AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Tudo o que pedir em seu nome Jesus? Cadê?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Tudo o que pedir em seu nome Jesus? Cadê?

Mensagem por Admin em Sex Maio 13, 2016 6:53 pm





Dia desses, um daqueles sujeitos que procuram motivos na bíblia para justificar sua volta ao velho homem veio com mais um versículo para esfregar na minha cara:

Qualquer coisa que me pedirdes em meu nome, vo-lo farei. João 14.14.

- E aí? Já pediu uma Ferrari? E aquele emprego? Tá na presidência da companhia? Ou continua desempregado? Onde está teu deus?

Ele isolou a frase, esquecendo que tal promessa feita por Jesus é válida apenas para aqueles que estão em Cristo, e não notou que na frase seguinte Ele diz que aqueles que O amam cumprem seus mandamentos, que é amar a Deus sobre todas as coisas e amar o próximo como a ti mesmo.

Meu inquisidor pensou ter achado mais uma controvérsia, já que nem todos os crentes legítimos do mundo tem os bens que qualquer pessoa normal poderia desejar.

Poderia responder que minha Ferrari não chegou AINDA, já que o tempo de Deus é diferente do tempo do homem, mas caso tivesse orado por um bem desses, segundo o versículo citado, teria conseguido certamente. O fabricante dessas belezuras mecânicas ficaria mais rico ainda se dependesse da unanimidade dos crentes da Terra, se resolvessem em uma oração conjunta e mundial, pedir aos céus que fossem presenteados, cada um, com um automóvel desses.

Poderia apelar para uma posição mais simples: só os que alcançaram a "iluminação" - como se discípulos cristãos fossem uma espécie de espírita em ascensão evolutiva reencarnatória -  e conseguissem compreender a verdade oculta nas Palavras do Messias sobre a prosperidade através da iluminação de um nirvana judaico inexistente nas Escrituras. 

Diante desse simplismo, eu estaria afirmando que os teólogos da prosperidade estariam certos e que as aquisições financeiras seriam sinais de uma vida abençoada. Isso não bate com o que o mesmo evangelho prega, quando Cristo fala sobre os dois deuses desse mundo: o Pai ou Mamom (O deus das riquezas ou "Fortuna", como alguns conhecem). Basta olharmos e percebermos quem realmente é um adorador e qual deus é usado para alcançar o outro. 

Muitos picaretas tem usado a religião para alcançar benefícios em nome do Criador há milênios, e como bons salafrários, sem um pingo de temor a Deus (mesmo porque, no fundo, não creem realmente que Ele exista) cerca-se de métodos para calar de alguma forma (seja o método que for, pela desmoralização, pelo falso testemunho, ou mesmo as últimas consequências: Mamom vale qualquer esforço dentro do coração deles).

Creio que uma pessoa que está ligada a Cristo não é dado a pedir coisas fúteis a Deus, mesmo que essa futilidade seja um sonho de consumo caríssimo. 

Como ouso declarar que uma mansão em um bairro nobre de alguma metrópole badalada é uma futilidade? Oras! Falo à discípulos de Cristo e não com adoradores de Mamom: são "fés" distintas...

A cabeça de quem está ligado ao Cristo - e consequentemente no Pai -  pensa diferente, tem prioridades e necessidades que não são como a do ser humano comum, independente de ter ou não uma religião. Não vivem para esse mundo, olham como fosse acampamento. É bom ter uma barraca confortável? Claro! Mas para que investir tanto numa tenda, já que não passa de uma estadia provisória?

Não falo de ser um iluminado tibetano, que encontrou o fim da caminhada através de profunda meditação e se livrou dos desejos mundanos: Jesus não ora para nos separar do mundo. Refiro-me àquele que se (re?) conecta ao céu, e gradativamente percebe lampejos de uma nova existência, e nessa percepção, necessidades diferenciadas das que era lugar comum entre os humanos que por aqui circulam. 

Possuo amigos que possuem bons carros e luxuoasas moradas e que, antes da conversão, tinham como fonte de alegria a aquisição e acumulo continuo de seus aparelhos eletrônicos, automóveis e vestimentas importadas. Após o encontro real, ocorrido como o de Nicodemus (numa calada da noite social) eles já não alcançam a alegria em trocar seus Iphones a cada novo modelo lançado. Na verdade, um deles nem acredita que um dia foi assim, e se classifica como ex-fútil. 

Não que um Porsche não ficasse bem na minha garagem, mas não teria como pagar nem os impostos anuais de um veículo com esses ( e se tivesse, sempre vivi bem sem luxos).Além do mais, não me faltam relatos de gente que se reaproximou muito mais rápido e profundamente das coisas de Deus através da falta, ao contrário do que fazem quando prosperam.

Olhe para dentro de você e responda sinceramente: as petições que você faz em seu íntimo são para qual Deus? Você procura os benefícios de Jeová para chegar a Mamom, ou é grato ao grande El Shaday pelos benefícios alcançados, mesmo que esses benefícios sejam apenas a capacidade de dar um pão com manteiga ao esfomeado que perece - merecidamente? - nos lixões existenciais?

"Buscai primeiro o Reino" - disse Jesus. É dentro desse Reino que você aprenderá a não pedir "mal"e alcançar tudo dEle, sem nunca ter uma negativa. Aí, ele te dará TUDO. Tudo que importa...

Meu amigo confunde os deuses requisitados, e não compreende os métodos celestes. Por isso ele vive dando esses vexames teológicos quando tenta achar furos bíblicos onde não existe.


Read more: http://www.cristaoconfuso.com/2015/07/tudo-que-pedir-em-seu-nome-jesus-cade.html#ixzz48G58mvXU




Admin
Admin

Mensagens : 3141
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum