AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






O profeta no fundo do poço

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O profeta no fundo do poço

Mensagem por Admin em Qui Jul 06, 2017 9:07 am



Quatro homens se revoltaram com as palavras de Jeremias (Jer. 1:1):

"Aquele que permanecer nesta cidade morrerá pela espada, pela fome e pela peste; mas aquele que se render aos babilônios viverá. Escapará com vida e sobreviverá" (Jer. 1:2)

Como assim Jeremias? Devemos nos render?

"Esta cidade certamente será entregue ao exército do rei da Babilônia, que a conquistará" (Jer 1:3)

Eles decidiram que ao invés de ouvir a voz de Deus deveriam castigar Jeremias:

"Então os líderes disseram ao rei: "Este homem deve morrer. Ele está desencorajando os soldados que restaram nesta cidade, bem como todo o povo, com as coisas que ele está dizendo. Este homem não busca o bem deste povo, mas a sua ruína" (Jer. 1:4)

Sério? Desacreditaram o profeta perante o rei, Zedequias não se opôs, suas palavras foram as seguintes:

"Ele está em suas mãos; o rei não pode opor-se a vocês" (Jer. 1:5)

O que fizeram com ele? O jogaram na cisterna (no fundo do poço), "não havia água na cisterna, mas somente lama; e Jeremias afundou na lama" (Jer. 1:6).

O profeta havia chegado no fundo do poço, se olharmos com fé, enxergamos que na verdade, não era bem assim, aqueles que o jogaram sim, estavam no fundo do poço, porque Deus não se esqueceu dele, de Jeremias, seu profeta, Deus visitou o coração de um estrangeiro para resgate do fiel homem de Deus:

"Mas, Ebede-Meleque, o etíope, oficial do palácio real, ouviu que eles tinham jogado Jeremias na cisterna" (Jer. 1:7).

Se alguém já caiu no fundo do poço, sabe que muito dificilmente alguém virá em socorro, se os do seu próprio país foram capazes de machucar Jeremias, porque um estrangeiro se preocuparia com isso? Ebede-Meleque foi direto ao rei:

"Ó rei, meu senhor, esses homens cometeram um mal em tudo o que fizeram ao profeta Jeremias. Eles o jogaram numa cisterna para que morra de fome, pois já não há mais pão na cidade" (Jer 1:9)

O rei que não se importou no primeiro momento, despertou com a mensagem de Ebede:

"Leve com você três homens sob as suas ordens e retire o profeta Jeremias da cisterna antes que ele morra" (Jer. 1:10)

Ebede com outros homens, com alguns trapos e roupas velhas, desceram cordas até Jeremias (Jer 1:1), o resgatador demonstra um cuidado imenso para tratar com o profeta, "ponha esses trapos e roupas velhas debaixo dos braços para servirem de almofada para as cordas" (Jer 1:12), então o profeta foi tirado do fundo daquele poço, permanecendo no pátio da guarda.

Jeremias foi solicitado para ir junto ao rei, "quero pedir de você uma palavra", "não me esconda nada", Jeremias clama, "se eu te der uma resposta, não me matarás? Mesmo que eu te desse conselho, tu não me escutarias" (Jer 1:15), o rei jurou pelo nome do Senhor, "de quem recebemos a vida", que ele não seria morto, nem entregue aos que desejavam tirar-lhe a vida.

A mensagem não mudou, Jeremias não tornou atrás com ela, direto, pronunciou:

"Se te renderes imediatamente aos oficiais do rei da Babilônia, tua vida será poupada e esta cidade não será incendiada; tu e a tua família viverão.
Mas, se não te renderes imediatamente aos oficiais do rei da Babilônia, esta cidade será entregue nas mãos dos babilônios, e eles a incendiarão; nem mesmo tu escaparás das mãos deles" (Jer 1:17,18)

Zedequias temia os judeus que apoiavam os babilônios, temia ser maltratado, sério?

"Eles não o entregarão", Jeremias respondeu. "Obedeça ao Senhor fazendo o que eu lhe digo, para que estejas bem e a tua vida seja poupada" (Jer. 1:20)

Todavia, se Zedequias se recusasse, seu futuro estava condenado, "teus pés estão atolados na lama; teus amigos te abandonaram", "todas as tuas mulheres e os teus filhos serão levados aos babilônios. Tu mesmo não escaparás das mãos deles, mas serás capturado pelo rei da Babilônia; e esta cidade será incendiada " (Jer 1:23)

A conversa ficou somente entre o rei e o profeta, sabendo o primeiro, que os homens não deixariam Jeremias em paz, decidiu que falasse que estava suplicando sobre outro assunto.

"Quando os líderes vieram interrogar Jeremias, ele lhes disse tudo o que o rei tinha ordenado que dissesse. E eles não lhe perguntaram mais nada, pois ninguém tinha ouvido a conversa com o rei" (Jer 1:27)

Por duas vezes Deus salvou o profeta, e quanto a Ebede-Meleque, nos dias que Nabucodonosor invadiu Jerusalém, se alguém pensava em vingar-se do homem que resgatara Jeremias, ele estava nas memórias do Senhor:

"Vai, e fala a Ebede-Meleque, o etíope, dizendo: Assim diz o Senhor dos Exércitos, Deus de Israel: Eis que eu trarei as minhas palavras sobre esta cidade para mal e não para bem; e cumprir-se-ão diante de ti naquele dia. A ti, porém, eu livrarei naquele dia, diz o Senhor, e não serás entregue na mão dos homens, a quem temes. Porque certamente te livrarei, e não cairás à espada; mas a tua alma terás por despojo, porquanto confiaste em mim, diz o Senhor." (Jer 39:16-18)

Deus seja louvado.


Admin
Admin

Mensagens : 3127
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum