AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Diretor executivo da Apple criadora do Iphone admite: "Eu tenho orgulho de ser gay e considero ser gay um dos maiores dons que Deus me deu”

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Diretor executivo da Apple criadora do Iphone admite: "Eu tenho orgulho de ser gay e considero ser gay um dos maiores dons que Deus me deu”

Mensagem por Admin em Qua Maio 24, 2017 4:40 pm



Tim Cook CEO (Diretor Executivo) da Apple admitiu cerca de 3 anos, em uma matéria publicada em vários sites importantes, que tem orgulho de ser gay, e considera isso ser um dom de Deus. Sua vida é dedicada ao serviço, foi indicado por Steven Jobs (morto em 2011) para assumir o maior posto de umas das mais revolucionárias empresas do mundo.

O texto não está apontando o dedo para nada, nem fazendo qualquer julgamento, refere-se apenas a um milionário, que credita sua condição a Deus, num mundo onde muitos milionários desprezam que Deus realmente exista.

Algum tempo através no meu serviço, um Auxiliar Geral gay veio trabalhar no meu setor, fiquei impressionado com o seu comportamento, sua devoção a Deus, assustei quando me disse: "Espero que Deus possa me perdoar, mas ser gay é algo que não escolhi, não sou sem-vergonha, nem participo de coisas ilícitas, mas não consigo me relacionar com uma mulher".

Sei que a Bíblia faz referências sobre isso, não quero colocar nenhum versículo, entendo que devemos ter cuidado, existem gays que fazem suas marchas em muitas cidades, que vejo não ter nenhum temor, como também vejo pessoas que não amam a Deus, participarem de marchas para Jesus com procedimentos semelhantes (será que apontei o dedo agora?).

Todas essas coisas é difícil para a mente humana, para ciência justificar, sempre vamos encontrar pessoas nessa situação, ricas como Tim Cook, pobres (como eu), o que fazer? Como amar o próximo? Amar o próximo é saber lidar com tudo isso, um pregador deve ter muito cuidado quando fala a sua congregação, para que esteja aconselhando, não provocando com mensagens de homofobia. Estatutos religiosos constam que não devem batizar pessoas em tais condições, cada liderança escolhe o que melhor convir, então nenhuma delas pode reclamar quando surge uma igreja restrita para gays.

É ou não uma situação difícil?

João Calvino escreveu: "Por pessoas afeminadas entendo aqueles que, embora não se abstenham abertamente à impureza, descobrem, no entanto, a sua impureza por bajulação de fala, por leveza de gesto e vestuário, e outras seduções."

Creio que Jesus encontrou pessoas como Tim Cook, como meu colega de setor, os seus apóstolos não registraram, tudo bem, duvido que Jesus tenha maltratado alguém, "mas Paulo deixou escrito que os efeminados não herdarão o reino dos céus", eu digo, e quanto a nós?

Alguns países condenam a prática, outros estabelecem leis para liberar, o que nós sabemos? Quase nada, sabemos o que nos dizem, o que lemos, o que o líder religioso fala, o que está escrito na Bíblia (Romanos 1:27), mesmo assim, embora a boca fale a favor ou contra, com educação, com intolerância, devemos cuidar da nossa vida. Há muitos anos a revista Superinteressante publicou a seguinte página "Por que os gays são gays?", listando possíveis motivos, "culpa da mãe repressora", "violentado pelo pai", "não gostava de futebol", "é genético", "porque está na moda",  "tudo indica que a homossexualidade é mesmo o resultado da interação de 3 fatores: biológicos, psicológicos e sociais, mesmo que esses dois últimos ainda precisem de mais evidências", "sexualidade se forma antes do nascimento" (então Tim Cook estaria certo?), embora em nascimento de gêmeos um se tornou o outro não, porém nada é comprovado e o debate é sempre muito aquecido.

Melhor tomar cuidar com que falamos, da nossa vida, famílias sofrem outras não, um irmão da igreja tirou sua vida, quando seu filho contou que era gay, outro com ministério separou da esposa, enfim, alguém já viu isso acontecer, pais obrigam os filhos a gostar de coisas de homem, meninos que vivem em ambiente feminino demais tendem a ser, igualmente as meninas, o debate chega a um superaquecimento. Embora certas famílias sejam tranquilas, outras se preocupam demais, embora uns reneguem seus filhos, outras acolhem com amor.

Questão de amor? Isso Deus é autor, ele sabe, melhor não acusar, Deus não tem pobreza de misericórdia, escreve-se que ele é "riquíssimo em misericórdia" (Efésios 2:2). Melhor deixar para ele que sabe o profundo de cada ser, se dissermos que um gay está possuído será verdade? Quando passamos da conta é também uma forma de possessão? O Perfeito foi o único a entrar na céu, ser ou não gay, não é a questão, a questão é quem realmente nós somos, como nos comportamos no uso do evangelho.

Explodiu seu pensamento? Calma, é apenas um texto.

A conta a ser apresentada é individual. Deus seja louvado.

Paz a todos.

Admin
Admin

Mensagens : 3189
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum