ao desembarcar, o turista é recepcionado por proprietários de pensões e hotéis.

Patmos não brilha com luzes de bares noturnos nem ressoa ao som de discotecas. Apesar do crescente número de turistas, em Patmos, reina a paz provincial. É uma cidade pacata, sem vida noturna.

A praia de Meloi, a uma pequena distância de Skala.




Na ilha, há muitas belas praias para se passear ou se desfrutar uma bebida fresca à beira mar, e claro, nadar.

Por seu valor histórico e religioso, além de suas belezas naturais, a ilha de Patmos é um dos lugares do mundo que merece ser conhecido.
Fonte: Epochtimes

Admin
Admin

Mensagens : 3225
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum