AS MARCAS DE JESUS
Paz, a todos os corações e Deus esteja com todos.

Palavra do jovem e palavra de Deus todo domingo.

Eldier






Testemunho: Membro da ccb salva duas vidas em enchente

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Testemunho: Membro da ccb salva duas vidas em enchente

Mensagem por Admin em Qui Ago 18, 2011 9:11 am


Gol engolido por enchente aparece 10 dias depois: veículo percorreu toda a tubulação sob a Avenida Gaspar Camargo



Para quem acreditava que já sabia tudo o que aconteceu entre a noite de 10 de janeiro e a madrugada seguinte, uma incrível surpresa e, pode-se dizer, um mistério acabou desvendado longos dez dias depois. Um pescador localizou um veículo submerso na saída da tubulação de canalização do Córrego do Piqueri, no Recreio Estoril e que estava desaparecido desde aquela ocasião.

O carro foi arrastado para dentro do córrego durante a inundação ocorrida nos primeiros minutos daquela terça-feira negra registrada em Atibaia na semana passada.

ENGOLIDOS

Por volta da meia noite, Felipe e sua noiva Giulianna seguiam com o Gol pela Avenida Alfredo André, sentido Delegacia de Polícia/Compre Bem. Em um determinado ponto, o veículo foi atingido por uma onda e arrastado para dentro do córrego. O casal viveu momentos desesperadores.

No sentido contrário ao que o carro seguiu boiando, Walter da Silva Melo, 43 anos, porteiro condomínio Vila Sorrento, caminhava de volta para o prédio. Ele havia levado o veículo dele para longe dali, onde as ruas já estavam totalmente inundadas.

“Vi o Gol boiando na água. Uma moça gritava desesperada, pedindo socorro. Disse a ela que mantivesse as janelas do carro abertas porque se fosse elétrica e fechasse, poderia não abrir mais”, contou Walter ao Atibaia News.

“Fui acompanhando o carro até que ele bateu na grade que tem na rotatória. A moça estava dirigindo e a batida foi do lado dela. A porta abriu e eu consegui retirá-la de lá”, explicou o porteiro.

“Mas não deu para tirar o rapaz. Ele tentou sair, bateu a cabeça na ponte e afundou junto com o carro porque quando a porta abriu, a água represou”.

“Esse momento foi difícil, porque a moça gritava que o namorado havia morrido afogado e queria pular dentro do córrego atrás dele. Tive que segurá-la. Eu também acreditava que ele estava morto”, relatou.

Mas foi milagre de Deus. Um minuto depois, ele surgiu do outro lado da ponte e consegui arrancá-lo da água”, explicou Walter.

EMOÇÃO

Walter, um evangélico da Congregação Cristã do Brasil, entende que o fato de ter salvo duas vidas naquele dia, foi um presente de Deus.

Eu estava passando dias difíceis e Deus me fez o instrumento de salvação daquelas pessoas. Confesso que fiquei em estado de choque, mas estou muito feliz pelo que aconteceu. Foi um milagre. Se eu não estivesse ali, aquelas duas pessoas morreriam. Iriam parar dentro do túnel junto com o carro. Para mim, aquela situação foi a prova de que Deus existe, que nos abençoa e nos usa quando é necessário”, relembrou Walter, acrescentando que havia recebido uma mensagem que ocorreria um milagre. “Aconteceu”, concluiu.

SOCORRO

Enquanto tudo isso acontecia, a água invadia os quatro apartamentos térreos do condomínio Vila Sorrento, que fica na Joviano Alvim (lado oposto da Alfredo André). “Já estávamos em várias pessoas na rua, na porta. A água invadiu o elevador. Eu vi quando o Gol foi arrastado pela onda e boiava no córrego”, contou Zenaide Cavalheiro, esposa do síndico do prédio, Idevil Cândido.

“O porteiro Walter havia saído levar o carro dele lá perto do Compre Bem e conseguiu resgatar as duas vítimas do carro. A ação nós não presenciamos, mas socorremos o casal aqui em casa. Moramos no térreo”, detalhou Zenaide.

“O rapaz estava em estado de choque. Tinha bebido muita água e estava com o rosto machucado”, contou Cândido. “Os dois tomaram banho quente aqui em casa e trocaram de roupa. Mas o medo dele era tamanho, que não queria sequer ficar dentro de casa. Ele foi para a garagem porque achava que o prédio iria desmoronar”, lembrou o síndico.

O casal permaneceu no local até que familiares de Felipe chegaram para buscá-los. O casal mora em São Paulo, mas ele tem familiares em Atibaia e no dia da inundação, retornava do sítio de um parente.



Fonte:Atibaia News

Admin
Admin

Mensagens : 3208
Data de inscrição : 09/07/2010

http://ccbnovascriaturas.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum